• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Raio-X: Inter recebe o Juventude na 12ª rodada do Brasileirão

    Inter recebe o Juventude no Gigante/Foto: Ricardo Duarte

    Dia de clássico estadual no Beira-Rio! O Clube do Povo recebe o Juventude, a partir das 20h30 deste domingo (18/07), pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Confira entrevista da Rádio Colorada com Bruno Mucke, repórter da Rádio Caxias, projetando o duelo. Abaixo, você encontra todas as informações do confronto.


    Transmissão 📻

    A cobertura da 12ª rodada do Brasileirão será apenas uma das atrações da Rádio Colorada para este domingo. Emissora oficial do Clube do Povo, a Mais Vermelha, que viverá tarde de jornada dupla, estará ao vivo, direto do Beira-Rio, a partir das 19h30. Confira a programação completa, que pode ser acompanhada via Site e APP do Inter:

    As redes sociais do Inter (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) cobrirão a partida com o tradicional minuto a minuto enriquecido por imagens dos melhores momentos do confronto. Na TV, o Premiere anuncia transmissão.


    Vamo, Inter! 💪

    Aguirre comandou atividades na véspera de partida/Foto: Ricardo Duarte

    A preparação colorada para o clássico estadual foi curta. Iniciada ainda no Paraguai na manhã da última sexta-feira (16/07), dia seguinte a empate sem gols diante do Olimpia-PAR pela partida de ida das oitavas da Libertadores, ela chegou ao fim já na tarde deste sábado, que contou com atividades no CT Parque Gigante.

    Diego Aguirre e comissão técnica aproveitaram a véspera de confronto para realizar atividades técnicas e táticas com o grupo. Os exercícios encaminharam o time que irá a campo para encerrar jejum de cinco rodadas sem vitórias, além de buscar o primeiro triunfo do Inter como mandante neste Brasileirão.

    Patrick foi titular nas últimas duas partidas do Inter no Brasileirão/Foto: Ricardo Duarte

    No Gigante, o Clube do Povo precisará superar, além do adversário, lista considerável de desfalques. Saravia e Mauricio recentemente se juntaram a Guerrero e Zé Gabriel na nominata de lesionados, e, além do quarteto, Taison, com entorse no tornozelo direito, tem passado por avaliações diárias junto ao DM colorado.

    De contrato renovado, Daniel participou das atividades deste sábado/Foto: Ricardo Duarte

    O Inter abriu a 12ª rodada na 15ª posição do Campeonato Brasileiro. Até aqui, os comandados de Diego Aguirre somam 11 pontos, conquistados através de duas vitórias e cinco empates. Após o Juventude, o Clube do Povo voltará a campo pela Libertadores, torneio pelo qual enfrenta o Olimpia, no Beira-Rio, às 21h30 da próxima quinta-feira (22/07).

    Inter vai em busca de três pontos importantes/Foto: Ricardo Duarte

    Arbitragem 👨‍⚖️

    Rodolpho Toski Marques apita, auxiliado por Ivan Carlos Bohn e Sidmar dos Santos Meurer. Trio paranaense. Quarto árbitro: Rafael Rodrigo Klein, do Rio Grande do Sul. VAR: Pablo Ramon Pinheiro, do Rio Grande do Norte.


    Rival 🆚

    Rival começou o Brasileirão com segurança/Foto: Fernando Alves, Juventude

    De volta à Série A após 13 anos, o Juventude apresentou desempenho competitivo e seguro nas primeiras 11 partidas do Brasileirão. Com 13 pontos, o Papo abre a 12ª rodada no 13º lugar, situação que, como revela Bruno Mucke, agrada a torcida jaconera, que já começa a sonhar com voos mais altos.

    “O time vive um momento bom, agradável, na Série A. O Juventude tem um orçamento reduzido, talvez o menor do Brasileirão, mas tem uma competição, até aqui, segura. Esse Campeonato está sendo bom para o Juventude, que está vendendo caro os resultados, podendo brigar por uma competição sul-americana.”

    Bruno Mucke
    Marquinhos Santos é o técnico alviverde/Foto: Fernando Alves, Juventude

    Individualmente, o grande nome alviverde é Matheus Peixoto. Vice-artilheiro do Brasileirão com seis gols marcados, o atacante é o goleador da temporada do Juventude. Oriundo do Red Bull Bragantino, ele tem oferecido consistência que esfria a busca do Papo, que há poucas semanas quase contratou o argentino Nicolás Blandi, por um novo camisa nove.

    “O Juventude tem interesse em contratar um nove. Acertou com o Blandi, mas ele colocou algumas questões que o impediram de ser anunciado. Assim, deu espaço para o Matheus Peixoto, que está em um momento iluminado. A bola bate nele e entra. Quando se trouxe esse atleta, já existia a convicção de que poderia ajudar.”

    Bruno Mucke
    Matheus Peixoto vive bem momento/Foto: Fernando Alves, Juventude

    A boa fase alviverde passa, também, pelo encaixe do time de Marquinhos Santos. Frequentemente atuando com um tripé de meio-campistas, que pode variar entre o 4-4-2 losango e o 4-1-4-1, o Papo dispõe de uma série de atletas que desempenham com naturalidade o jogo de imposição e velocidade cobrado pelo treinador.

    “No começo da competição, o Marquinhos demorou para encaixar o time titular. Vinha jogando num 4-2-3-1, mas se encaixou no 4-1-4-1. O Juventude joga muito na transição. Por isso, a importância dos volantes, do Castilho, do Jesus, do Jadson. São pilares importantes tanto para o sistema defensivo quanto na construção de jogadas.”

    Bruno Mucke
    Guilherme Castilho é um dos bons nomes do Papo/Foto: Fernando Alves, Juventude

    Diante do Inter, o atacante Roberson tem chances de fazer sua reestreia pelo Papo. Mesmo se estiver disponível, porém, o atleta, que inicia sua quarta passagem pelo Juventude, deve ser reserva no time de Marquinhos Santos, que tem os seguintes nomes como prováveis titulares: Carné; Michel, Vítor Mendes, Rafael Forster e William Matheus; Elton, Castilho, Jadson e Wescley; Paulinho e Peixoto.


    Para voltar a vencer em casa 🔙

    Inter quer vencer mais uma sobre o Papo/Foto: Ricardo Duarte

    A última vitória do Inter no Beira-Rio ocorreu no dia 8 de maio, há mais de dois meses. O adversário da ocasião? Foi o Juventude. Superado por 1 a 0 em Bento Gonçalves, o Colorado recebeu o Papo para a disputa da partida de volta da semifinal do Gauchão de 2021, e sofreu para furar a retranca serrana, que permaneceu praticamente impenetrável até o minuto 42.

    Yuri marcou o primeiro/Foto: Ricardo Duarte

    Neste instante, após escanteio cobrado pelo adversário, o Inter arrancou em altíssima velocidade através de Yuri Alberto, que tabelou com Thiago Galhardo antes de receber, com a meta aberta, assistência açucarada para empatar o escore agregado. Quatro minutos depois, Edenilson serviu Mauricio, que marcou o segundo em cima do rival estonteado.

    Mauricio ampliou a conta/Foto: Ricardo Duarte

    Na etapa final, foi o próprio Edenilson quem tornou a situação mais cômoda. Tranquilo e preciso como sempre, ele marcou o terceiro, aos 15, após excelente cobrança de pênalti. Também da marca da cal, Peixoto descontou seis minutos mais tarde, mas Rodinei, em rebote de chute de Caio, encerrou a conta no minuto 33.


    Show de Fernandão em 2007 ❤️

    Inter e Juventude não se enfrentam pela Série A do Brasil desde 2007, quando, no dia 21 de outubro, o Beira-Rio sediou duelo válido pela 32ª rodada do Brasileirão. Mais de 35 mil colorados e coloradas apoiaram o Clube do Povo, que lutava por vaga na Sul-Americana da temporada seguinte, e foram recompensados com espetáculo de seu capitão.

    Comandado por Abel Braga, o Inter foi a campo com Clemer; Wellington Monteiro, Índio, Orozco e Marcão; Edinho, Guiñazú, Magrão e Alex; Gil e Fernandão. Aos 23 minutos, Monteiro finalizou de longe e exigiu milagre de Michel Alves. Dono do rebote, o Eterno Capitão tabelou com Gil e, pela esquerda da grande área, serviu Magrão, que girou como um centroavante antes de finalizar no cantinho.

    Há 13 anos, Magrão abriu a conta/Foto: Alexandre Lops

    O segundo do jogo saiu aos 31. Pela primeira vez em sua vitoriosa carreira, Fernandão marcou de falta, e o fez com estilo restrito a poucos. Em frente à área alviverde, o dono da 9 cobrou rasteira, por baixo da barreira, sem chances para Michel Alves, e fez explodir o Beira-Rio, que testemunhava o gol 64 do Capitão com a camisa colorada.

    Fernandão encerrou o primeiro tempo com um golaço e uma assistência/Foto: DVG, Zero Hora

    Senhor do jogo, o Inter controlou o segundo tempo, que presenciou verdadeiro espetáculo nas arquibancadas, embaladas pelos gritos de olé da torcida colorada. Decidido a retribuir seu povo, Fernandão fechou a conta aos 43, em lindo testaço após cruzamento de Marcão. Goleada no Beira-Rio!