29/06/2008

Brasileirão: empate no Olímpico com prejuízo da arbitragem

O Internacional empatou em 1 a 1 com Grêmio na noite deste domingo, no Estádio Olímpico, em jogo válido pela oitava rodada do Brasileirão. Índio abriu o placar aos 15min do primeiro tempo. O Grêmio chegou ao empate através de um pênalti duvidoso marcado aos 32min da etapa final.


Índio (C) marcou o gol do Inter no Olímpico: time colorado foi prejudicado pela arbitragem

O Inter chegou ao Estádio Olímpico por volta das 16h45min em clima de muita mobilização e concentração. Os torcedores gremistas que se posicionaram próximo à entrada do ônibus vaiaram bastante a delegação colorada, mas os jogadores pouco ligaram.

O aquecimento foi realizado dentro do vestiário mesmo, já que está acontecendo uma preliminar no gramado principal entre Esportivo e Grêmio, da categoria infanto.

Às 17h30min saiu a escalação oficial do Inter com uma surpresa. O garoto Taison, de boa atuação na partida contra o Vitória, foi confirmado na equipe titular. Com isso, o Inter foi a campo com Renan; Ricardo Lopes, Índio, Sorondo e Marcão; Edinho, Guiñazu, Guiñazu e Alex; Taison e Nilmar.

Por volta das 17h35min, os goleiros Renan e Clemer foram para atrás de uma das goleiras para fazer o aquecimento. A torcida colorada aplaudiu bastante e gritou o nome dos goleiros.

O Grêmio foi escalado com Vítor; Léo, Pereira e Rever; Paulo Sérgio, Eduardo Costa, William Magrão, Roger e Hélder; Perea e Marcel.

O Inter entrou em em campo com o técnico Tite cumprimentando cada atleta na saída do túnel.

A torcida colorada fez uma bonita festa pra os jogadores. Com sinalizadores vermelhos, os torcedores deram um colorido vermelho no Estádio Olímpico.

No time colorado, alguns retornos, além da entrada de Taison. O goleiro Renan, que não atuou em Salvador por estar na seleção olímpica, está de volta. Na defesa, o zagueiro uruguaio Sorondo também foi confirmado depois de se recuperar de lesão no joelho.

O jogo

O Gre-Nal começou com muita marcação dos dois times. As jogadas eram disputadas com intensidade, o que dificultava a ação dos dois ataques. A primeira chegada colorada surgiu aos 6min com um chute de Taison de fora da área, que desviou na zaga e saiu ao lado do gol, com perigo.

Os jogadores mais ofensivos do Grêmio, como Marcelo, Roger e Perea, eram vigiados pelo sistema defensivo colorado. Taison e Nilmar buscavam superar a marcação adversária com velocidade pelos lados do campo.

Aos 15min30seg, o Inter abriu o placar. Alex cobrou falta da esquerda, Marcão desviou de cabeça, Nilmar quase alcançou na pequena área, mas a bola sobrou para Índio cabecear no cantinho para marcar 1 a 0. Festa colorada no Olímpico!!!! Na comemoração, todos os jogadores se abraçaram no meio do campo!!!


Jogadores comemoram após o gol: Inter largou na frente no clássico

Um minuto depois o Grêmio tentou reagir com um chute de Perea de fora da área ao lado, com perigo. Aos 18min30seg, Marcel arriscou cobrança de falta da intermediária e a bola foi por cima.

Os primeiros minutos foram de domínio colorado. Com muita marcação, impedia a pressão do time da casa. No contra-ataque, procurava surpreender com Taison, caindo nas costas do ala-direito Paulo Sérgio. O garoto mostrava personalidade e habilidade e deixava preocupado o Grêmio.

Sem conseguir penetrar na defesa colorada, o Grêmio começou a chutar de longe. Como foi aos 23min30seg com Rever arriscando da intermediária muito alto. O Grêmio buscava também levantar bolas para a área, onde Renan estava bem nas saídas de gol.

Aos 33min30seg, Magrão fez boa jogada pela esquerda, foi à linha de fundo e cruzou na medida para Nilmar. O atacante matou no peito, passou por um, mas quando foi chutar foi bloqueado por um zagueiro que se atirou nos seus pés.

Aos 34min40seg, Nilmar deu grande passe para Taison na área, mas o juiz anulou o lance por impedimento. O Grêmio respondeu com jogada de William Magrão, aos 37min, que passou por um marcador e chutou rasteiro ao lado do gol.

Aos 39min25seg, Taison passou com facilidade por Paulo Sérgio, foi à linha de fundo, entrou na área e cruzou para defesa de Vitor. Aos 40min, foi a vez de Roger cruzar da esquerda e Renan afastar da área em boa defesa.


Taison levou perigo à defesa gremista enquanto esteve em campo

No meio-campo, a boa marcação do trio de volantes Edinho, Magrão e Guiñazu anestesiava a maioria das iniciativas do Grêmio. A marcação se concentrava no meio-campo e no ataque, deixando ao time da casa apenas a saída de bola com os zagueiros, principalmente Pereira, que ficou boa parte do primeiro tempo sem saber o que fazer com a bola.

Aos 44min40seg, o Inter fez boa jogada pela esquerda e a zaga afastou para a entrada da área, onde Alex chutou de primeira para defesa de Vitor.

Foi a última jogada importante do primeiro tempo.

A vitória parcial no primeiro tempo foi justa para o Inter. O time teve as melhores chances e conseguiu defender bem quando foi acossado. Destaque para Taison, que se movimentava bem pela esquerda e criava jogadas para o time colorado.

Os dois times voltaram com as mesmas formações para a etapa final.

Aos 3min, em jogada de velocidade, quase o segundo gol colorado. Nilmar lançou para Taison, que entrou na área e deu grande toque para Alex chutar no cantinho. Vitor se esticou todo e fez grande defesa salvadora para escanteio.

O início do segundo tempo parecia repetir a primeira etapa. O Grêmio tentava furar o bom bloqueio colorado. O Inter, por sua vez, levava perigo nos contra-ataques puxados em velocidade por Nilmar e Taison.

Aos 10min, Paulo Sérgio recebeu na lateral-direita, avançou e chutou forte para fora, ao lado do gol.

O Grêmio tentava pressionar, mas o Inter segurava bem, com destaque para Sorondo, na cobertura e na bola aérea. Aos 12min, Alex cobrou escanteio e Índio cabeceou para defesa de Vitor.

Aos 13min, Nilmar fez jogada sensacional. Pegou uma bola na linha de fundo, deu uma janelinha no zagueiro do Grêmio e cruzou para Alex. O meia, por pouco, não alcançou na pequena área. Aos 14min, saiu Taison, de boa atuação, lesionado, para a entrada de Ramon no Inter. Foi a primeira mudança da partida.

Aos 16min25seg, Alex fez jogada sensacional, passou por vários marcadores, entrou na área e chutou forte. A bola tocou na trave e saiu. Quase o segundo gol colorado! Aos 19min, o Grêmio tentou pressionar com três escanteios consecutivos, mas a defesa colorada segurou bem a bola aérea.

Aos 20min, o técnico Celso Roth fez duas modificações. Retirou William Magrão e Léo e colocou Rodrigo Mendes e Rafael Carioca. Aos 23min, Rodrigo Mendes pegou rebote de fora da área, mas chutou longe do gol, ao lado.

Aos 23min30seg, mais uma vez o Inter chegou forte. Em contra-ataque rápido, Nilmar entrou pelo meio e deu grande passe para Ramon chutou forte no travessão. Aos 25min, o Inter foi prejudicado pela arbitragem. Alex cobrou falta para a área e Rodrigo Mendes puxou a camisa de Nilmar na área: pênalti não marcado pelo mineiro Alício Pena Júnior. Aos 27min30seg, a bola foi cruzada para a área, Marcel desviou de cabeça para Perea cabecear e fazer o gol em completo impedimento. Desta vez o juiz agiu bem e anulou o lance corretamente.

As mudanças deixaram o time da casa mais ofensivo, mas também expôs mais a equipe para o contra-ataque colorado.

Aos 33min, o juiz aprontou mais uma vez. Renan saiu do gol e agarrou a bola e foi fazer o que todos os goleiros do mundo fazem: se proteger do choque com a perna. O juiz marcou o pênalti e ainda expulsou Renan.

Aos 36min30seg, saiu Ricardo Lopes para a entrada de Clemer, que tinha de cara um pênalti.

Aos 37min30seg, Roger cobrou com paradinha e empatou o Gre-Nal com a ajuda da arbitragem.

Aos 43min, o Grêmio fez a sua última substituição. Entrou Soares no lugar de Marcel. Aos 43min10seg, Rodrigo Mendes chutou forte de fora da área, Clemer defendeu parcialmente e Perea pegou o rebote para chutar e Clemer defender novamente. Mas o lance estava parado por impedimento.

Aos 49min, Nilmar recebeu na área, tentou desviar do goleiro Vitor, que salvou o Grêmio da derrota com grande defesa.

Final de jogo: empate em 1 a 1. Com o resultado, o Inter ficou na 14ª colocação com 8 pontos. No próximo domingo (6/7), o time colorado enfrenta o Coritiba no Beira-Rio.

?Renan botou o pé sem querer?, disse Rodrigo Mendes, depois do jogo, em entrevista às emissoras de rádio.

"Jogamos muito melhor e criamos muito mais oportunidades de gol. A arbitragem foi decisiva no placar, pois todos os goleiros fazem este movimento e nunca é marcado pênalti. Mas o time está de parabéns. Esta partida mostrou um Inter bastante organizado e ainda irá melhorar mais", concluiu o assessor de futebol, Fernando Carvalho.

"Nunca vi marcar um pênalti assim. Tínhamos os três pontos na mão, chutamos na trave, na forquilha, mas, enfim, conseguimos um ponto fora de casa. Agora vamos buscar crescer na tabela (de classificação) com dois jogos em casa (os próximos)", afirmou o presidente Vitorio Piffero.

"O time fez um bom jogo. Foi equilibrado e buscou jogar dentro do campo adversário. Prefiro não polemizar sobre o lance que envolveu a arbitragem. O importante é que o grupo mantenha a mobilização apresentada hoje nas próximas partidas. Vamos trabalhar forte nesta reestruturação do time", avaliou o técnico Tite.

"Pena porque o time tava ganhando, mas conseguimos um empate fora de casa", disse Guiñazu.

"Infelizmente empatamos o jogo, mas tínhamos tudo para conseguir a vitória", avaliou Nilmar.

"O Renan saiu se protegendo, é normal, e o árbitro foi um pouco rigoroso demais. O time se comportou muito bem no primeiro tempo e em parte do segundo. Paciência, agora vamos pensar em vencer o próximo jogo", afirmou o capitão Edinho.

"Não era para acontecer isso. Porém não saímos com uma vitória por detalhe, criamos mais chances que o Grêmio", falou Clemer.

>> Veja fotos exclusivas do clássico!

Grêmio (1): Vítor; Léo (Rodrigo Mendes), Pereira e Rever; Paulo Sérgio, Eduardo Costa, William Magrão (Rafael Carioca), Roger e Hélder; Perea e Marcel. Técnico: Celso Roth

Internacional (1): Renan; Ricardo Lopes (Clemer), Índio, Sorondo e Marcão; Edinho, Guiñazu, Guiñazu e Alex; Taison (Ramon) e Nilmar. Técnico: Tite.

Gols: Índio (I), aos 15min do primeiro tempo, Roger (G), de pênalti, aos 37min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Sorondo, Ricardo Lopes, Magrão, Índio (I); Eduardo Costa, Pereira, Léo (G). Expulsão: Renan (I).

Arbitragem: Alício Pena Júnior (MG), auxiliado por Alessandro de Matos (BA) e Marcelo Barison (RS).

Público: 42.888. Renda: R$ 960.357,00. Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre.

Cobertura:

Alexandre Corrêa (texto e vídeo)
Alexandre Lops (fotos e edição de vídeo)
Felipe Silveira (edição geral)

>> Tabela de jogos do Brasileirão


Outras notícias
Loja Virtual