1º/02/2008

INTER SURPREENDIDO PELO JUVENTUDE NO BEIRA-RIO

O Internacional foi derrotado por 1 a 0 pelo Juventude na noite desta sexta-feira no Beira-Rio, em jogo válido pela quarta rodada do Gauchão. Mendes marcou o gol. O Inter é o terceiro colocado do Grupo C com sete pontos. A equipe do técnico Abel Braga volta a campo somente no dia 10 de fevereiro, contra o Brasil-PEL, em Pelotas.


Inter, de Fernandão, foi surpreendido no clássico contra o Juventude

Em plena sexta-feira à noite, véspera de carnaval, o Inter foi a campo defendendo uma invencibilidade de seis partidas na temporada. Até antes do jogo foram cinco vitórias e um empate. Era também a primeira partida contra o Juventude desde que ele foi rebaixado para Segunda Divisão do futebol brasileiro.

O time do técnico Abel Braga não pôde contar com Magrão, suspenso, e Nilmar, lesionado. Por outro lado, teve o retorno de Fernandão, depois de se recuperar de fadiga muscular. Com isso, o time colorado ficou definido com Renan; Sidnei, Orozco e Marcão; Jonas, Edinho, Wellington Monteiro, Alex e Ramon; Iarley e Fernandão.

Já o Juventude começou com Michel Alves; Elvis, Nunes, Laerte e Márcio Goiano; Renan, Lauro, Bruno, Paulo César e Maycon; Mendes.

O jogo começou equilibrado, com os dois times tocando a bola, mas sem conseguir finalizar a gol. O primeiro chute só saiu aos 6min em uma tentativa de Bruno de fora da área que Renan defendeu sem problemas. Aos 8min30seg, Elvis avançou pela direita e cruzou para Orozco salvar de cabeça para escanteio.

Aos 10min55seg, novamente Elvis conseguiu chegar à linha de fundo e cruzar para Márcio Goiano bater forte e Renan defender. O Inter respondeu aos 11min20seg, quando Iarley recebeu na área e concluiu de primeira para grande defesa de Michel Alves.


Alex atuou no meio-campo contra o Juventude

Aos 16min10seg, Jonas fez boa jogada pela direita e cruzou para Fernandão na área, que por pouco não alcançou. Um minuto depois o Juventude abriu o placar. Mendes recebeu bom passe na área e chutou na saída de Renan: 1 a 0.

Aos 20min50seg, Nunes chutou forte de fora da área e Renan fez ótima defesa para escanteio. Aos 28min40seg, Fernandão teve uma boa chance para empatar em cobrança de falta na entrada da área. A bola, porém, subiu demais. 

O jogo era quente. Em 35 minutos, o juiz Leonardo Gaciba já havia aplicado cinco cartões amarelos: três para o Juventude e dois para o Inter. Aos 37min10seg, Jonas entrou na área, driblou e chutou rasteiro de perna esquerda para defesa de Michel Alves. Aos 38min35seg, o Juventude perdeu ótima chance de ampliar. Mendes deu bom passe para Maycon, livre na área, concluir ao lado do gol.


Inter encontrou dificuldades no primeiro tempo

Aos 41min20seg, o time caxiense teve que fazer uma substituição: saiu Laerte, lesionado, e entrou Alex Moraes. Aos 42min25seg, Iarley recebeu grande lançamento na área, matou a bola no peito e chutou para defesa sensacional de Michel Alves. Quase o empate!


Iarley mata a bola no peito: atacante quase marcou no final do 1º tempo

A pressão colorada seguiu. Aos 44min20seg, Edinho lançou para Fernandão tocar de cabeça para Jonas concluir de primeira, na área, ao lado do gol. Foi a última chance do primeiro tempo.

?Temos que melhorar no segundo tempo?, disse Edinho, na saída para o vestiário.

?A movimentação deles tá dificultando as coisas para a gente. Temos que corrigir no vestiário?, analisou Iarley.

No intervalo, o técnico Abel Braga realizou duas mudanças em busca da virada. Saíram Edinho e Ramon e entraram o meia Andrezinho e o atacante Adriano.

O time colorado voltou com tudo. Aos 45seg, Iarley cruzou da direita e Michel Alves defendeu quando Adriano estava pronto pra cabecear. O Juventude, porém, respondeu com cabeçada de Mendes, aos 7min, que Renan defendeu. Um minuto depois, Adriano cruzou da esquerda, Iarley matou na área e concluiu para defesa de Michel. 


Iarley mostrou muita movimentação em campo

O jogo era franco. O Inter atacava, enquanto o Juventude contra-atacava. A torcida colorada empurrava o time, incentivando muito. Sentindo a pressão, o Juventude modificou o time, saindo Mendes e entrando Ivo.

Aos 17min50seg, saiu Wellington Monteiro, machucado, para a entrada de Roger. Aos 19min30seg, Marcão cabeceou para defesa de Michel Alves. Aos 22min, entrou Dionathan e saiu Maycon no Juventude.

O Inter tentava pressionar com jogadas pelas laterais e cruzamentos, mas a defesa caxiense conseguia salvar. Aos 30min50seg, Paulo César fez falta violenta em Sidnei e já tinha o cartão amarelo. Mas o árbitro Leonardo Gaciba, equivocadamente, não aplicou o cartão. Aos 32min, Alex cobrou a falta com perigo.

A pressão colorada aumentava, mas o tempo diminuía. Aos 32min35seg, Adriano entrou a dribles na área e chutou para defesa de Michel Alves. Aos 33min, Fernandão deu grande passe para Iarley na área concluir por cima. A torcida e o time colorados não arrefeciam. Aos 34min30seg, Andrezinho recebeu na área, mas Michel Alves salvou em grande saída do gol.

Aos 39min20seg, Jonas recebeu grande lançamento na área e cruzou para outra defesa salvadora do goleiro Michel Alves. Aos 41min20seg, em um contra-ataque, quase gol do Juventude. Ivo entrou livre na área e chutou no canto, na saída de Renan. A bola tocou na trave e saiu.

O Inter pressionava, mas a bola não queria entrar. Os jogadores se esforçavam, mas não era uma noite colorada. Final de jogo e a primeira derrota do Inter na temporada.

"Melhorou no segundo tempo. O empate seria mais justo, mas eles defenderam bem. Parabéns para o Juventude", disse o técnico Abel Braga.

Internacional (0): Renan; Sidnei, Orozco e Marcão; Jonas, Edinho (Andrezinho, intervalo), Wellington Monteiro (Roger, 17min50seg2ºt), Alex e Ramon (Adriano, intervalo); Iarley e Fernandão. Técnico: Abel Braga.

Juventude (1): Michel Alves; Elvis, Nunes, Laerte (Alex Moraes) e Márcio Goiano; Renan, Lauro, Bruno, Paulo César e Maycon (Dionattan); Mendes (Ivo). Técnico: Edson Gaúcho.

Gol: Mendes (J), aos 17min10seg do primeiro tempo. Cartões amarelos: Orozco, Edinho, Ramon, Jonas (I) , Nunes, Renan, Paulo César, Bruno, Alex Moraes (J). Renda: R$ 189.909,00. Público: 18.099 (16.123 pagantes). Arbitragem: Leonardo Gaciba, auxiliado por José Franco Filho e José Arnhold. Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

>> Tabela do Gauchão 2008

Fotos: Alexandre Lops


Outras notícias
Loja Virtual