1º/04/2009
Brasil vence Peru no Beira-Rio

Em uma noite de festa no Beira-Rio, o Brasil venceu o Peru por 3 a 0, nesta quarta-feira, em jogo válido pela 12ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo. Luís Fabiano (2) e Felipe Melo marcaram os gols. Com o resultado, a seleção do técnico Dunga assumiu a vice-liderança, com 21 pontos.

Kaká (E) comemora com Luiz Fabiano: Brasil fez 3 a 0 no Peru

A partida foi especial para todos os colorados porque faz parte das comemorações do Centenário do Clube, que será celebrado no próximo sábado. O jogo também foi especial para o Inter também porque teve um jogador entre os 11 jogadores que começaram a partida: o lateral Kléber, que, por sinal, completou 29 anos na noite desta quarta.

Além de Kléber (foto ao lado), vários personagens da Seleção têm raízes no Inter. O técnico Dunga começou e encerrou a sua carreira de jogador pelo Inter. O preparador físico Paulo Paixão fez parte da comissão técnica do Inter nas conquistas da Libertadores e do Mundial, em 2006. Já o zagueiro Lúcio e o atacante Alexandre Pato igualmente tiveram passagens brilhantes pelo Inter e começaram suas carreiras no Beira-Rio. Pato, por sinal, atuaram pela primeira vez no Beira-Rio, desde que saiu do Clube há quase dois anos.

Curiosamente, Brasil x Peru fez parte dos festejos de inauguração do Beira-Rio, em 1969. Na ocasião, o Brasil, de Pelé, venceu por 2 a 1, gols de Jairzinho e Gerson. O jogo marcou também a inauguração do sistema de iluminação do estádio.

O Beira-Rio esteve impecável para a partida. Várias faixas em verde e amarelo estavam espalhadas pelas coberturas de concreto do Beira-Rio dos dois lados. Além disso, uma nova pintura nas muretas da arquibancada inferior pôde ser vista pela primeira vez pelo público e pelos telespectadores. Nele estava escrito "100 anos de glórias, Campeão do Mundo, S.C. Internacional, World Champions". Outra novidade no Beira-Rio foi a reinauguração do placar eletrônico. O novo sistema garante imagens como se fosse cinema, nos moldes dos principais placares do mundo.

O jogo foi transmitido para cerca de 180 países, garantindo imagens do Beira-Rio para todos os continentes. Uma exposição e tanto do maior estádio do Sul do País. Mais de uma hora antes da partida, milhares de colorados gritaram o tradicional Vamo, vamo, Inteeeeeeer".

A partida serviu também como aperitivo do clima de Copa do Mundo. O Beira-Rio é o estádio escolhido pela Fifa para ser sede do Mundial de 2014, caso Porto Alegre seja uma das 12 cidades brasileiras eleitas. A decisão sai no final do mês de maio.

O jogo

A primeira investida do Brasil foi pela esquerda com Kaká dando bom passe a Kléber, logo a 1min. O lateral colorado cruzou para a área, mas a zaga conseguiu afastar. Na sequencia do lance, Daniel Alves arriscou de fora da área, mas a bola subiu demais. Aos 3min, Rainer Torres fez boa tabela, recebeu na intermediária e chutou por cima. Um minuto depois, Kaká deu ótimo passe para Luís Fabiano, que entrou na área e fez o gol, mas o juiz anulou o lance por impedimento. O atacante brasileiro estava em posição irregular, de fato.

Aos 7min, o Peru atacou com perigo. Garcia recebeu na entrada da área, mas não conseguiu matar a bola. O Brasil respondeu forte no minuto seguinte: Luís Fabiano recebeu na área e chutou rasteiro. A bola atravessou toda a pequena área. Aos 10min, Lúcio fez grande jogada, roubando a bola na entrada da área do Brasil, arrancando em grande velocidade até a intermediária do Peru e tocando em Elano. O meia cruzou, mas a defesa conseguiu afastar. Aos 12min, saiu Luizão, lesionado, para a entrada de Miranda.

Aos 16min, Kaká sofreu pênalti. Daniel Alves deu belo passe para Kaká, que passou pelo zagueiro e foi derrrubado por Zambrano. Pênalti muito bem marcado. Luís Fabiano cobrou e marcou o gol do Brasil!

Aos 20min,  Robinho recebeu na intermediária, pela esquerda, avançou em velocidade, pedalou, passou pelo marcador, entrou na área e chutou por cima, com perigo. Aos 21min, Daniel Alves fez boa jogada pela direita e cruzou para a zaga afastar para escanteio. Boa iniciativa do lateral.


Luís Fabiano marcou duas vezes contra o Peru

Depois do gol, o Peru saiu de trás e procurou pressionar em busca do empate. O Brasil buscava o contra-ataque. Aos 26min, Luís Fabiano fez jogada de grande categoria. Matou a bola no meio-campo no peito, girou e avançou pelo meio. Deu belo passe para Robinho, que entrou na área, mas o juiz parou a jogada alegando impedimento.

Aos 27min, Elano deu lindo lançamento para Luiz Fabiano, na área. O atacante matou no peito e chutou no canto: 2 a 0. Dois do centroavante. Foi o sexto gol de Luís Fabiano nas Eliminatórias. Ele é o artilheiro da Seleção na competição.

Aos 31min, Robinho foi lançado pela direita, entrou na área e cruzou rasteiro para Luís Fabiano, mas a bola não alcançou o centroavante. Depois do gol, o ritmo caiu um pouco. Aos 37min, Elano cruzou da direita para Kaká chutar de primeira, em um bonito lance. A bola porém subiu demais. Aos 38min, o Brasil pressionou em dois lances consecutivos. No primeiro, Daniel Alves cruzou e a zaga afastou de cabeça. Em seguida, a bola sobrou para Elano chutar no corpo do zagueiro. Aos 39min, Kléber recebeu na esquerda e cruzou para Kaká, mas a defesa conseguiu cortar de cabeça.

A rorcida gritava o nome de Alexandre Pato, que estava no banco de reservas. Aos 45min, Daniel Alves tabelou com Robinho, que entrou na área e chutou para defesa salvador de Butron. Aos 46min, Elano chutou forte para outra defesa de Butron.

Se a Seleção não foi brilhante, foi eficiente no primeiro tempo. Criou mais e chegou aos gols com Luís Fabiano, artilheiro do Brasil nas Eliminatórias, com seis. O lateral Kléber, do Inter, teve uma atuação segura, marcando bem e chegando à frente buscando os cruzamentos. Destaque para Daniel Alves, aque apareceu muito bem no apoio.

As duas seleções voltaram com os mesmos times para a etapa final. Aos 5min, Felipe Mello arriscou da intermediária, mas a bola subiu demais. Aps 9min, o Brasil fez boa troca de passes até que Robinho caiu na área, pedindo o pênalti, mas o juiz não deu. Aos 10min, Kaká deu grande lançamento para Kléber cruzar até Elano cair, pedindo pênalti. No rebote, Robinho passou pelo marcador e chutou rasteiro para fora.


Alexandre Pato (E) entrou no segundo tempo para a alegria da torcida no Beira-Rio

A partida estava morna. Aos 15min, Elano cruzou da direita e Luís Fabiano cabeceou com muito estilo para ótima defesa de Butron. Aos 19min, Felipe Melo fez grande jogada, ganhou do adversário na raça, avançou até a área e chutou forte para marcar o mais belo gol da partida. Foi o primeiro gol do volante com a camisa do Brasil.

Aos 21min, Ramires deu um chutão da intermediária e acertou o travessão, quase marcando um golaço. Júlio Cesar ainda conseguiu fazer grande defesa, antes de a bola tocar no travessão. Aos 24min, Kléber deu belo lançamento para Elano, que chutou de fora da área e Butron defendeu.

Aos 25min, uma mudança em cada time. Saiu Solano para a entrada de Carlos Fernandez, no Peru, e Robinho deixou o campo para a entrada de Alexandre Pato, no Brasil. Aos 29min, Kaká fez boa jogada e tocou para Alexandre Pato, que entrou na área, passou pelo marcador e cruzou para defesa de Butron. Aos 31min, Lúcio fez jogada de habilidade, driblando o atacante e afastando da área. A torcida gritou o nome do zagueiro. Aos 32min, saiu Elano e entrou Ronaldinho.

Aos 38min, Ronaldinho cobrou falta para a área e Butron fez boa defesa para escanteio. Aos 40min, Pato foi lançado em velocidade, Butron saiu e tocou com a mão fora da área, levando o amarelo. Ronaldinho cobrou falta e Butron defendeu bem. Foi o último lance expressivo da partida. Vitória brasileira por 3 a 0. Show de fogos e aplausos no final.

"Deu para aguentar os 90 minutos. Estou de volta", disse Kaká, que vinha de lesão.

"O mais importante é que mudando peças o time consegue manter o desempenho", avaliou Daniel Alves.

Brasil (3): Júlio César; Daniel Alves, Lúcio, Luizão (Miranda) e Kléber; Gilberto Silva, Felipe Melo, Elano (Ronaldinho) e Kaká; Robinho (Alexandre Pato) e Luís Fabiano. Técnico: Dunga.

Peru (0): Butron; Prado, Zambrano, Rodriguez e Vilchis; Rainer Torres, Solano (Carlos Fernandez), Larossa, Ramires (Alva) e Pedro Garcia (Sanchez); Fano. Técnico: José Del Solar.

Gols: Luís Fabiano (2, B), aos 17min do primeiro tempo e aos 27min do primeiro tempo, Felipe Melo (B), aos 19min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Solano, Butron (P).

Arbitragem: Sergio Pezzotta, auxiliado por Gustavo Esquivel e Diego Romero (trio argentino).

Local: Beira-Rio, Porto Alegre.