Associe-se

Inter é tetracampeão gaúcho sub-20!

Colorado levantou a taça pela 15ª vez (Foto: Jota FInkler)

Tem mais taça no armário do Celeiro de Ases! Na tarde desta quinta-feira (16/12), os juniores colorados bateram o Brasil de Pelotas, de virada, e garantiram o tetracampeonato gaúcho Sub-20 no CT de Alvorada. Os gols foram marcados todos na segunda etapa: após Fernandinho abrir o placar para os visitantes, Thauan Lara e Estêvão viraram a partida para o Inter e o placar fechou em 2 a 1.

Este é o quarto título colorado em sequência no Campeonato Estadual – 2017, 2018, 2019 e 2021 – no ano passado, a competição não foi disputada por conta da pandemia de coronavírus. No total, já são 15 taças do Gauchão da categoria, aumentando a vantagem do Inter como maios vencedor da competição.

Diretoria, comissão técnica e profissionais de apoio (Foto: Jota FInkler)

Com a vitória por 1 a 0 no primeiro jogo, no Bento Freitas, o Inter trouxe importante vantagem para decidir em Alvorada, onde a partida começou morna e os gols demoraram para acontecer. Na primeira etapa, as melhores chances foram coloradas. Aos 14min, Matheus Dias recolheu sobra de cruzamento de Jonathan, cortou o marcador e bateu de direita, mas o goleiro segurou.

Aos 27min, Ryan cruzou na altura da marca de pênalti, Matteo pegou no ar, de primeira com a perna canhota, obrigando o goleiro a trabalhar novamente. Seria um golaço! No final da primeira etapa, um bonito passe longo de Cazzetta, utilizando a parte externa do pé, colocou Matteo para disputar na corrida com a marcação. O camisa 9 chegou na frente e conseguiu o arremate de canhota, mas pelo lado do alvo.

Matheus Dias finaliza na primeira etapa (Foto: Jota Finkler)

Na etapa complementar, o jogo ficou mais movimentado. Aos 12min, um passe milimétrico de Estêvão, que acabara de ingressar na partida, encontrou Matteo entre o zagueiro e o lateral direito adversário. Cara a cara com o goleiro, o camisa 9 deu um tapa sutil e a bola bateu caprichosamente na trave. Quase!

Sem conseguir jogadas de maior perigo com a bola rolando, o Brasil de Pelotas encontrou seu gol em uma jogada de bola parada. Fernandinho cobrou falta pela esquerda na direção da área, Lucas Flores não conseguiu a defesa e a bola entrou no cantinho.

Mas o empate não demorou para aparecer. Aos 30min, Matheus Dias, da meia-lua da área adversária, conseguiu excelente passe em profundidade para Vitinho. O goleiro defendeu parcialmente, mas Thauan Lara estava próximo para o rebote. O ala bateu de canhota e correu para o abraço.

Thauan Lara corre para o abraço (Foto: Jota Finkler)

Um golaço determinou a virada colorada sete minutos depois. Estêvão recebeu pela direita, avançou em velocidade para dentro e acertou uma bomba de longa distância. A bola morreu no ângulo, sem chances para o goleiro adversário. Uma pintura!

A equipe de João Miguel e Leonardo Martins foi a campo com: Lucas Flores; Ryan (Lucas Vital), Adriel, João Felix e Cazzetta; Igor (Bizescki), Matheus Dias (João Pedro), Cléberson (Estêvão), Jonathan (Thauan Lara) e Vitinho; Matteo (Allison).

Gurizada colorada celebra no gramado (Foto: Jota Finkler)

> Assista ao jogo na íntegra

“Esse é um trabalho em conjunto de todos. É uma construção dos atletas para chegarem no profissional. Feliz pelo momento, pelos atletas que estão experimentando jogos decisivos e vencendo, criando jogadores com o espírito vencedor, determinados em todo jogo a ter que vencer. Porque, quando chegar ao profissional, a exigência vai ser por resultado. E eles já estão bem experimentados, pois têm na categoria de base exemplos de conquistas.

João Miguel – um dos treinadores da equipe

“Sabíamos que ele viriam tentar buscar o resultado aqui, já que vencemos lá em Pelotas. Foi um bom jogo, estou feliz por ter ajudado a equipe com um gol e mais feliz ainda pelo título.”

Thauan Lara – lateral esquerdo

“A equipe está de parabéns, fizemos um bom trabalho e conseguimos o segundo título desse ano. Ainda temos um batalha contra o Coritiba no domingo (Super Copa) e daremos nosso melhor. Fui abençado com o gol, importante por coroar o título, mas queria frisar a campanha dessa equipe, o grupo foi muito forte.”

Estêvão – meio-campista

Números da campanha

Jogos: 17
Vitórias: 12
Empates: 4
Derrotas: 1
Gols marcados: 52
Gols sofridos: 10

Artilharia da equipe:

Jonathan – 6
Vitinho – 5
Lucca – 5
Thauan Lara – 5
Pedrinho – 3
Gustavo – 3
Tiago Barbosa – 2
Estêvão – 3
Matheus Dias – 1
Matteo – 1
Adriel – 2
Cléberson – 1
Bizescki – 1
Gol contra – 1

Sub-17 que também marcaram:

Carlison – 4
Jhonatan Kauan – 2
Lucas Farias – 1
José Adilson – 1
Sarjani – 1
Leonardo -1
Ghíven – 1
Adriel -1

> Confira a campanha completa

Imagens

Crédito: Jota Finkler