14/05/2008

DERROTA NO RECIFE

O Internacional foi derrotado por 3 a 1 pelo Sport na noite desta quarta-feira na Ilha do Retiro, no Recife-PE, e não conseguiu a classificação à próxima fase da Copa do Brasil. Agora, o time colorado volta a sua atenção para a disputa do Brasileirão. No próximo domingo enfrenta o Palmeiras em São Paulo.

O time colorado chegou à Ilha do Retiro em busca da vaga às semifinais da Copa do Brasil. O regulamento previa que empate ou derrota por um gol, desde que marcasse gol, daria a classificação ao Inter. Derrota por 1 a 0 levaria a decisão para os pênaltis.

Sem poder contar com Magrão, lesionado, e Índio e Marcão, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, o técnico Abel Braga definiu na zaga Sidnei e Titi e não anunciou o substituto do meio-campista. Andrezinho, Jonas e Ji-Paraná eram as principais opções.

O gramado da Ilha da Retiro estava um pouco pesado devido às chuvas que caíram sobre Recife ao longo do dia. Fora do campo, o estádio enchia rapidamente. A torcida colorada também esteve presente com força: cerca de 500 colorados ocuparam seu espaço.

Por volta das 21h, o Sport foi anunciado com Magrão; Luizinho Neto, Igor, Durval e Dutra; Fábio Gomes, Sandro Goiano, Luciano Henrique e Carlinhos Bala; Enilton e Leandro Machado.

A Ilha do Retiro enchia rapidamente. Cerca de 40 minutos antes do jogo, aproximadamente 80% do estádio estava preenchido.

O time colorado que começa a partida foi divulgado por volta das 21h20min. O técnico Abel Braga escalou Clemer; Sidnei, Orozco e Titi; Bustos, Danny Morais, Jonas, Alex e Guiñazu; Fernandão e Nilmar.

O Inter vai entrar em campo de branco. Será o mesmo uniforme da conquista do Mundial Fifa, da Copa Dubai e do Gauchão. Às 21h25min, os goleiros Clemer e Renan foram para o aquecimento. ?A torcida só joga fora do campo. Dentro do campo, é com nós jogadores.?, disse Clemer, sob vaias da torcida do Sport.

O time colorado entrou no gramado às 21h45min todo de branco.

?O fundamental é ter seriedade no contra-ataque e não dar o contra-ataque para o adversário. Temos que estar bem posicionados?, afirmou o técnico Abel Braga, na entrada do campo.

Antes da partida, o Hino Nacional Brasileiro foi tocado com os dois times perfilados no gramado.

O jogo

O time colorado começou atacando pela esquerda. Aos 40 segundos, Alex foi à linha de fundo e cruzou para Dutra afastar com um chutão.

Aos 3min, porém, o Sport abriu o placar. Luizinho Neto cobrou escanteio e Leandro Machado cabeceou para fazer 1 a 0.

Aos 5min30seg, Enilton recebeu na área, girou e cruzou para defesa de Clemer.

Aos 6min40seg, Nilmar recebeu na entrada da área, deu um chapéu no marcador e  concluiu em um zagueiro para escanteio.

Aos 8min40seg, o Inter quase chegou ao empate. Nilmar deu grande passe para Alex, na área, mas quando o meia iria marcar, o goleiro Magrão salvou com grande saída do gol.


Sidnei em ação contra o Sport

Aos 10min15seg, o time colorado chegou forte mais uma vez. Alex avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Nilmar. Luizinho Neto tentou afastar de carrinho e chutou na trave, quase marcando gol contra.

Depois do susto inicial, o Inter passou a pressionar em busca do empate.

Aos 14min30seg, Dutra tentou de fora da área e a bola foi por cima do gol de Clemer.

Aos 21min10seg, o Inter respondeu forte com bom cruzamento de Alex para cabeçada de Nilmar ao lado do gol, com perigo. O juiz, porém, anulou o lance por impedimento.

Aos 27min40seg, Alex recebeu na intermediária, girou e foi derrubado claramente pelo adversário. O juiz, porém, nada marcou. Aos 28min10seg, Nilmar avançou pela esquerda, entrou na área, passou pelo marcador e chutou cruzado muito próximo da trave. Quase o gol de empate!


Sidnei (E) comemora com Alex o gol de empate

O Inter era melhor e merecia pelo menos a igualdade. E ele chegou aos 29min30seg. O zagueiro Sidnei, em grande jogada, avançou pela direita e cruzou. A bola sobrou para Alex tocar de cabeça de novo para Sidnei. O zagueiro protegeu a bola e girou bonito para marcar um golaço. Foi o segundo gol do zagueirão colorado com a camisa colorada.

Com o gol de empate colorado, o Sport era obrigado a marcar mais dois gols para se classificar. A Ilha do Retiro ficou em silêncio, apreensiva.

Aos 34min30seg, um susto. Leandro Machado, caído, tocou a bola para Sandro Goiano. O volante chutou rasteiro ao lado do gol.

O Sport tentava pressionar, mas o Inter estava bem posicionado na marcação. A rigor, as chances pernambucanas só saíam em lances de bola parada com as cobranças de falta e escanteio perigosas de Luizinho Neto.

Já o Inter seguia ameaçando. Aos 39min30seg, Bustos cruzou da direita e Danny Morais cabeceou por cima. Trinta segundos depois, Carlinhos Bala arriscou forte de fora da área e Clemer defendeu em dois tempos.

Aos 43min, Luizinho Neto cobrou escanteio e Leandro Machado concluiu de cabeça por cima.

Aos 43min50seg, Enílton recebeu na intermediária e concluiu ao lado do gol.

Um minuto depois foi a vez de Fábio Gomes arriscar de longe para fora.

Aos 46min, Enilton recebeu livre na área e concluiu para fora, mas o bandeira marcou impedimento corretamente.

Foi o último lance do primeiro tempo. Por enquanto, Sport 1x1 Inter

?Foi importante ter conseguido o gol de empate. Agora temos que voltar para o segundo tempo ainda mais fortes para sair daqui classificados?, disse Sidnei, o autor do gol colorado.

O time colorado teve boa atuação no primeiro tempo. Sofreu um gol cedo, mas depois dominou a partida, chegou ao empate e poderia ter terminado os primeiros 45 minutos vencendo.

O Sport fez uma modificação no intervalo. Saiu Enilton e entrou Roger.

O Inter voltou com a mesma formação.

Segundo tempo

O Sport voltou ameaçando. Aos 40segundos, Carlinhos Bala se atirou na área, e a bola sobrou para Leandro Machado concluir por cima.

Aos poucos, porém, o Inter retomou o controle da partida. Bem posicionado, não deixava que o time pernambucano entrasse na área. O Sport, por sua vez, tentava cavar faltas e escanteios para erguer a bola para a área.

Aos 6min40seg, Dutra fez grande jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Roger, que concluiu perigosamente por cima.

O Sport buscava fazer chegar a bola até seus dois atacantes Leandro Machado e Roger, mas Sidnei se destacava no desarme e nos chutões afastando a bola da área.

Aos 12min, o zagueiro Titi, de boa atuação, deixou o gramado lesionado para a entrada do volante Derlei.

Aos 13min30seg, foi a vez do Sport mudar. Saiu Leandro Machado para a entrada de Kássio.

Aos 16min30seg, o Sport chegou ao segundo gol. Carlinhos Bala pegou rebote na área e chutou cruzado para Roger só empurrar para o gol: Sport 2 a 1. O jogo se tornou dramático novamente.

A Ilha do Retiro, que estava em silêncio, passou a empurrar a equipe mais uma vez.

Para piorar mais as coisas, o zagueiro Sidnei teve que deixar o campo, também lesionado aos 21min30seg. Entrou Pessanha em seu lugar. Àquela altura, o jogo se tornou ainda mais complicado. A equipe não podia contar, naquele momento, com quatro zagueiros: Índio, Marcão, Sidnei e Titi. Fora Sorondo, que recém está voltando de lesão.

Aos 22min15seg, Luciano Henrique fez falta dura e foi expulso, deixando o Inter com um jogador a mais.

Aos 28min15seg, a última modificação do Sport: saiu Luizinho Neto para a entrada de Cássio. 

O Inter se posicionava atrás, buscando segurar o jogo e tentar os contra-ataques com Nilmar. Já o Sport se atirava para frente, mas deixava espaços.

Aos 31min, Carlinhos Bala cobrou falta para a área, Durval cabeceou e Clemer fez defesa sensacional para escanteio.

Aos 33min30seg, Durval cobrou falta com violência e acertou o ângulo, marcando o terceiro gol. Com o resultado, o time pernambucano estava se classificando. O Inter tinha cerca de 15 minutos para evitar a eliminação.

Aos 35min, entrou Iarley no lugar de Danny Morais em busca do gol da classificação.

Aos 39min50seg, o time colorado teve falta perigosa pra cobrar. Bustos tentou o gol, mas a bola foi para fora.

Aos 41min20seg, Sandro Goiano arriscou da entrada da área e Clemer fez boa defesa.

Aos 42min, Jonas fez falta em Carlinhos Bala e foi expulso.

O Inter ainda tentou erguer bolas para a área, mas não foi feliz. Final de jogo, Sport classificado.

?A gente ficou muito atrás. Infelizmente a gente perdeu a classificação?, afirmou Iarley, na saída de campo.

?A gente não teve aquela consciência que é necessária em jogos difíceis. Demos as oportunidades deles fazerem o gol e eles mereceram?, disse Alex.

Sport (3): Magrão; Luizinho Neto (Diogo), Igor, Durval e Dutra; Fábio Gomes, Sandro Goiano, Luciano Henrique e Carlinhos Bala; Enilton (Roger) e Leandro Machado (Cássio). Técnico: Nelsinho Batista.

Internacional (1): Clemer; Sidnei (Pessanha, 21min30seg2ºt), Orozco e Titi (Derlei, 12min2ºt); Bustos, Danny Morais (Iarley, 35min2ºt), Jonas, Alex e Guiñazu; Fernandão e Nilmar. Técnico: Abel Braga.

Gols: Leandro Machado (S), aos 3min do segundo tempo, Sidnei (I), aos 29min30seg do primeiro tempo, Roger (S), aos 16min30seg do segundo tempo, Durval (S), aos 33min30seg do segundo tempo. Cartões amarelos: Guiñazu, Danny Morais, Jonas, Bustos (I) , Enílton, Durval, Dutra, Roger, Fábio Gomes (S). Expulsões: Luciano Henrique (S). Jonas (I). Público: 31.555. Arbitragem: Héber Roberto Lopes (PR), auxiliado por Roberto Braatz (PR) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE). Local: Ilha do Retiro, no Recife.

Fotos: Alexandre Lops


Outras notícias
Loja Virtual