14/06/2008

Brasileirão: Inter vence Botafogo

O Internacional venceu o Botafogo por 2 a 1, no Beira-Rio, em jogo válido pela sexta rodada do Brasileirão. Os gols foram de Edinho, de fora da área, o capitão do time na partida, e de Adriano. O confronto marcou a estréia de Tite no comando técnico da equipe colorada. 

Antes do jogo, o time colorado sofreu uma modificação. Pela manhã, o capitão Fernandão se despediu do Inter. O jogador aceitou proposta de um clube do Catar e se desligou do clube colorado, depois de quatro anos brilhantes no Beira-Rio. Fernandão ainda ficou com o grupo até a hora da partida para dar força aos companheiros em busca da vitória sobre o Botafogo.

A tarde era de novidades. Marcava a estréia do técnico Tite no comando da equipe. Além disso, a equipe não podia contar com Alex, expulso na última partida, e Nilmar, poupado para evitar uma lesão muscular. Era o momento então de Adriano e Gil no ataque, que receberam uma oportunidade. A tarde era perfeita para o futebol. Sol e temperatura amena. A expectativa era de um bom jogo. O time colorado buscava a segunda vitória no Brasileirão.

Inter em campo!!! Time colorado entrou com o uniforme número 1: camisas vermelhas e meias e calções brancos. Fernandão deu um bonito recado ao time antes da equipe entrar em campo. Os jogadores se emocionaram com as palavras do capitão.


Edinho marcou seu quinto gol pelo Inter e festejou muito com companheiros

Começou a partida com o Inter tendo a saída de bola. O Inter tocava a bola de primeira, movimentando-se em busca de espaços. O Botafogo ficou mais posicionado atrás, marcando e esperando. Logo aos 3min, Andrezinho cobrou falta da esquerda, a bola desviou na barreira e sobrou para Gil cabecear ao lado do gol com perigo. A primeira chegada forte do Inter.

Aos 5min, Gil fez grande jogada pela esquerda, passando por três, entrando na área até a zaga afastar para escanteio. Um minuto depois, Edinho recebeu na intermediária, ajeitou a bola e chutou no ângulo. Um golaço!!! Todos os jogadores correram em direção ao banco de reservas e se abraçaram. Tite juntou-se ao bolo. Festa colorada no Beira-Rio. Foi o primeiro gol de Edinho na temporada.

Jogada ensaiada do Botafogo aos 9min. Lúcio Flávio tocou para Wellington Paulista que passou até Zé Carlos, livre na área. Quando o lateral foi concluir, Edinho deu carrinho salvador e afastou pra escanteio. Aos 10min, depois de cruzamento para a área, a bola ficou na pequena área até Ricardo Lopes afastar com um chutão para escanteio. Aos 13min, saiu Zé Carlos e entrou Eduardo, no Botafogo.

Depois do gol colorado, o Botafogo tentou pressionar com cruzamentos perigosos para a área. O Inter buscou se defender e sair no contra-ataque. Aos 17min, Ricardo Lopes cruzou da direita e a bola sobrou para Adriano, quase na linha de fundo. O atacante chutou forte e rasteiro e supreendeu o goleiro Renan. Um belo gol de Adriano. Inter 2 a 0. Foi o primeiro gol de Adriano no Brasileirão e o sexto na temporada.


Adriano (no detalhe à dir.) está marcando o segundo gol sobre o Botafogo

Aos 22min, Lúcio Flávio cobrou falta com muito perigo. A bola passou a centímetros da trave. O Inter marcava forte e todos participavam do processo de marcação. Até os atacantes Gil e Adriano ajudavam a combater os avanços do Botafogo. Aos 24min, em nova jogada ensaiada do Botafogo, Lúcio Flávio cobrou falta para Edson cabecear até Renato Silva, mas a zaga salvou para escanteio. 26min: Túlio fez boa jogada pela direita, na intermediária, e chutou para boa defesa de Renan para escanteio.


Adriano beija a camisa colorada ao marcar seu primeiro gol no Brasileirão

Boa jogada de Adriano pela direita aos 27min. Ele passou por dois jogadores, tabelou e tocou em Gil. Na seqüência da jogada, Marcão tentou cruzar, mas a bola foi muito forte. Aos 29min, depois de uma bela seqüência de toques envolvendo vários jogadores, a bola foi até Magrão que chutou de fora da área e o goleiro Renan defendeu. A torcida aplaudiu a boa troca de passes.

O time estava ligado. Geninho foi dar uma instrução para Wellington Paulista na beira do campo. E lá foi Ricardo Lopes escutar o que era. Aos 31min, Magrão fez jogada de raça na linha de fundo, ganhando do adversário de carrinho e cruzando para a zaga afastar na pequena área.

O Inter marcava bem e impedia o Botafogo de se aproximar da área. Além disso, tinha saída em velocidade com Adriano, Gil e Andrezinho. Aos 37min, Marcão deu bom lançamento para Adriano na direita. O atacante partiu para cima da defesa carioca e deu bom passe para Andrezinho na área. O meia tentou chutar, mas a bola tocou no corpo do zagueiro.

Adriano se destacava pela velocidade e dribles. A defesa do Botafogo se revezava nas faltas cometidas sobre o atacante. Aos 41min, Edinho deu grande passe para Magrão na área. O volante tentou encobrir o goleiro, mas pegou mal na bola e Renan defendeu. Aos 43min, grande contra-ataque do Inter. Andrezinho partiu em velocidade pelo meio e achou Adriano na esquerda. O atacante avançou até a área, deu um corte no zagueiro e concluiu por cima, com perigo. A torcida aplaudiu muito a bonita jogada.


Gil, junto de Adriano no ataque, fugindo da marcação em velocidade

Aos 47min, Vanderlei tocou para Lúcio Flávio chutar de primeira ao lado do gol. Fim do primeiro tempo. Vitória colorada por 2 a 0. O juiz Sálvio Spinola foi muito vaiado pela torcida colorada na saída de campo.

"Graças a Deus fui abençoado hoje e fiz este bonito gol", afirmou Edinho na saída de campo.
"O espírito do grupo está maravilhoso", elogiou Andrezinho.
"O lance do gol foi algo que acreditei. De onde eu chutei poucos chutariam. Quem não arrisca não faz o gol", disse Adriano.

No intervalo, o técnico Tite retirou Andrezinho e colocou Orozco para recompor a defesa. No Botafogo, saiu Diguinho e entrou Túlio Souza. Inter de volta ao campo. O segundo tempo começou com o Botafogo tentando tocar a bola, enquanto o Inter, com um jogador a menos, ficava posicionado no campo de defesa.

Aos 9min, Ricardo Lopes foi à linha de fundo e cruzou para boa saída de gol de Renan. Quando tinha a bola, o Inter procurava trocar passes e chegar ao contra-ataque em velocidade com Gil e Adriano. Aos 15min, o Inter controlava bem a partida. Nos primeiros 15 minutos, o time colorado não havia sofrido nenhum lance de perigo.


Técnico Tite gesticulou e orientou bastante à beira do gramado

Na beira do gramado, Tite gesticulava e gritava com o time para o posicionamento em campo. O Inter segurava bem a bola no ataque, principalmente com Adriano, de muito boa atuação. Aos 23min, Lúcio Flávio arriscou de fora da área para grande defesa de Renan para escanteio.

Aos 25min, Ricardo Lopes fez jogada sensacional pela direita, arrancou do campo colorado em velocidade, passou por vários jogadores e foi à linha de fundo cruzar. A bola roçou na zaga e foi na rede pelo lado de fora para escanteio. O Botafogo tentava cruzar para a área a todo o momento em lances de bola parada e escanteio, mas Renan estava bem nas saídas de gol, ao mesmo tempo que a defesa estava bem posicionada.


Renan (parcialmente encoberto por Orozco) faz defesa espetacular após forte cabeceio adversário

Milagre!!!! Aos 34min, após falta cobrada por Lúcio Flávio, Vanderlei cabeceou forte e Renan fez defesa sensacional, de puro reflexo, em cima da linha. Passado um minuto, Lúcio Flávio chutou forte no travessão. No rebote, Vanderlei cabeceou para marcar o gol, mas o juiz anulou corretamente o lance por impedimento.

Aos 37min, saiu Gil para a entrada de Ramon no Inter. Aos 42min, Adriano, muito aplaudido pelo torcedor, deu lugar para a entrada de Guto, no Inter. Ramon entrou bem na equipe, conseguindo segurar a bola pelo lado esquerdo do ataque e ajudando na armação e marcação.


Ricardo Lopes fez boa partida e quase marcou um golaço no final do jogo

Aos 46min, quase o terceiro!!! Ricardo Lopes recebeu no bico da área e chutou forte. A bola passou ao lado do gol com perigo. Aos 48min, Lúcio Flávio cobrou falta do bico da área e Alessandro cabeceou no cantinho para descontar para o Botafogo. Não havia tempo para mais nada. Final de partida. Vitória colorada por 2 a 1 na base da garra e da raça!!!

"Valeu o espírito da equipe. Vai ajudar a dar moral novamente para o grupo", afirmou Ricardo Lopes.

"Tivemos espírito de luta", elogiou Magrão.

"Todo mundo pensava que era só mais uma partida. Mas pra nós era uma final de campeonato. O professor Tite nos deu muita confiança. Lutamos ao máximo para dar esta vitória para o Fernandão, um cara sensacional que sempre me deu apoio", contou Adriano.

Internacional (2): Renan; Ricardo Lopes, Índio, Sidnei e Marcão; Edinho, Magrão, Guiñazu e Andrezinho (Orozco); Adriano (Guto) e Gil (Ramon). Técnico: Tite.

Botafogo (1): Renan; Alessandro, Renato Silva, Edson e Zé Carlos (Eduardo, Fábio); Túlio, Leandro Guerreiro, Diguinho (Túlio Souza) e Lúcio Flávio; Wellington Paulista e Vanderlei. Técnico: Geninho.

Gols: Edinho (I), aos seis minutos do primeiro tempo, Adriano (I), aos 17min do primeiro tempo, e Alessandro (B), aos 48min do segundo tempo. Cartões amarelos: Sidnei , Guiñazu, Ricardo Lopes, Magrão (I), Diguinho, Leandro Guerreiro, Alessandro (B). Expulsão: Sidnei (I). Público: 20.694 (17.650 pagantes). Renda: R$ 248.004,00. Local: estádio Beira-Rio.

>> Tite começa com vitória
>> Vídeo: melhores momentos de Inter 2x1 Botafogo


Outras notícias
Loja Virtual