18/06/2009

Gigantinho sediará disputa da Copa Davis

Depois de 11 anos, a cidade de Porto Alegre voltará a ser palco de um confronto brasileiro da Copa Davis. O confronto entre Brasil e Equador, válido pela Repescagem do Grupo Mundial, acontecerá nos dias 18, 19 e 20 de setembro no Gigantinho. O evento fará parte das comemorações do Centenário do Internacional. 

Na coletiva de imprensa de apresentação do evento, realizada nas suítes do Beira-Rio, na tarde desta quinta-feira, estiveram presentes o presidente da Confederação Brasileira de Tênis, Jorge Lacerda, o vice- prefeito de Porto Alegre, José Fortunatti, o presidente do Sport Club Internacional, Vitorio Piffero, o presidente da Federação Gaúcha de Tênis, Luiz Fernando Pires, o secretário municipal de esportes João Bosco Vaz, o diretor de marketing do Grupo Opinião, Alexandre Lopes, e o diretor da Oxysports, André Bueno.

O presidente Vitorio Piffero ressaltou a importância de um evento deste porte ser realizado no Complexo Beira-Rio. “O Internacional sente-se muito orgulhoso com essa iniciativa da Copa Davis. Esta oportunidade deve servir como difusão do tênis no Beira-Rio”, afirma. Após a disputa da Copa Davis, o Internacional agregará esta modalidade a gama de esportes amadores que vêm sendo praticados no Gigante. Atualmente, o Inter conta com equipes nas seguintes modalidades: taekwondo, boxe olímpico, xadrez e jiu-jitsu.

O vice-prefeito de Porto Alegre reconheceu todo o trabalho de inclusão social que o Inter vem fazendo através dos esportes amadores. “O Sport Club Internacional está se preparando para viabilizar esta competição, buscando também através das oficinas do Projeto Interagir abrigar mais este esporte. A prefeitura apoia e parabeniza esta iniciativa do Inter”, disse.

O Brasil lidera o confronto contra o Equador na história da Copa Davis. São seis confrontos ao total, com quatro vitórias brasileiras contra duas equatorianas. Segundo o presidente da Confederação Brasileira de Tênis, Jorge Lacerda, o Brasil vem com força para Porto Alegre, buscando a afirmação da nova geração do tênis brasileiro. “O Brasil virá com uma equipe renovada, com novos talentos que querem mostrar o seu valor para a torcida brasileira”, disse.

Na última oportunidade em que jogou Porto Alegre, o Brasil foi derrotado pela Espanha por 3 a 2, em uma arena montada no Parcão. Na equipe brasileira estavam nomes como Gustavo Kuerten, Jaime Oncins, André Sá e Fernando Meligeni, os espnahóis tinham em seu time Alex Coretja e Carlos Moyá. 

O confronto da Copa Davis entre Brasil x Equador é uma realização da Confederação Brasileira de Tênis e Opinião Produtora, com produção da Oxysports. A Confederação Brasileira de Tênis tem o patrocínio oficial dos Correios. O apoio é da Dunlop – a bola do tênis brasileiro, Companion Sports - a roupa oficial do tênis brasileiro e Brascourt – Pisos Esportivos.

Durante a entrevista foram divulgados os valores dos ingressos. Os sócios do Inter terão desconto na aquisição do ingresso de arquibancada. Sócio proprietário de cadeira no Gigantinho tem 50% de desconto.

Arquibancada: Sócios- R$ 50,00 Não sócios – R$ 60,00
Cadeira- R$ 150,00
 VIP – 300,00


Outras notícias
Loja Virtual