20/04/2008

INTER NA FINAL DO GAUCHÃO

Inter vence o Caxias por 2 a 1 e pega o Juventude na final

 >> Exclusivo: melhores momentos da vitória colorada!

O Internacional venceu o Caxias por 2 a 1 na tarde deste domingo no Beira-Rio e classificou-se para a final do Gauchão. Alex marcou duas vezes para a equipe colorada. Flávio Guilherme descontou para o Caxias. O adversário na decisão do título estadual será o Juventude. O primeiro jogo da final deve ser realizado no próximo domingo (27/4) em Caxias do Sul. A partida de volta deve ocorrer no dia 4 de maio, no Gigante.


Artilheiro: Alex marcou dois golaços contra o Caxias (Marcelo Campos/VIPCOMM)

O jogo era decisivo e valia vaga na final do Gauchão. E todos sabem o que acontece no Beira-Rio quando a partida tem esse peso. Um Gigante com grande público para apoiar o time do técnico Abel Braga em busca da vaga. O movimento ao redor do estádio era intenso. Horas antes do jogo, já não havia mais ingressos para arquibancadas à venda. A torcida foi aquecida por uma preliminar entre o time sub-17 do Inter e a seleção sub-17 do Peru com vitória dos garotos colorados por 1 a 0.


Mais de 35 mil colorados apoiaram o Inter no Gigante

O Inter precisava de um empate para avançar à decisão do campeonato. No primeiro confronto, disputado em Caxias, domingo passado, o time colorado havia vencido por 1 a 0, gol de Alex.

O técnico Abel Braga não pôde contar com o zagueiro Marcão, expulso no primeiro confronto disputado em Caxias. O treinador manteve o mistério da escalação até instantes antes do time ir a campo.

Os torcedores mostravam empolgação cantando o tradicional ?vamos, vamos, Inteeeeeeeer?.

As escalações do Inter e do Caxias só saíram cinco minutos antes da partida. O time colorado foi a campo com Clemer; Índio, Orozco e Titi; Bustos, Jonas, Magrão, Alex e Guiñazu; Nilmar e Fernandão.


Fernandão voltou ao time no jogo decisivo contra o Caxias

Já o Caxias começou com Juninho; Marília, Cuca e Cris; Gustavo, Tiago, Júlio César, Rodrigo e Aélson; Guilherme e Kempes.

A confiança da torcida era grande. Quando o sistema de som anunciou a escalação todos os jogadores foram aplaudidos com Guiñazu, Alex, Fernandão e Nilmar, os mais ovacionados.

Começa o jogo! O Inter inicia a partida atacando na goleira do Gigantinho empurrado pela torcida.

Aos 2min40seg, Bustos arrancou pela direita e foi derrubado por Kempes ao lado da área. Na cobrança de falta, aos 3min, Bustos ergueu para Titi, que por pouco não alcançou de cabeça.

Aos 4min10seg, Jonas deu grande passe para Nilmar na área. O atacante entrou em velocidade e chutou forte ao lado do gol. Quase o gol!!!

Aos 7min25seg, Kempes recebeu passe na área, entrou livre e chutou para fora. O juiz, porém, anulou o lance por impedimento.

Aos 11min35seg, Alex cruzou da linha de fundo, pela esquerda, e Fernandão cabeceou para defesa de Juninho. O Inter tocava bem a bola e se movimentava intensamente em busca de espaços, mas a marcação do Caxias era forte. A equipe da Serra não fica atrás e quando tinha a posse de bola, buscava o ataque.

Aos 14min45seg, Nilmar quase abriu o placar. Bustos apareceu de surpresa pela esquerda e cruzou rasteiro para a entrada da área, onde estava Nilmar. O atacante recebeu a bola, entrou a dribles na área e chutou de pé esquerdo ao lado do gol em uma linda jogada.

O Inter pressionava. Aos 16min35seg, Alex deu lançamento para Nilmar, que arrancou e por pouco não chegou antes do goleiro. Aos 17min10seg, Nilmar partiu pelo meio, entrou a dribles e se chocou na área com o zagueiro Cris. O juiz nada marcou.

Aos 19min50seg, o Inter abriu o placar um golaço!!!!! Magrão deu grande toque de calcanhar para Guiñazu. O argentino foi à linha de fundo e cruzou para Alex na área chutar de primeira, de pé esquerdo, e fazer um golaço!!! Foi o 11º gol de Alex na competição, e o 14º na temporada.


Alex marcou dois golaços no primeiro tempo

O time colorado não arrefeceu e seguiu em cima, marcando a saída de bola com Nilmar, Alex e Fernandão pressionando os zagueiros caxienses. Aos 27min40seg, o segundo gol!!! Alex tocou para Fernandão, que devolveu para Alex, na entrada da área. O meia colorado matou a bola e colocou no cantinho: mais um golaço!!! O 12º gol do meia no Gauchão. O 15º do ano!!! Alex é o vice-artilheiro do Gauchão, logo atrás de Mendes, do Juventude, que tem 13 gols.

Atordoado, o Caxias fez uma mudança aos 31 minutos. Saiu o zagueiro Cuca para a entrada do meia Terrão. Aos 35min, Alex partiu em velocidade e foi derrubado violentamente quando entraria livre na área. O juiz marcou a falta e só deu cartão amarelo para Aélson. Na cobrança aos 36min15seg, Alex chutou para defesa de Juninho.

Além de Alex, o grande nome do jogo até então, Nilmar aparecia muito bem, movimentando-se e buscando o gol.


Guiñazu mostrou muita disposição contra a equipe da Serra Gaúcha

Na defesa, o zagueiro Titi também tinha boa atuação, fechando bem o seu setor. Pelo meio, Guiñazu e Magrão igualmente jogavam grande partida na marcação e na saída de jogo para o ataque. Os dois apareciam a toda hora no ataque.

Fim do primeiro tempo.

?Bom jogo, resultado importante para dar mais tranqüilidade.?, avaliou Alex, autor dos dois gols no primeiro tempo.

?Vamos continuar nessa pegada. O time tá marcando bem?, elogiou o goleiro Clemer.

Os dois times voltaram do vestiário sem modificações.

Aos 30 segundos, Nilmar deu um chapéu em Marília ao lado da área e sofreu falta. Na cobrança, a um minuto, Bustos cruzou para Índio, mas Tiago afastou com perigo para escanteio. A 1min20seg, Bustos ergueu bola em escanteio para Índio cabecear por cima.


Nilmar tenta superar a marcação: atacante criou boas jogadas, principalmente na primeira etapa

Aos 6min, Alex teve que deixar o campo lesionado. O estádio aplaudiu muito e gritou o nome do meia colorado. Em seu lugar, aos sete minutos, entrou Andrezinho.

Aos 11min, Gustavo tentou de fora da área para boa defesa de Clemer. Aos 13min, entrou Marquinhos e saiu o Tiago no Caxias.

Aos 17min45seg, Bustos arriscou cobrança de falta da intermediária ao lado do gol. O Caxias tentava alguma ainda atacar, mas o time colorado estava bem posicionado na defesa e saía com perigo para o contra-ataque.

Aos 21min15seg, o técnico Abel Braga retirou Nilmar, muito aplaudido, e colocou Iarley.

Aos 24min, Fernandão pegou sobra na área, depois do escanteio, e concluiu ao lado com perigo. Aos 25min, Fernandão recebeu na entrada da área e chutou colocado para grande defesa de Juninho. Aos 25min30seg, entrou Ji-Paraná no lugar de Guiñazu, que também saiu lesionado. Aos 25min40seg, Titi chutou forte de fora da área próximo da trave.

Aos 30min45seg, Terrão cobrou falta e Clemer defendeu com tranqüilidade. Aos 31min30seg, saiu Rodrigo e entrou David na última substituição da partida. Aos 31min45seg, Magrão deu bom passe para Iarley chutar por cima.

Aos 33min40seg, o Caxias descontou. Depois de cabeçada na trave de Flávio Guilherme, o próprio jogador pegou o rebote e chutou para fazer o gol caxiense.

Aos 36min, Iarley deu ótimo passe para Andrezinho, que entrou na área e chutou forte para grande defesa de Juninho, evitando o terceiro gol colorado. Aos 36min45seg, Fernandão cabeceou por cima, depois de cobrança de escanteio.

Aos 41min20seg, o time colorado chegou forte. Ji-Paraná deu bom passe para Iarley que cruzou até Magrão na área chutar forte e Juninho fazer uma excelente defesa.

Aos 44min30seg, Terrão chutou forte e Clemer fez ótima defesa para escanteio. Nos últimos minutos, o Inter segurou bem o resultado que garantia a importante vitória que levou a equipe à final do Gauchão. Enquanto isso, nas arquibancadas, a torcida fazia grande festa e cantava o tradicional ?está chegando a hora?.

Fim de partida. O Inter está na final do Gauchão e decidirá o título com o Juventude, que venceu o Inter-SM por 4 a 2 na outra semifinal. O primeiro jogo da decisão deve ser realizado no próximo domingo (27/4), às 16h, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. A partida de volta deve ocorrer no dia 4 de maio, no Beira-Rio. A Federação Gaúcha de Futebol irá oficializar as datas nos próximos dias.

?O Inter é merecedor de chegar à final. Encaramos com muita seriedade?, afirmou o atacante Iarley.

?É importante pelo empenho de todos. Agora vamos fazer o possível e o impossível para reverter o resultado contra o Paraná. Temos certeza que o estádio vai estar lotado novamente?, projetou Clemer.

"Conseguimos chegar à final. Agora vamos suar sangue contra o Paraná. Eu confio na minha equipe e vamos em busca da classificação", afirmou o técnico Abel Braga.

"Foi um jogo difícil, mas conseguimos impor o nosso ritmo e conquistamos esta importante vitória. Agora temos outro desafio na quarta-feira. Vamos ter que entrar com o mesmo espírito em campo", afirmou o presidente Vitorio Piffero.

Internacional  (2): Clemer; Índio, Orozco e Titi; Bustos, Jonas, Magrão, Alex (Andrezinho, 7min2ºt) e Guiñazu (Ji-Paraná, 25min30seg2ºt); Nilmar (Iarley, 21min15seg2ºt) e Fernandão. Técnico: Abel Braga.

Caxias (1): Juninho; Marília, Cuca (Terrão) e Cris; Gustavo, Tiago (Marquinhos), Júlio César, Rodrigo (David) e Aélson; Flávio Guilherme e Kempes. Técnico: Gilson Kleina.

Gols: Alex (2, I), aos 19min50seg do primeiro tempo, aos 27min40seg do primeiro tempo, Flávio Guilherme (C), aos 33min40seg do segundo tempo. Público: 35.529 (30.697 pagantes e 20.020 sócios). Renda: R$ 405.373,00. Cartões amarelos: Guiñazu, Bustos (I), Aélson, Júlio César, Tiago, Cris, Marquinhos (C). Arbitragem: Márcio Chagas da Silva, auxiliado por José Franco Filho e Júlio César Santos. Local: Beira-Rio.

Fotos: Marcelo Campos/VIPCOMM


Outras notícias
Loja Virtual