15/02/2012

Inter vence Cruzeiro-POA e garante vaga antecipada

O Internacional venceu o Cruzeiro-POA por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, em jogo atrasado válido pela sexta rodada da Taça Piratini. Dagoberto e Rodrigo Moledo marcaram os gols da vitória que assegurou a classificação antecipada às quartas de final do primeiro turno do Gauchão.

O Colorado assumiu a liderança isolada do Grupo 1, com 13 pontos, e no sábado de Carnaval receberá o Pelotas pela última rodada da fase classificatória. Se mantiver o primeiro lugar, o Inter teria a vantagem de decidir em casa até a final da Taça Piratini.


Dagoberto (C) abriu o placar contra o Cruzeiro-POA

> Galeria de fotos da partida

Sem Guiñazu, o Inter vai de Sandro Silva
O Inter foi a campo sem um dos seus principais jogadores. Guiñazu torceu o tornozelo no treino de terça-feira e foi vetado pelo departamento médico. Com isso, Sandro Silva recebeu a oportunidade de começar a partida. Nas demais posições, o time foi o mesmo que venceu bem o Caxias por 2 a 0, no Centenário, domingo passado.

Cruzeiro joga de igual pra igual no começo
O time adversário tinha uma das melhores campanhas do Gauchão. Se não tivesse perdido pontos por escalação irregular, estaria entre os primeiros. E mostrou no começo da partida as causas dessa boa campanha. Jogou de igual pra igual nos primeiros minutos e ameaçou em chutes de fora da área de Abuda e Tinga.

Inter começa a assumir o controle da partida
A partir dos 15 minutos, o Inter passou a impor o seu futebol de movimentação, troca de passes e velocidade. Aos 18min, Oscar colocou a bola na cabeça de Damião, que cabeceou ao lado do gol. O Cruzeiro respondeu aos 21min, quando Tinga deu bom passe para Jean Paulo, na área, matar a bola e chutar para boa defesa de Muriel pra escanteio.

Dagoberto abre o placar
Se estava difícil de entrar na defesa adversária, o Inter chegou ao gol em jogada individual. Aos 27min, Dagoberto arrancou da intermediária em direção à área, passou por uma fila de jogadores em velocidade, tocou em Damião, o zagueiro tentou cortar, e a bola sobrou para o próprio Dagoberto chutar na saída do goleiro. Um belo gol de Dagoberto, o terceiro dele no Gauchão.

nalti desperdiçado
Ainda sob o impacto do gol sofrido, o Cruzeiro se perdeu um pouco e cometeu pênalti dois minutos depois sobre Oscar. Na cobrança, porém, D´Alessandro, que raramente desperdiça, acertou a trave. O Inter não arrefeceu e seguiu dominando a partida. Aos 45min, Oscar cobrou falta e Bolatti quase ampliou.

Mais espaços na etapa final
O Inter voltou aproveitando mais os espaços concedidos pelo Cruzeiro na estapa final. Aos 2min, jogada linda e quase o gol. Kléber deu lançamento sensacional para D´Alessandro que matou a bola, entrou na área e cruzou para Oscar, que raspou de cabeça, mas não conseguiu completar para o gol. 20 centímetros mais baixa a bola e seria o segundo gol. Aos 12min, Kléber cruzou da esquerda e Damião desviou pressionado pela zaga. A bola saiu ao lado caprichosamente. Que pena.

Moledo amplia com cabecada
Aos 14min, o Inter ampliou com uma bela cabeçada de Rodrigo Moledo.Cobrança de escanteio da direita por Oscar na cabeça de Moledo, que acertou uma conclusão sensacional no ângulo. Foi o terceiro gol do zagueiro com a camisa colorada, o primeiro em 2012.

Duas mudanças no Inter
Aos 28min, duas mudanças no Inter: saíram Dagoberto e Damião e entraram Dátolo e Jô. Aos 30min, Dátolo fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Jô, que quase alcançou.A partir daí, o Cruzeiro tentou reagir, concedeu espaços, mas nada mais de importante ocorreu na partida.

Vozes coloradas
"Vitória mais do que importante, agora é buscar o primeiro lugar do grupo na última partida", disse Damião.

"Não foi fácil: o Cruzeiro é bom time e o calor foi terrível. Mesmo assim, conseguimos vencer", avaliou D´Alessandro.

"Hoje consegui fazer o gol e ajudar a equipe a vencer. Não estamos tomando gol graças a toda equipe", disse Moledo.

"Pegamos duas equipes que não tinham perdido e vencemos as duas. Foi superimportante", comemorou Oscar.

"O time está jogando de forma solidária, com a marcação começando a partir dos atacantes. Isso tem sido um diferencial, esta entrega dos jogadores. Mas precisamos achar tempo para treinar, pois até agora é jogo em cima de jogo", observou o técnico Dorival Júnior.

"Vamos entrar com força máxima no próximo sábado (contra o Pelotas). Vamos continuar buscando a evolução dentro do time", projeta o presidente Giovanni Luigi.

Ficha técnica:

Internacional (2): Muriel; Elton, Moledo, Índio e Kléber; Sandro Silva, Bolatti, Oscar (João Paulo), D´Alessandro; Dagoberto (Dátolo) e Damião (Jô). Técnico: Dorival Júnior.

Cruzeiro-POA (0): Fábio; Márcio, Claudinho, Léo Carioca e Tinga (Alberto); Almir, Abuda, Faísca e Jean Paulo (Tiagão); Jô e Gavião (Maxwell). Técnico: Beto Campos.

Gols: Dagoberto (I), aos 27min do primeiro tempo, Rodrigo Moledo (I), aos 14min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Márcio, Alberto, Abuda (C), Índio, Sandro Silva (I).

Público: 8579 (6979 pagantes). Renda: R$ 125.895,00.

Arbitragem: Márcio Coruja, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Tatiana Jacques de Freitas.

Local: Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual