• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Raio-X: tudo sobre a jornada na Ilha do Retiro

    Dia de Inter em campo pelo Brasileirão! O Clube do Povo visita, nesta quarta-feira (14/10), o Sport, em confronto da 16ª rodada do torneio. A partida, que ocorre a partir das 21h30, terá como sede a Ilha do Retiro, e pode valer a terceira vitória consecutiva aos comandados de Coudet. Para ficar por dentro de tudo sobre o embate confira, abaixo, o nosso Raio-X!


    Pra cima deles, Colorado!

    A preparação colorada para a partida em solo pernambucano foi encerrada na manhã desta terça-feira (13/10). Eduardo Coudet comandou, no CT Parque Gigante, atividades táticas e técnicas com o elenco, assim ajustando os últimos detalhes do time que irá a campo em busca dos três pontos. Diante do Sport, o Clube do Povo terá os desfalques de Heitor, Boschilia, Nonato, Musto e Johnny, lesionados, e D’Alessandro, suspenso, sexteto que se junta a Paolo Guerrero e Saravia, os quais estão fora da temporada.

    Por outro lado, a delegação alvirrubra conta com feliz novidade. Sem atuar desde 2019, Rodrigo Dourado embarcou para Recife e estará à disposição do técnico vermelho. O volante, vale lembrar, fez sua estreia com o grupo profissional exatamente contra o Sport, em 2012. Escalado por Fernandão, o atleta foi titular em duelo disputado no Beira-Rio, encerrado com igualdade de dois gols para cada lado. Aumentando a lista de coincidências, foi também contra o Leão que o camisa 13 anotou seu primeiro gol pelo Inter, desta vez em 2015, uma vez mais no Gigante. O tento garantiu vitória por 2 a 1 sobre os visitantes, à época treinados pelo Rei Falcão.


    Projeções de tabela

    Terceiro colocado no Brasileirão, o Clube do Povo, dono da melhor defesa do torneio, soma 28 pontos na competição, dois a menos do que Flamengo e Atlético-MG, respectivos segundo e primeiro colocados. Embalado após duas vitórias consecutivas, o Inter pode, em caso de vitória sobre o Sport, assumir a ponta da tabela. Para tanto, o Galo precisaria perder para o Fluminense, no Mineirão, enquanto o Flamengo teria de tropeçar contra o Red Bull Bragantino, no Maracanã. O Alvinegro recebe o Tricolor Carioca às 21h30 desta quarta, enquanto o Rubro-Negro será visitado pelos paulistas na quinta, às 20h.

    Se empatar na Ilha do Retiro, o Inter fica ao alcance do São Paulo, quarto colocado com 26 pontos. Os paulistas, porém, precisariam golear o Ceará para tomar a terceira posição colorada. Além disso, o time do Morumbi não vai a campo neste meio de semana, uma vez que enfrenta, em partida adiantada das oitavas da Copa do Brasil, o Fortaleza. Nenhuma outra equipe pode ultrapassar o Clube do Povo, mesmo em caso de revés diante do Sport.


    Arbitragem fluminense

    Wagner do Nascimento Magalhães apita, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Carlos Henrique Alves de Lima Filho. VAR: Rodrigo Nunes de Sá. Quarteto carioca.


    O rival

    Thiago Neves marcou para o Sport contra o Botafogo/Foto: Anderson Stevens, Sport Recife

    Nono colocado, dono de 20 pontos na disputa do Brasileirão, o Sport vive, muito provavelmente, seu melhor momento em 2020. Terceiro comandante da temporada rubro-negra, Jair Ventura soma cinco vitórias nas 10 partidas que já disputou na casamata recifense. O técnico chegou a engatar, entre as rodadas 11 e 13, três triunfos consecutivos. Desde então, porém, o Leão soma dois reveses seguidos, para Flamengo, no Rio, e Botafogo, no Ilha. Lamentados, os resultados não chegam a servir de ameaço para o adversário colorado desta quarta, que está a cinco pontos de distância do Z-4.

    Guto Ferreira abriu o ano de 2020 no comando rubro-negro. O técnico, que conquistou o acesso com o Sport na temporada de 2019, não resistiu à irregular abertura de temporada e, após ser eliminado para o Brusque na primeira fase da Copa do Brasil, foi demitido. Em seu lugar, assumiu Daniel Paulista, que falhou em melhorar a também acidentada campanha do Sport no Estadual. Como consequência, a equipe precisou disputar o quadrangular de rebaixamento do Pernambucano, fase que superou sem maiores sustos. Na Copa do Nordeste, o Leão foi eliminado, nos pênaltis, para o Fortaleza, nas quartas de final.

    Daniel Paulista, antigo comandante rubro-negro/Foto: Anderson Stevens, Sport Recife

    Técnico rubro-negro nas jornadas de abertura do Brasileirão 2020, Daniel Paulista foi demitido após a quinta rodada, quando sucumbiu, dentro de casa, para o São Paulo, placar de 1 a 0. Até então, a campanha do Sport registrava uma vitória, um empate e tres reveses em cinco partidas, números que deixavam o Leão no Z-4 nacional. No lugar de Daniel, assumiu Jair Ventura, o qual, após tropeço na estreia, diante do Coritiba, engatou excelente sequência derrotando Grêmio, em Porto Alegre, e Goiás, na Ilha. Depois, um único revés, para o Fortaleza, fora de casa, foi superado com excelente empate diante do Palmeiras, também longe de Recife, e com as vitórias seguidas sobre Fluminense e Corinthians, em Pernambuco, e Bahia, em Pituaçu.

    Jair Ventura, atual técnico do Sport/Foto: Anderson Stevens, Sport Recife

    Quinta pior defesa do Brasileirão, o Sport já foi vazado em 19 ocasiões. Destas, cinco ocorreram nas duas últimas partidas. A equipe se destaca negativamente pela grande quantidade de finalizações que oferece a seus rivais, embora, verdade seja dita, a maioria destas não represente grande perigo à meta rubro-negra. No ataque, o Rubro-Negro já marcou 15 vezes, números que comprovam grande precisão nas finalizações. Em linhas gerais, trata-se de um rival que quando cria, marca, vide o duelo contra o Bahia, quando os comandados de Jair Ventura precisaram de somente cinco arremates para anotar dois tentos.

    Hernane, centroavante do Sport/Foto: Anderson Stevens, Sport Recife

    Para o duelo diante do Inter, é provável que Jair dê continuidade ao esquema 4-2-3-1, formação que mais utilizou nas 10 partidas que soma à frente do Sport. No gol, Luan Polli deve seguir como titular, enquanto Iago Maidana e Adryelson serão os zagueiros. As laterais, contudo, presenciarão mudanças: lesionado, Sander dará lugar a Juba na esquerda, enquanto Patric pode ser preservado. Em seu lugar, atuaria Raul Prata. Marcão Silva e Ricardinho abrirão o meio de campo, que contará com a armação de Thiago Neves, acompanhado, pela esquerda, por Marquinhos. Na direita, Mugni é o mais cotado. Por conta do desgaste, porém, Leandro Barcia tem chances de surgir entre os 11. O comando do ataque ficará a cargo de Hernane.


    Jornada dupla na Colorada

    Dona da cobertura mais vermelha da web e do FM, a Rádio Colorada viverá quarta-feira de jornada dupla! A agitada noite será iniciada às 18h, com a apresentação do diário ‘Programa do Inter’, que projetará os duelos de feminino e masculino. Na sequência, a partir das 19h30, a emissora oficial do Clube do Povo transmite o embate entre Gurias Coloradas e Minas Brasília, válido pela 15ª rodada do Brasileirão A1.

    Encerrado o confronto, pouco antes das 21h30, tem início a jornada esportiva do embate diante do Sport, partida que ainda contará com o ‘Vestiário Vermelho’, pós-jogo que repercute o confronto por meio de entrevistas exclusivas e coletivas virtuais. Acompanhe a transmissão através do FM 95,5* ou via Site e App do Inter!

    Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para Android

    Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para IOS

    *FM estará no ar entre 18h e 19h, e a partir das 20h

    Como sempre, as redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) contarão com o mais completo minuto a minuto da internet, repleto de imagens compartilhadas instantaneamente. Na TV, Globo e Premiere anunciam transmissão.


    Retrospecto favorável

    Já ocorreram, na história, 44 duelos entre Inter e Sport. À frente no retrospecto, o Clube do Povo, através de 59 gols marcados, conquistou 18 vitórias. De sua parte, os visitantes têm 9 triunfos, alcançados graças a 39 tentos. Foram registrados, ainda, 17 empates.


    Virada para o topo!

    Recife, 29 de novembro de 2009. Na quase veranil tarde nordestina, o Inter adentrou o gramado da Ilha do Retiro sabendo que uma vitória assumia contornos fundamentais para as pretensões colorados no encerramento de temporada. Envolvido na luta pelo título brasileiro, o Clube do Povo precisava somar três pontos para manter vivo o sonho da conquista. Diante do Sport, disputava a penúltima rodada do Brasileirão, e desejava chegar ao Beira-Rio, palco da partida final, envolvido na luta pelo topo. Além disso, um triunfo em terras pernambucanas valeria a vaga antecipada na fase de grupos da Libertadores de 2010. Vencer, portanto, era obrigação.

    Após muito pressionar na etapa inicial, o Clube do Povo sofreu um duro golpe aos 40 minutos de confronto, instante no qual Vandinho, em posição irregular, marcou para os donos da casa. Conscientes de sua responsabilidade, os comandados de Mário Sérgio voltaram do intervalo com postura ainda mais ofensiva, recompensada aos 22, quando Kléber tabelou com Giuliano, invadiu a área e finalizou cruzado, rasteiro. O desempate chegou aos 38, através do iluminado pé direito de Andrezinho. Sofrida por Guiñazú, nova falta encontrou o mágico meio-campista, que marcou o da vitória colorada. A América, aos poucos, começava a ser reconquistada!