11/11/2006

BRASILEIRÃO: INTER GOLEIA FORTALEZA NO BEIRA-RIO

O Internacional venceu o Fortaleza por 3 a 0 no Beira-Rio na tarde deste sábado em partida válida pela 35ª rodada do Brasileirão. Os gols foram de Iarley, Índio e Alex. O jogo também teve um recorde: Renan completou 8 jogos sem sofrer gols e se tornou o goleiro colorado com mais tempo sem ser batido nos Brasileirões.


Jogadores comemoram a goleada sobre o Fortaleza (Jefferson Bernardes/VIPCOMM)

O time colorado entrou em campo sem os laterais Ceará, poupado, e Hidalgo, com dores musculares. Com isso, Maycon ganhou uma oportunidade na direita e Rubens Cardoso na esquerda. No meio-campo, Pinga recebeu uma chance de começar a partida no meio-campo. Mas a grande novidade foi o retorno do capitão Fernandão, depois de cerca de um mês parado por lesão. Na entrada de campo, dezenas de crianças coloradas receberam os jogadores com chapéus japoneses, em alusão ao Mundial Interclubes que o Inter irá disputar em dezembro, no país asiático.


Crianças coloradas ostentaram chapéus japoneses (Daniel Boucinha)

O primeiro tempo foi de ações de um time só: o Inter. O time colorado buscava furar o bloqueio do Fortaleza, que permanecia com praticamente os 11 jogadores no seu campo. Aos 4min25seg, Alex cobrou falta e Índio cabeceou com muito perigo ao lado do gol. Aos 8min50seg, Rubens Cardoso cruzou da esquerda, Fabiano Eller ajeitou de cabeça para Índio, novamente, cabecear pra fora.


Recuperado de lesão, Fernandão retornou ao time (Daniel Boucinha)

Aos 14min5seg, Iarley recebeu na ára, driblou o zagueiro e chutou na rede pelo lado de fora, quase marcando o gol. Aos 15min45seg, o zagueiro Índio passou errado na área e Finazzi por pouco não abriu o placar. Aos 18min15seg, Iarley recebeu na área e tocou para Alex chutar e a zaga salvar em cima da linha, mas o juiz anulou o lance por impedimento.


Iarley livra-se da marcação...


e chuta forte para abrir o placar (Daniel Boucinha)

Aos 27min25seg, Iarley levantou na área para Fernandão cabecear por cima. Aos 29min30seg, Ivan recebe bom passe e iria entrar livre na área, mas Renan defendeu com um carrinho salvador fora da área. Na seqüência do lance, a bola sobrou para Iarley na intermediária, o atacante colorado driblou Dezinho, entrou na área e chutou cruzado. A bola bateu na trave e entrou: Inter 1 a 0. Foi o nono gol do artilheiro colorado no Brasileirão e o 13ª na temporada.


Nas graças do torcedor: atacante Iarley marcou seu 13º gol na temporada (Jefferson Bernardes/VIPCOMM)

Aos 35min40seg, entrou Válter e saiu André Cunha no Fortaleza. Aos 38min50seg, Alex cobrou falta da esquerda e Índio cabeceou no canto: Inter 2 a 0. Foi o quinto gol de Índio no Brasileirão e na temporada. Aos 43min25seg, Mazinho Lima cobrou escanteio e Renan salvou para escanteio com um soco.


Índio (E) desvia de cabeça e amplia o placar: 2 a 0 (Daniel Boucinha)


Zagueiro-artilheiro: foi o quinto gol de Índio no Campeonato Brasileiro (Jefferson Bernardes/VIPCOMM)

No intervalo, Iarley, poupado, foi substituído por Léo no Inter.

O ritmo colorado manteve-se forte na etapa final. Mas foi o Fortaleza que assustou no início. A 1min10seg, Lúcio fez boa jogada, driblando Fabiano Eller e chutando com muito perigo, ao lado do gol.  Aos 4min10seg, o Inter respondeu com Wellington Monteiro foi à linha de fundo pela direita e cruzou para Alex cabecear e Édson Bastos defender.

Aos 8min15seg, Rubens Cardoso cruzou para Léo ajeitar de cabeça para Édson Bastos salvar com um tapa. No rebote, Fabiano Eller chutou de voleio por cima. Aos 9min, Fernandão recebeu na área e quando iria chutar, foi solado por um zagueiro. O juiz equivocadamente não marcou nada no lance.


Pinga atuou durante 90 minutos (Daniel Boucinha)

A partir dos 10 minutos, o jogo ficou um pouco ríspido e num intervalo de oito minutos, foram quatro cartões amarelos, dois pra cada time. Aos 19min10seg, Alex cobrou escanteio e Fabiano Eller cabeceou ao lado do gol. Aos 19min55seg, Fernandão deu bom passe pra Alex na área. O meia chutou rasteiro e cruzado pra fazer o terceiro gol. Foi o quinto dele no Brasileirão e o sétimo na temporada.


Alex fechou a goleada sobre o Fortaleza (Daniel Boucinha)

Aos 24min, entrou Rentería e saiu Alex, lesionado. Aos 26min35seg, Rentería quase marcou o quarto gol. O colombiano pegou uma sobra na área e chutou rasteiro para defesa de Edson Bastos.

Aos 28min, um momento histórico: o goleiro Renan bateu o recorde que pertencia a Taffarel nos anos 80. Foram oito jogos consecutivos sem sofrer gols em Campeonatos Brasileiros. A torcida colorada reconheceu o grande momento do goleiro e aplaudiu e gritou o seu nome.


Sem sofrer gols há oito jogos, Renan bateu recorde (Daniel Boucinha)

Aos 29min30seg, saiu Fernandão e entrou Perdigão. O Inter seguiu em cima em busca de mais gols. Aos 37min22seg, Wellington Monteiro arriscou da intermediária por cima. Aos 42min, Maycon fez bonita jogada de calcanhar pra Pinga cruzar. No rebote, Edinho chutou ao lado do gol. Aos 44min20seg, Pinga deu bom passe pra Wellington Monteiro, que entrou na área e chutou forte por cima. Foi o último lance de perigo da partida.

?Legal pela invencibilidade e pela vitória do Inter. É importante entrar para a história do clube. Estou muito feliz e espero seguir em alta na minha carreira. São 12 anos que estou no Inter?, afirmou o goleiro formado nas categorias de base Renan, sobre o seu recorde de 8 jogos sem sofrer gols no Brasileirão.

?O recorde do Renan é da equipe. A marcação começa lá na frente, com nossos atacantes. Um time ficar oito jogos sem sofrer gols é uma coisa muito boa. A vitória foi justa. Houve dificuldades, mas soubemos superá-las?, analisou o técnico Abel Braga.

?Continuamos com o mesmo planejamento e preparação para o Mundial. Quando necessário, vamos poupar jogadores?, afirmou o vice-presidente de futebol, Vitório Piffero.

?Me senti bem, não cansei. Até poderia ter continuado.?, avaliou o capitão Fernandão, sobre o seu retorno depois da lesão.

?A gente segue na briga. Enquanto tiver chance matemática, vamos seguir lutando?, afirmou o zagueiro Fabiano Eller, sobre a luta pelo título. Faltam três jogos e a diferença para o líder São Paulo é de quatro pontos (sem a partida entre São Paulo e Goiás, que será disputada neste domingo).

Internacional (3): Renan; Maycon, Índio, Fabiano Eller e Rubens Cardoso; Edinho, Wellington Monteiro, Pinga e Alex (Rentería); Iarley (Léo) e Fernandão (Perdigão). Técnico: Abel Braga.

Fortaleza (0): Edson Bastos; Ivan, Dezinho, Wendel e Jorge Mutt; Ramalho, Dudé, André Cunha (Valter) e Mazinho Lima; Lúcio e Finazzi. Técnico: Roberval Davino.

Gols: Iarley (I), aos 29min40seg do primeiro tempo, Índio (I), aos 38min50seg do primeiro tempo, Alex (I), aos 19min55seg do segundo tempo. Cartões amarelos: André Cunha, Lúcio, Dudé, Jorge Mutt (F), Pinga, Fabiano Eller, Edinho (I). Renda: R$ 193.706,00. Público: 26.972. Arbitragem: Luís Antônio Silva Santos, com Marcos Peniche Nunes e José Cláudio Paranhos, trio carioca. Local: Estádio Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual