24/03/2013

Inter goleia Santa Cruz e mantém invencibilidade no returno

O Internacional goleou o Santa Cruz por 3 a 0 na tarde deste domingo, nos Plátanos, em confronto válido pela terceira rodada da Taça Farroupilha. Hérverton (contra), Vitor Júnior e D'Alessandro, de pênalti, marcaram para o time colorado, que segue com 100% de aproveitamento na liderança do Grupo 2. Foi a sexta vitória consecutiva do time de Dunga no Gauchão.

Na quarta-feira, às 22h, o Inter encara o São José-POA no Estádio Passo D'Areia.

> Destaques da vitória em Santa Cruz do Sul

> Galeria de fotos da partida


Jogadores comemoram a sexta vitória seguida no Gauchão

Repetição de time

O técnico Dunga escalou a mesma equipe que havia vencido o São Luiz na rodada anterior. Sem poder contar com Ygor, lesionado, e Forlán, a serviço da Seleção Uruguaia, o Inter manteve Airton e Caio em seus lugares.

Gol com garra

O jogo começou truncado, com muita marcação e raras conclusões em gol. O gramado precário dos Plátanos também dificultava o toque de bola. Mas a qualidade técnica do Inter fez a diferença aos 11min, quando Leandro Damião marcou um belo gol.

O camisa 9 partiu com a bola dominada desde o meio-campo, passou por três adversários na base da força e invadiu a área pelo lado esquerdo. O atacante tocou para Caio, que devolveu de primeira para Damião chutar para o gol – a bola bateu no goleiro e no zagueiro antes de entrar. 1 a 0! Seria o oitavo gol de Damião no Gauchão, mas a arbitragem preferiu registrar o gol como sendo contra de Sidraílson.

Damião protagonizou lance de garra no primeiro gol

Pênaltis omitidos

Aos 22min, o artilheiro teve chance de ampliar, mas quando ia chutar – já no interior da área –, foi derrubado pelo zagueiro Sidraílson. De forma equivocada, a arbitragem sinalizou
impedimento e deixou de marcar o pênalti em Damião. Aos 29min, Lucas Silva chutou forte e Muriel fez grande defesa, evitando o empate.

O Inter ameaçava nos contra-ataques: aos 32min, Caio entrou na área em altíssima velocidade e só não conseguiu a finalização porque o goleiro Vizzotto saiu bem do gol e abafou a jogada. Aos 35min, Lucas Silva cabeceou e Gabriel salvou praticamente em cima da linha do gol. Um minuto depois, Caio foi derrubado na área e Jean Pierre mais uma vez não marcou pênalti.

Inter amplia na etapa final

O Colorado voltou para a etapa final sem alterações no time, enquanto que o Santa Cruz teve Lucas Sotero no lugar de Fabinho. O panorama do jogo não se alterou: o Santa Cruz mantinha um ferrolho em frente à área e dificultava a penetração do ataque do Inter. Aos 4min, Cleiton chutou de longe e Muriel defendeu com segurança, em uma das raras investidas do adversário no segundo tempo. Aos 13min, Fred deixou o campo lesionado para a entrada de Dátolo.

 Aos 17min, após boa troca de passes no lado esquerdo do ataque, D'Alessandro arriscou da entrada da área e Vizzotto espalmou providencialmente para escanteio. Aos 24min, Otávio entrou no lugar de Caio. Logo depois, D'Alessandro recebeu passe no interior da área, mas o chute foi prensado com a defesa. Aos 28min, Otávio percebeu que Vizzotto estava um pouco adiantado e tentou tocar por cima. A bola passou perto do travessão. Aos 31min, Damião chutou mascado e o goleiro do Santa Cruz buscou a bola no canto esquerdo.

Vitor Júnior marcou pela primeira vez com a camisa do Inter

Aos 36min, Vitor Júnior entrou na vaga de Airton, e logo na sua primeira jogada, o meia revelado nas categorias de base do Inter recebeu passe rasteiro de Damião no interior da área e marcou o segundo gol colorado. D'Alessandro fez 3 a 0 aos 40min, em cobrança de pênalti sofrido por Otávio, que entrou com muita qualidade na partida.

"Foi um jogo de superação, em um campo difícil de jogar, mas felizmente saímos com a vitória", diz Juan.

"O grupo está focado e realizando exatamente o que tem treinado", elogiou o diretor de futebol Luís César Souto de Moura.

Ficha técnica:

Santa Cruz (0): Fernando Vizzotto; Teda, Sidraílson e Héverton; João Neto, Diego Teles, Léo Maringá, Cleiton (Saldanha), Fabinho (Lucas Sotero) e Gabriel Ganzer (Baroni); Lucas Silva. Técnico: Tonho Gil.

Internacional (3): Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Juan, Fabrício; Airton (Vitor Júnior), Josimar, Fred (Dátolo), D'Alessandro; Caio (Otávio), Leandro Damião. Técnico: Dunga.

Gols: Sidraílson (SC), contra, aos 11 minutos do primeiro tempo, Vitor Júnior (I), aos 36 minutos do segundo tempo, D'Alessandro (I), de pênalti, aos 40min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Fabinho, Héverton, Teda, Lucas Sotero, Vizzotto (SC); Airton (I).

Arbitragem: Jean Pierre de Lima, auxiliado por Altemir Hausmann e Rafael da Silva Alves.

Local: Estádio dos Plátanos, em Santa Cruz do Sul.


Outras notícias
Loja Virtual