• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Sócios já podem cadastrar dados da Carteira Nacional Digital de Vacinação

    Para fazer com que o retorno do público ao estádio ocorra de forma segura, enquanto aguarda as definições das autoridades sanitárias locais, o Inter está trabalhando na preparação do Beira-Rio para a retomada das atividades. Assim, deu início ao cadastramento da Carteira Nacional Digital de Vacinação dos sócios em seu site. A carteira está disponível no aplicativo Conecte SUS do Ministério da Saúde.

    Dessa forma, o Clube estará habilitado para atender as determinações da CBF para as competições de 2021, que adota como uma das formas de controle individual de torcedores a vacinação plena contra a Covid-19, isto é, quando a pessoa recebeu as duas doses da vacina ou a dose única.

    Com o cadastro da Carteira de Vacinação Digital no site é provável que o sócio nestas condições esteja apto a fazer o check-in e a adquirir um ingresso para a partida sem precisar apresentar nenhum outro tipo de documento sanitário na ocasião de seu acesso ao estádio. Porém, essa definição dependerá ainda das determinações das autoridades governamentais.

    A carteira permite que usuários e profissionais de saúde façam um acompanhamento da imunização, uma vez que o cidadão cadastrado, assim que recebe a vacina, tem a dose registrada no aplicativo. Com a carteira, é possível consultar o tipo de vacina aplicada, o lote de fabricação e a data em que a dose foi tomada, informações imprescindíveis para a segurança de todos que pretendem voltar ao Beira-Rio.

    Diante de um cenário completamente diferente para todos, o Clube do Povo está buscando alternativas para que o retorno às partidas seja de forma segura e consciente. “Estamos considerando a nova realidade que não atinge apenas o Inter, mas o mundo todo. Temos acompanhado a movimentação de clubes brasileiros e de fora do país para fazermos tudo da forma mais correta. Optamos por solicitar essa atualização no cadastro do sócio para ganharmos tempo, caso a volta seja definida em breve”, afirma o vice-presidente de Administração, Victor Grunberg.

    Para cadastrar a Carteira Nacional Digital de Vacinação, os sócios colorados deverão acessar o site e seguir os seguintes passos:

    1) Através do aplicativo Conecte SUS , baixar a Carteira Nacional Digital de Vacinação (Baixe aqui para Android // Baixe para IOS).

    2) No site oficial do clube, fazer login com matrícula e senha na área de sócios.

    3) No menu à esquerda, opção >>Meus Documentos<<.

    4) Clicar em >>Novo documento<<.

    5) Selecione em >>Tipo de documento<<, a opção >> Carteira Nacional de Vacinação<< .

    6) No campo >>Identificação<<, digitar o número de matrícula.

    Clique para selecionar imagem e localizar em seu computador ou celular o arquivo correspondente a Carteira Nacional Digital de Vacinação.

    Após localizar o arquivo, clicar em >>Abrir<< para que o documento seja selecionado.


    Clique em >>Enviar<<;


    7) O ícone de um relógio indicará que o status do comprovante de vacinação está em processo de aprovação. Depois disso, basta aguardar a validação, que pode levar até 7 dias. Após esse período do upload, o sócio deverá acessar novamente a Área do Sócio e verificar se seu documento foi validado. Caso não tenha sido validado, precisará entrar em contato com a CAS (3230-4600, opção 2) para análise da situação.



    Ao sócio PCD, além do comprovante da vacina, o Inter solicita que entre em contato com a CAS para atualizar o cadastro.

    Com o envio da Carteira Digital de Vacinação em PDF o sócio colorado manifesta a autorização e consentimento para que o Clube atualize o Cadastro Social, realizando o processamento necessário ao armazenamento dessa informação para utilização conforme interesses e organização interna.

    Esse processo se faz necessário especialmente quando houver retorno de público, nas operações de acesso a jogos no Estádio Beira-Rio, em que seja necessário comprovação da vacinação contra Covid-19, de acordo com as normativas, determinações e exigências das autoridades públicas de saúde e entidades administradoras das competições.