Associe-se

Benitez

Benitez chegou ao Inter em 1977 carregando consigo uma alcunha de peso, que certamente o colocava sob pressão. Tratado como o “herdeiro de Manga”, dois anos depois viu sua fama ser completamente revolucionada. Daquele que estaria à sombra de um ídolo, entrou para o rol de craques perpétuos do Colorado. De herdeiro, criou um legado. Ao final de 1979, o paraguaio podia se orgulhar de ser o goleiro que jamais perdeu.

Verdade seja dita, inicialmente José de La Cruz Benitez Santa Cruz não emplacou no alvirrubro, a ponto de, na temporada de 1978, ser emprestado ao Palmeiras. Por lá brilhou, ameaçando o status de Leão. Assim, quando voltou a Porto Alegre, assumiu a titularidade do gol colorado para não mais largar. Também pudera, após um início claudicante, o Inter fechou 1979 com perfeição. ‘Campeão Invicto’, sem perder uma única partida no Brasileirão. Graças, entre outros, a Benitez, que com seus milagres se eternizou como o único goleiro titular na história do principal certame nacional a permanecer uma edição inteira sem sofrer mais gols do que o arqueiro rival. Atualmente, o paraguaio é Embaixador do Inter em seu país natal.