• Notícias
  • Clube
  • Futebol
  • Serviços
  • Clube de Vantagens
  • Inter Store
    Associe-se

    Inter enfrenta Olimpia-PAR nas oitavas da Libertadores

    Inter enfrenta Olimpia nas oitavas da América/Foto: Ricardo Duarte

    Adversário conhecido! Sorteio realizado na tarde desta terça-feira (01/06), na sede da CONMEBOL, definiu o Olimpia-PAR como rival do Internacional nas oitavas de final da Libertadores. A partida de ida ocorre no dia 15 de julho, às 21h30, no estádio Manuel Ferreira. O Clube do Povo decide a vaga no Beira-Rio, em 22 de julho, no mesmo horário.

    Inter e Olimpia foram os respectivos líder e vice na chave B da competição, e o Clube do Povo venceu os paraguaios tanto em Porto Alegre quanto em Assunção. No Beira-Rio, o Colorado superou os paraguaios, pela terceira rodada do grupo, por 6 a 1, enquanto o placar em Assunção foi de 1 a 0 para os comandados de Miguel Ángel Ramírez.

    O sorteio também definiu o chaveamento das eliminatórias continentais. Quem avançar do duelo entre Inter e Olimpia-PAR enfrenta, nas quartas da Libertadores, Flamengo ou Defensa y Justicia-ARG. Confira a ordem dos confrontos:

    Flamengo x Defensa y Justicia-ARGAtlético-MG x Boca Juniors-ARG
    vsvs
    Internacional x Olimpia-PARArgentinos Jrs-ARG x River Plate-ARG
    Barcelona-EQU x Vélez Sarsfield-ARGRacing-ARG x São Paulo
    vsvs
    Fluminense x Cerro Porteño-PARPalmeiras x Universidad Católica-CHI

    *Equipes em negrito decidem as oitavas em casa

    O rival:

    Classificado para a Libertadores na figura de atual campeão paraguaio, o Olimpia abriu a temporada sob o comando de Sérgio Orteman. Ídolo aurinegro, o ex-volante campeão da América em 2002 conviveu com contestações ao longo do semestre, encerrado na quarta colocação paraguaia, a cinco pontos de distância do campeão Libertad.

    Olimpia foi segundo no grupo colorado/Foto: DVG, Olimpia

    Vice-líder do grupo colorado, o Olimpia avançou para as oitavas com requintes de drama. Derrotado pelo Inter na penúltima rodada da chave, o Decano não apenas precisava vencer o Deportivo Táchira na última partida do returno, disputada no Paraguai, como também consolidar saldo folgado. Árdua, a missão foi atingida através de histórico 6 a 2 no Manuel Ferreira.