05/04/2008

INTER FAZ 3 A 2 E AVANÇA À SEMIFINAL DO GAUCHÃO

Inter enfrentará o Caxias na próxima fase do Gauchão

O Internacional venceu a  Ulbra por 3 a 2 na tarde deste sábado no Beira-Rio e classificou-se à semifinal do Gauchão. Fernandão, Iarley e Magrão marcaram os gols da equipe colorada. Jaques fez os dois para o time de Canoas. O adversário na próxima fase será o Caxias. O primeiro jogo será disputado no próximo final de semana, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul.


Iarley comemora o segundo gol sobre a Ulbra: Inter enfrentará o Caxias na próxima fase

O Inter entrou em campo no dia seguinte ao seu aniversário de 99 anos com uma ampla vantagem conquistada no primeiro confronto disputado em Canoas. Como havia goleado por 4 a 1, o time colorado poderia perder por até dois gols de diferença que garantiria a classificação para a semifinal.

O time teve uma série de modificações em relação ao primeiro confronto. O técnico Abel Braga não pôde contar com Renan e Edinho, afastados por conta do vírus da hepatite A, assim como os reservas Maycon, Ramon e Muriel, também com a virose. O zagueiro Índio, com dores no joelho, e o meia Andrezinho, em recuperação de uma crise de cálculo renal, também foram vetados pelo departamento médico.

O goleiro Clemer completou a lista de baixas, depois de sofrer um traumatismo craniano leve ao se chocar com o zagueiro Marcão no treino recreativo da última sexta-feira. Por precaução, o reserva imediato de Renan teve que ficar 24 horas sob observação médica, e não pôde atuar contra a Ulbra.

Com tantos desfalques, Abel confiou na qualidade do grupo colorado. A começar pelo jovem goleiro Agenor, 18 anos, destaque do time júnior do Inter no Brasileirão Sub-20 e na Copa São Paulo. Assim que Clemer foi vetado para o jogo, o preparador de goleiros Ilo Roxo tratou de tranqüilizar a torcida colorada: ?O Agenor é um excelente goleiro, que está preparado para defender o Inter à altura?, afirmou o experiente profissional da comissão técnica. O reserva de Agenor foi Willian, 17 anos, da equipe júnior.


Goleiro Agenor fez sua estréia no time profissional (Átila Sbruzzi)

Na zaga, Sidnei recebeu mais uma chance, e no meio-campo, Wellington Monteiro voltou ao time, desta vez na função de volante. No banco de reservas, Nilmar contava os minutos para voltar a atuar depois de mais de dois meses afastado por lesão. Desde o começo da semana, Abel havia garantido que o atacante seria aproveitado contra a Ulbra. No entanto, para não atropelar o processo de recuperação do atleta, seu retorno à equipe seria gradativo, e a tendência é que ele entrasse somente no segundo tempo.

O Inter iniciou o jogo com a seguinte formação: Agenor; Sidnei, Orozco e Marcão; Bustos; Wellington Monteiro, Magrão, Alex e Guiñazu; Iarley e Fernandão. O banco de reservas foi formado por Adriano, Gil, Danny Morais, William, Roger, Jonas e Nilmar.

A Ulbra foi a campo com a difícil missão de reverter a vantagem colorada. O técnico Beto Almeida escalou a seguinte equipe: Rafael; Jonathan, Carlinhos, Neylor e Leandro Xavier; Wanderson, Júnior, Eder Lazzari e Everton Severo; Alexandre e Jacques.

Ainda no clima da celebração do aniversário de 99 anos, comemorado no dia anterior, a torcida colorada cantou o tradicional 'parabéns pra você' das arquibancadas do Gigante.

"Vai ser um jogo difícil, temos que ficar atentos durante os 90 minutos", afirmou o técnico Abel Braga momentos antes da partida.

Começa o jogo!! O Inter começa atacando para o lado do placar eletrônico. Aos 2min, Bustos foi lançado, mas não conseguiu chegar a tempo e a bola saiu pela linha de fundo. Aos 5min, Fernandão arriscou um forte chute de fora da área e a bola passou próxima ao travessão.

Mas o gol estava para nascer. Aos 6min, Alex foi à linha de fundo e cruzou com perfeição para a área, onde Fernandão apareceu para cabecear certeiro no canto direito: 1 a 0. Foi o segundo gol do capitão colorado no Gauchão.


Fernandão (E) comemora com Alex: capitão colorado abriu o placar (Átila Sbruzzi)

Aos 9min30seg, Guiñazu chutou de fora da área, por cima do gol defendido por Rafael. O Inter tomava as iniciativas no jogo, dominando o meio-campo e subindo com perigo ao ataque.

A primeira conclusão em gol da Ulbra ocorreu somente aos 17min, em um chute de Alexandre que Agenor defendeu com segurança. Mas aos 19min25seg, Jaques desviou de cabeça um cruzamento de Leandro Xavier e empatou o jogo: 1 a 1.

Lance polêmico. Aos 25min25seg, o zagueiro Carlinhos colocou a mão na bola no interior da área, mas o árbitro Carlos Simon mandou o lance seguir, sem marcar o pênalti.

O Inter não se abalou. Aos 27min25seg, Fernandão lançou Sidnei na direita. O zagueiro avançou até a linha de fundo e cruzou para Iarley, que se desvencilhou da marcação de Neylor na pequena área e, de carrinho, empurrou a bola para fazer 2 a 1. Foi o sétimo gol do atacante no Gauchão.


Iarley está marcando o segundo gol do Inter (Marcelo Campos/VIPCOMM)

Aos 30min, Alex chutou com perigo de longe para boa defesa de Rafael. A Ulbra respondeu aos 32min30seg: Éverton concluiu no meio do gol para a defesa de Agenor. Aos 33min, o lateral Bustos sofreu entrada violenta por trás, mas Simon nem sequer marcou a falta.

Grande jogada do Inter! Aos 38min25seg, Alex driblou com extrema categoria dois adversários e tocou para Iarley, que chutou para defesa de Rafael para escanteio. O Inter era só pressão. Aos 40min, Guiñazu invadiu a área, driblou o goleiro e tentou a conclusão. A bola ia entrando, mas Neylor salvou em cima da linha. No rebote, Sidnei deu uma bicicleta e quase marcou um golaço. Na seqüência do lance, a zaga aliviou a pressão.


Guiñazu quase deixou sua marca contra o time de Canoas (Átila Sbruzzi)

Aos 42min, Éder Lazzari deixou o campo para a entrada de Rodrigo. Aos 45min25seg, Fernandão quase marcou um belo gol: o meia-atacante chutou de fora da área para boa defesa de Rafael, que espalmou para escanteio.

Final do primeiro tempo. Com a vitória parcial de 2 a 1, a equipe colorada está garantindo a vaga à semifinal do campeonato.

"O time está tocando bem a bola. Temos apenas que cuidar os contra-ataques da Ulbra", alertou Alex, um dos destaques da etapa inicial.

Com um toque de bola envolvente, o Inter dominou o primeiro tempo. Destaque para a boa movimentação de Iarley, Sidnei, Fernandão e Alex.

Os dois times voltaram sem alterações para o segundo tempo. Logo a 1min, Fernandão fez boa assistência para Iarley, que chutou em cima do goleiro. Aos 5min, Alexandre invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado. Sidnei cortou a bola no meio do caminho, evitando a conclusão adversária. Aos 9min30seg, Guinãzu tentou o chute dentro da área, mas o goleiro Rafael antecipou-se, interceptando a bola.

O jogo prosseguiu com poucas chances de gol. Aos 19min, para a alegria dos colorados presentes no Beira-Rio, Nilmar voltou a atuar em uma partida oficial depois de 69 dias afastado em virtude de uma lesão muscular. O atacante entrou no lugar de Iarley, que deixou o campo saudado pela torcida.


Nilmar entrou no segundo tempo e sofreu um pênalti (Átila Sbruzzi)

O Inter quase ampliou aos 22min40seg. Alex chutou forte e cruzado de fora da área e a bola passou raspando a trave direita.

Aos 23min40seg, quatro minutos depois de ter entrado em campo, Nilmar arrancou pela esquerda, invadiu a área e foi derrubado. Pênalti para o Inter! Na cobrança, Fernandão chutou no canto direito e o goleiro Rafael defendeu.

A Ulbra chegou ao empate aos 27min10seg. Jaques recebeu a bola na entrada da área e chutou na saída de Agenor: 2 a 2.

Aos 28min, Roger entrou no lugar de Bustos, que deixou o jogo lesionado. Aos 35min35seg, Nilmar fez excelente jogada pela esquerda e concluiu com categoria, sem ângulo, na saída do goleiro. A bola passou à frente do gol e saiu pela linha de fundo.

Aos 37min, Adriano entrou no lugar de Wellington Monteiro. Aos 40min, o próprio Adriano quase colocou o Inter novamente em vantagem: o atacante chutou cruzado da direita para a defesa salvadora de Rafael. Aos 41min50seg, Sidnei desviou com perigo uma cobrança de escanteio. A bola passou por cima do gol.


Magrão marcou o gol da vitória sobre a Ulbra (Marcelo Campos/VIPCOMM)

Mas o melhor estava por vir. Aos 44min25seg, após cobrança de escanteio, Fernandão dominou a bola no interior da área e escorou para Magrão, que chutou para fazer 3 a 2. Aos 47min, Adriano quase ampliou em uma cabeçada que passou muito próxima à trave esquerda. Foi o último lance do jogo.

Agora, o Inter enfrentará o Caxias nas semifinais. A primeira partida será disputada no próximo final de semana na Serra Gaúcha. A Federação Gaúcha de Futebol ainda não confirmou as datas das partidas.

Assim que o jogo acabou, a torcida cantou novamente 'parabéns pra você' para o Inter, que no primeiro dia dos seus 99 anos, conquistou a vaga à semifinal do Gauchão.

"Soubemos explorar a vantagem conquistada em Canoas. Isso foi fundamental no resultado do jogo", analisou o técnico Abel Braga.

"Não podemos amolecer no jogo. Isso aconteceu hoje, mas acordamos e chegamos à vitória. Servirá de lição daqui pra frente", afirmou o zagueiro Marcão.

"Gostei muito da estréia, terei que trabalhar e continuar melhorando", avaliou o goleiro Agenor, que fez sua estréia na equipe profissional.

"Agora quero atuar para adquirir ritmo de jogo. Mas estou me sentindo bem melhor fisicamente do que no início do jogo", constatou o atacante Nilmar.

"O Inter mandou no jogo, mas tem algumas coisas que ainda precisamos aprimorar para as próximas partidas", analisou o vice-presidente de futebol, Giovanni Luigi.

Internacional (3): Agenor; Sidnei, Orozco e Marcão; Bustos (Roger, aos 28min, 2ºt); Wellington Monteiro (Adriano, 38min, 2ºt), Magrão, Alex e Guiñazu; Iarley (Nilmar, aos 19min, 2ºt) e Fernandão.

Ulbra (2): Rafael; Jonathan, Carlinhos, Neyor e Leandro Xavier; Wanderson, Júnior (Edílson), Eder Lazzari (Rodrigo) e Everton Severo; Alexandre e Jacques. Técnico: Beto Almeida.

Gols: Fernandão (I), aos 6min do primeiro tempo, Jaques (U), aos 19min25seg do primeiro tempo, Iarley (I), aos 27min25seg do primeiro tempo, Jaques (U), aos 27min10seg do segundo tempo, Magrão (I), aos 44min25seg do segundo tempo. Cartões amarelos: Rodrigo e Alexandre (U). Arbitragem: Carlos Simon, auxiliado por Alexandre Kleiniche e João Lúcio de Souza Júnior. Público: 21.972 (19.105 pagantes e 11.977 sócios). Renda: R$ 237.496,00. Local: Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual