Associe-se

Inter lança canal de denúncias no combate à discriminação e violência contra a mulher

O Sport Club Internacional, em consonância com a sua imagem de Clube do Povo, está cada vez mais engajado nas causas importantes da sociedade. Atento aos desafios na luta contra qualquer discriminação e no combate à violência, o Clube lança, nesta quarta-feira (16/02), um novo canal de denúncias em seu site.

A Rádio Colorada entrevistou Janice Cardoso, diretora Feminina e de Inclusão do Internacional, e Ariane Leitão, coordenadora da Força Tarefa contra o Feminicídio da Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, sobre o funcionamento do novo canal do Site colorado. Confira:

De acordo com Janice Cardoso, o canal está representado na página com o ícone de um apito roxo. “Este é o apito final para a violência contra a mulher e qualquer tipo de discriminação, e vai além de um canal de denúncias. É mais um feito relevante de uma instituição que faz parte da vida de milhões de coloradas e colorados e que busca contribuir para um mundo melhor. É a consolidação de que somos engajados e intolerantes à violência e à discriminação. Aqui somos acolhedores, plurais e inclusivos” ressalta.

Janice explica que, ao clicar no apito roxo, imediatamente o denunciante será direcionado para o número de WhatsApp (51) 98114.7779, que receberá a mensagem e encaminhará para os responsáveis, conforme a ocorrência relatada. “No caso de denúncia de assédio ou discriminação ocorrida no ambiente do estádio Beira-Rio, o conteúdo irá para os responsáveis pela segurança e atendimento no local. Importante sempre informar o setor do estádio em que houve a ocorrência para que o atendimento seja mais ágil e eficaz”, revela.

Ícone roxo com apito, indicado na imagem, leva ao Canal de Denúncias

“Se a denúncia for de violência contra a mulher ocorrida em qualquer outro local no Estado a mensagem recebida será encaminhada para a Delegacia da Mulher, que integra a Força Tarefa contra o Feminicídio da Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, que prestará o atendimento necessário. O Inter tem o orgulho de fazer parte dessa Força Tarefa no combate a um crime que, infelizmente, tem crescido muito nos últimos anos”, diz a diretora.

Com o intuito de ser um Clube ainda mais inclusivo, o Inter tem no seu organograma a Diretoria Feminina e de Inclusão (DFI), vinculada à vice-presidência de Relacionamento Social, que trabalha na defesa das causas femininas, de diversidade e de inclusão como um todo.