05/06/2009
Há 4 anos, Brasil vencia o Paraguai no Beira-Rio

Com uma grande atuação, a Seleção Brasileira derrotou o Paraguai por 4 a 1, em partida válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2006, disputada no dia 5 de junho de 2005, no Estádio Beira-Rio. Ronaldinho Gaúcho, duas vezes, Zé Roberto e Robinho marcaram os gols brasileiros. A torcida gaúcha formada em sua maioria por colorados deu um show e lotou o Gigante.

O jogo

A Seleção Brasileira foi recebida com muita festa no Gigante da Beira-Rio. O estádio estava cheio com cerca de 50 mil torcedores, a maioria deles colorados. A torcida paraguaia se fez presente também com cerca de 2 mil torcedores. O povo gaúcho coloriu o Beira-Rio com o verde e amarelo para apoiar a Seleção.


Beira-Rio lotado no jogo entre Brasil e Paraguai

Com o clima tão favorável, a Seleção sufocou os paraguaios desde o começo. Com muita movimentação de Robinho, Ronaldinho Gaúcho e Kaká, o time brasileiro conseguia criar chances furando o forte esquema de marcação adversário. Os paraguaios se postavam com todos os jogadores atrás, mas mesmo assim o Brasil chegou aos gols. Aos 9min50seg, Robinho recebeu de Kaká, entrou na área e chutou rasteiro. A bola desviou em um zagueiro e passou perto.


Ronaldinho Gaúcho marcou dois gols na vitória brasileira 

Aos 14min40seg, Zé Roberto, de grande atuação, entrou na área e passou para Kaká chutar forte para boa defesa de Villar. No rebote, Da Silva salvou na pequena área. Aos 20, Kaká passou para Adriano chutar na rede pelo lado de fora. Aos 26min45seg, a defesa paraguaia cortou mal e a bola sobrou para Adriano chutar no rosto do goleiro. Aos 31min15seg, Ronaldinho Gaúcho deu grande passe para Roberto Carlos cruzar e o zagueiro cortar com a mão: pênalti. Na cobrança, Ronaldinho Gaúcho chutou no canto: 1 a 0, aos 32min10seg.

O Brasil seguiu em cima dos paraguaios e chegou ao segundo gol em novo pênalti. Desta vez, Robinho entrou na área a ?pedaladas?, o seu drible característico, e foi derrubado por Da Silva. Ronaldinho cobrou no ângulo e marcou o segundo gol, aos 41min45seg.


Robinho desequilibrou a partida e marcou um gol

No segundo tempo, o Brasil deu um espetáculo. Dribles fantásticos de Roberto Carlos, Kaká, Zé Roberto, Robinho e Ronaldinho Gaúcho levaram os torcedores gaúchos à loucura. Além disso, mais dois gols brasileiros. Aos 25min, Zé Roberto, de fora da área, chutou no ângulo e marcou um golaço. Aos 27min30seg, os paraguaios responderam com um gol de cabeça de Santa Cruz. Aos 33min50seg, o zagueiro Lúcio foi expulso. Aos 37, Robinho recebeu passe, entrou na área e chutou por entre as pernas do goleiro: 4 a 1. E a festa brasileira e gaúcha estava garantida.

Brasil (4): Dida; Beletti, Lúcio, Roque Júnior e Roberto Carlos; Emerson (Gilberto Silva), Zé Roberto, Kaká e Ronaldinho Gaúcho; Robinho (Juan) e Adriano (Ricardo Oliveira). Técnico: Carlos Alberto Parreira.

Paraguai (1): Villar; Caniza, Gamarra, Manzur e Da Silva; Bonet (Barreto), Ortiz, Paredes e Torres; Santa Cruz e Cabañas (Cuevas). Técnico: Anibal Ruiz.

Gols: Ronaldinho Gaúcho (2, B), aos 31min15seg e aos 41min45seg do primeiro tempo, Zé Roberto (B), aos 25min do segundo tempo, Santa Cruz (P), aos 27min30seg do segundo tempo, Robinho, aos 37min do segundo tempo. Cartões amarelos: Lúcio, Beletti, Roque Júnior (B), Paredes, Manzur (P). Expulsão: Lúcio (B). Arbitragem: Martin Vasquez (URU), auxiliado por Fernando Cresci (URU) e Marcelo Costa (URU). Local: Estádio Beira-Rio.

Fotos/jogo: Nilton Santos/CBF