• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Raio-X: as informações da jornada contra o Vasco

    Vice-líder nacional, o Inter busca, neste domingo (17/10), a quarta vitória consecutiva no Brasileirão. Confronto da 17ª rodada do torneio, o duelo entre Clube do Povo e Vasco da Gama ocorre a partir das 18h15, no Beira-Rio. Para ficar por dentro de tudo sobre a partida, confira, abaixo, o nosso Raio-X!


    Pra cima deles, Colorado!

    O Inter encerrou neste sábado os preparativos para o duelo diante do Vasco. No CT Parque Gigante, Eduardo Coudet aproveitou o lindo dia de sol para realizar exercícios técnicos e táticos que ajustaram os últimos detalhes da equipe que entrará em campo no Beira-Rio. Contra os cariocas, o comandante colorado contará com o retorno de D’Alessandro, que cumpriu suspensão na rodada passada.

    Falar de retornos exige valorizar Rodrigo Dourado. Após 15 meses entregue ao Departamento Médio, o camisa 13 do Clube do Povo voltou aos gramados na última quarta-feira (14/10). Alçado a campo no lugar de Rodrigo Lindoso aos 24 minutos da etapa final, o volante construiu segura atuação na vitória colorada sobre o Sport, fora de casa. Feliz, o atleta conversou de maneira exclusiva com a Mídia do Inter sobre seu retorno, papo no qual fez questão de ressaltar seu coração de torcedor do Inter. Confira:

    Dando continuidade à preparação para a partida deste domingo, Patrick participou de entrevista coletiva virtual na última sexta-feira (16/10). Em grande fase, o Pantera, autor de dois gols na vitória sobre o Sport, foi titular nos três triunfos consecutivos que o Inter soma. “Independente da forma com que eles vierem fazer o jogo, nós temos que nos preparar para fazer uma grande partida. É importantíssimo fazer o dever de casa para seguir forte no objetivo.”

    Por fim, quem falou neste sábado foi o meia-atacante Marcos Guilherme. Titular nas últimas duas partidas, o Relâmpago, como é carinhosamente chamado pela Maior e Melhor Torcida do Rio Grande, projetou o duelo diante do Vasco. “Um desafio muito difícil. Mas nós almejamos a liderança, precisamos vencer, ainda mais em casa, onde somos muito fortes. Estamos nos preparando bem para manter essa sequência positiva”.


    Projeções de tabela

    Vice-líder do Brasileirão com 31 pontos, o Clube do Povo conta com a segunda melhor defesa e o segundo melhor ataque do torneio, além do artilheiro Thiago Galhardo, que já balançou as redes em 13 ocasiões. Embalados, os comandados de Coudet vêm de três vitórias seguidas no Campeonato, contra Bragantino, fora, Athletico, em casa, e Sport, na Ilha do Retiro. Diante do Vasco, portanto, o Colorado busca o quarto triunfo em quatro jogos, resultado que pode garantir a primeira colocação para o Inter.

    Empatado em pontos com Atlético-MG, líder, e Flamengo, terceiro, o Clube do Povo entra em campo pouco depois do time carioca, que também neste domingo visita o Corinthians. O duelo ocorre a partir das 16h. De sua parte, o Galo atua apenas na próxima segunda-feira (19/10), quando enfrenta o Bahia, no Pituaçu. Por ter uma vitória a mais do que Colorado e Urubu, o Alvinegro garante a manutenção da ponta em caso de triunfo sobre o Tricolor. Se empatar, porém, o atual primeiro colocado pode ser superado por seus perseguidores.

    À frente do Flamengo devido ao saldo, superior em seis gols, o Clube do Povo precisa, para encerrar a rodada no topo, vencer o Vasco e torcer, além de por tropeço mineiro, para que os cariocas não apliquem goleada histórica no Corinthians. Em caso de empate, o Inter também pode chegar à liderança. Para tanto, o Galo teria de perder e o Urubu não poderia ganhar. Se for derrotado, o Colorado fica ao alcance apenas dos rubro-negros.


    Arbitragem catarinense

    Braulio da Silva Machado apita, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Alex dos Santos. VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira. Quarteto de Santa Catarina.


    O rival

    Vasco, de Talles Magno, perdeu para o Flamengo no sábado passado/Foto: Rafael Ribeiro, Vasco

    O Vasco da Gama vive sequência negativa no Brasileirão. Após iniciar o Campeonato na luta pelo topo da tabela, com direito a aproveitamento de 100% nas três primeiras rodadas que disputou, o time carioca já encara mais de um mês sem triunfos no torneio. A má fase custou o emprego do técnico Ramon Menezes, demitido após revés para o Bahia. Em seu lugar assumiu o interino Alexandre Grasseli, derrotado, na última vez em que o Alvinegro foi a campo, pelo Flamengo, em São Januário.

    A atual temporada, verdade seja dita, ofereceu poucos momentos de tranquilidade para a torcida do Vasco da Gama. Iniciado com Abel Braga na casamata, o ano de 2020 contou com eliminação precoce nas duas fases de grupo do Campeonato Carioca. Logo depois da primeira queda no Estadual, a diretoria demitiu o técnico e efetivou Ramon, treinador da equipe já durante a interrupção do calendário futebolístico brasileiro.

    Ramon Menezes, ex-comandante do Vasco/Foto: Rafael Ribeiro, Vasco

    Apoiado na excelente fase dos argentinos Benítez e Cano, o Vasco, normalmente armado no sistema 4-3-3, conquistou cinco vitórias (suas únicas no Campeonato) nas primeiras nove partidas que disputou. O último triunfo, obtido em clássico contra o Botafogo, na 10ª rodada, ocorreu em 17 de setembro. Desde então, a equipe sofreu quatro reveses e somou um único ponto, contra o Red Bull Bragantino.

    Benítez e Cano, dupla vascaína/Foto: Rafael Ribeiro, Vasco

    Os números provam que a recente má fase do Vasco não se limita ao placar final das partidas. O saldo de gols, por exemplo, que após o duelo contra o Botafogo era seis, fruto de 15 tentos marcados e nove sofridos, hoje indica negativos dois, consequência das atuais 20 ocasiões em que a equipe foi vazada.

    Livre para o Vasco, a semana passada contou com muitas novidades em São Januário. Rival do Cruz-Maltino na 16ª rodada do Brasileirão, o Fortaleza disputou, contra o São Paulo, partida antecipada das oitavas de final da Copa do Brasil. Por consequência, o time carioca não entra em campo desde o sábado retrasado (10/10). Neste intervalo, os rivais colorados deste domingo anunciaram as contratações de Ricardo Sá Pinto, novo treinador, e Leonardo Gil, volante.

    A dupla, porém, ainda não estará disponível para o confronto contra o Inter. Sob o comando de Alexandre Grasseli, a provável escalação do Vasco para este domingo conta com Fernando Miguel; Yago Pikachu, Miranda, Leandro Castan e Henrique; Benítez, Marcos Júnior, Andrey e Carlinhos; Talles Magno e Cano.

    Alexandre Grasseli/Foto: Rafael Ribeiro, Vasco

    Transmissão tri!

    Dia de Inter é dia de sintonizar na Rádio Colorada! A transmissão mais vermelha da web e do FM ocorre a partir das 17h deste dia 18 de outubro. O horário marca a abertura do ‘Portões Abertos’, pré-jogo legitimamente alvirrubro que contará com participação especial de Mauro Galvão, ex-zagueiro e ídolo vermelho, campeão invicto do Brasileirão de 1979.

    Na sequência, às 18h, chega a jornada esportiva do duelo entre Inter e Vasco, a qual se estende até o soar do último apito, quando terá início o ‘Vestiário Vermelho’. Com entrevistas exclusivas e também coletivas, a atração repercute todos os detalhes de mais um embate nacional do Clube do Povo. Acompanhe a transmissão através do FM 95,5 ou via Site e App do Inter!

    Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para Android

    Clique aqui para fazer o download do APP do Inter para IOS

    As redes sociais do Clube do Povo (@scinternacional no TwitterInstagram Facebook) , você já sabe, apresentam o mais completo minuto a minuto da internet. Neste domingo, não será diferente, com diversas imagens, compartilhadas de maneira instantânea, enriquecendo a cobertura. Na TV, o Premiere anuncia transmissão.


    Retrospecto vermelho

    É rica a história de encontros entre Clube do Povo e Cruz-Maltino. Ao todo, as equipes já se encontraram em 70 ocasiões, das quais 28 foram encerradas com triunfo colorado, duas a mais do que as finalizadas com vitória carioca. Ocorreram, também, 16 igualdades, em retrospecto que registra 100 gols para cada lado.


    Na semana do Rei, um confronto pela realeza

    Maior meio-campista da história do futebol brasileiro, o Rei Falcão completou, na última sexta-feira (16/10), 67 anos de idade. Ídolo que figura entre os maiores da biografia colorada, o eterno camisa cinco alvirrubro exibe, exatamente contra o Vasco, um dos capítulos mais lindos de sua trajetória no Beira-Rio.

    Falcão comemora o gol marcado sobre o Vasco/Foto: Zero Hora, Divulgação

    Bola de Ouro do Brasileirão de 1979, o protagonista do Time que Nunca Perdeu foi o responsável por, diante de um Gigante abarrotado, marcar o gol do Tricampeonato vermelho. Segundo do Inter na finalíssima, o gol do Rei sucedeu tento marcado pelo Príncipe Jajá, e foi o último do Clube do Povo no torneio – mas não do duelo, que ainda contaria com tento de Wilsinho para os visitantes. Colorado, uma vez mais, dono do Brasil!


    Ídolos de cá e lá

    Atração mais do que especial do pré-jogo da Rádio Colorada, Mauro Galvão não é ídolo apenas do Inter. Revelado, aos 17 anos, pelo Clube do Povo, o ex-defensor conquistou o Brasil logo em sua primeira temporada como profissional. Duas décadas depois, Mauro, dono de carreira extremamente vitoriosa, dominaria a América, desta vez vestindo as cores do Vasco.

    Antes mesmo do nascimento de Galvão, porém, Inter e Vasco já contavam com lindas coincidências. Figura que também ocupa posto elevado no panteão de lendas coloradas, Osmar Fortes Barcellos, o Tesourinha, atuou, depois de 10 multicampeãs temporadas consecutivas nos Eucaliptos, com as cores do Vasco. Em São Januário, o ponta conquistaria o Rio de Janeiro e seguiria convocado para a Seleção Brasileira. Com a Canarinho, o imparável driblador venceria, ainda, a Copa América.