21/03/2013

Inter vence São Luiz e segue 100% no returno do Gauchão

O Internacional venceu o São Luiz por 2 a 1 na noite desta quinta-feira, em Novo Hamburgo, e assumiu a liderança do Grupo B da Taça Farroupilha, com seis pontos e 100% de aproveitamento. Leandro Damião, no final do primeiro tempo, e D'Alessandro, aos 41min da etapa final, marcaram os gols que garantiram a quinta vitória seguida no Gauchão.  

No próximo domingo o Colorado encara o Santa Cruz no Estádio dos Plátanos.

> D'Ale ganha placa e decide o jogo

> Damião persegue recorde histórico

> Galeria de fotos da partida

D'Alessandro marcou no final e decidiu o placar no Estádio do Vale

Escalação com novidades

Sem poder contra com Ygor, lesionado, e Forlán, convocado para jogos da Seleção Uruguaia, o Inter foi a campo com novidades no time. No meio-campo, o volante Airtor fez sua estreia com a cmaisa colorada. No ataque, Caio recebeu oportunidade ao lado de Leandro Damião. Fred retomou a titularidade depois de cumprir suspensão automática.

Reedição da final do 1º turno

Inter e São Luiz se reencontraram 11 dias depois de decidirem a final da Taça Piratini. No jogo disputado em Ijuí, o Colorado goleou por 5 a 0 e ficou com o título do primeiro turno do Gauchão.

Inter pressiona desde o início

Logo aos 2min, o Inter teve grande chance de abrir o placar. Após bate e rebate na área adversária, a bola sobrou para Juan, que ficou cara a cara com o goleiro e chutou para fora. O time de Dunga praticamente não saía do campo de ataque, porém não estava fácil de passar pelo ferrolho armado pelo São Luiz. Com este panorama, o Inter passou a insistir na jogada aérea.

Aos 9min, Gabriel fez lançamento e Leandro Damião dividiu no alto com o goleiro Oliveira. Por pouco o camisa 9 não conseguiu o cabeceio para o gol. Aos 15min, D'Alessandro cobrou falta do bico da área e Damião escorou de cabeça para a conclusão de Juan, que acabou sendo abafada pela defesa do time de Ijuí. Aos 23min, Muriel trabalhou pela primeira vez, ao afastar de soco a cobrança de falta feita por Washington. No entanto, a arbitragem flagrou impedimento e invalidou o lance. Aos 28min, mais uma chegada forte do Inter: Fabrício aproveitou rebote e soltou uma pancada que foi defendida por Oliveira.

O gol colorado estava amadurecendo. Aos 32min, Gabriel alçou para a área, Juan matou no peito e chutou forte, mas Rodrigo Moledo apareceu no meio do caminho e acabou desviando a bola para a linha de fundo. Pouco depois, D'Alessandro cobrou falta e Oliveira defendeu parcialmente para a zaga afastar o perigo em definitivo. Aos 38min, Caio fez grande jogada, passou pela marcação em velocidade e quando iria invadir a área foi derrubado. Falta! Gabirel cobrou na barreira e D'Alessandro chutou para defesa segura de Oliveira.

Damião abre o placar no finalzinho

A pressão colorada merecia ser recompensada. E foi aos 42min, quando Caio cruzou rasteiro da linha de fundo e Damião chutou com força, de primeira, para fazer 1 a 0. Foi o sétimo gol do atacante, que se igualou a Forlán na artilharia do Gauchão. Com a camisa colorada foi o 84º gol em 141 jogos.


Damião (C) enche o pé para abrir o placar contra o São Luiz

Aos 46min, Fabrício cruzou da esquerda e Caio subiu alto entre os zagueiros para cabecear para a defesa salvadora de Oliveira. Quase o segundo!

São Luiz empata

No segundo tempo, o Inter seguiu levando perigo na jogada área. Aos 5min, D'Alessandro cobrou escanteio fechado e Moledo desviou de cabeça, mandando a bola para a linha de fundo. Porém, aos 10min, Washington chutou da entrada da área e colocou a bola no cantinho direito de Muriel, empatado o jogo. 1 a 1.

O Colorado não se abalou e seguiu buscando o segundo gol. Aos 13min, D'Alessandro cobrou falta e a bola raspou o travessão. Aos 19min, Josimar cabeceou no meio do gol para defesa de Oliveira. Para dar ainda mais poder ofensivo ao time, aos 21min, o técnico Dunga promoveu a entrada de Dátolo no lugar do estreante Airton. Foi a primeira partida do meia argentino após afastamento por lesão. Aos 27min, Fabrício cobrou falta da risca da grande área e a bola passou muito próxima à trave direita.

D'Ale marca de falta

Com duas linhas de quatro jogadores, o São Luiz praticamente apenas se defendia, dificultando ao máximo as finalizações coloradas. Era a hora de aproveitar a bola parada, sempre muito treinada pelo Inter durante as preparações para os jogos. Aos 41min, D'Alessandro cobrou falta das proximidades da área, tirou a bola da barreira e acertou o canto esquerdo. Um golaço: 2 a 1! 

O time de São Luiz ainda tentou empatar na base do abafa, mas o Inter se fechou e garantiu mais uma vitória na temporada 2013.

"Foi um jogo dífícil. O adversário estava muito fechado, com duas linhas de quatro. Por isso valeu a vitória", comemorou D'Alessandro.

"Foi um jogo diferente do que disputamos em Ijuí. Mas conseguimos ficar muito mais tempo coma bola e merecemos a vitória", disse Gabriel.

"Dei o meu máximo e procurei corresponder à altura", afirmou Caio.

“Jogando contra com equipes fechadas, você tem na bola parada um fator que pode desequilibrar. Quanto mais treinar e chegar perto da perfeição, melhor. A gente tem repetido isso para aproveitar a qualidade dos nossos jogadores", observou Dunga.

Ficha técnica:

Internacional (2): Muriel; Gabriel, Moledo, Juan e Fabrício; Airton (Dátolo), Josimar, Fred e D'Alessandro (Otávio); Caio (Gilberto) e Leandro Damião. Técnico: Dunga

São Luiz (1): Oliveira; Barbosa (Marcos Paraná), Thiago Costa, Marcel e Adãozinho; Baiano, Chicão, Danilo e Washington (Elton Macaé); Juba e Eraldo (Marcos Rogério). Técnico: Leandro Machado.

Gols: Leandro Damião (I), aos 42 minutos do primeiro tempo, Washington (SL), aos 10 minutos do segundo tempo, D'Alessandro (I), aos 41min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Juba, Chicão, Danilo, Washington, Marcos Paraná, Eraldo, Marcel, Oliveira (SL); Fred (I).

Arbitragem: Marcio Coruja, auxiliado por Carlos Henrique Selbach e Mauricio Coelho Silva Penna.

Local: estádio do Vale, Novo Hamburgo.


Outras notícias
Loja Virtual