08/10/2006

INTER VENCE O SÃO CAETANO

O Internacional venceu o São Caetano por 1 a 0 na tarde deste domingo no Beira-Rio em partida válida pela 28ª rodada do Brasileirão. Iarley marcou um golaço a 1min20seg do segundo tempo e garantiu a 13ª vitória da equipe colorada na competição. Com o resultado, o Inter ocupa a quarta posição com 47 pontos.

O Inter entrou em campo com modificações. Sem Clemer e Fernandão, lesionados, o goleiro Renan e o atacante Ricardo Jesus ganharam uma chance na equipe. Perdigão retornou ao meio-campo depois de cumprir suspensão automática. O auxiliar técnico Leomir orientou o time à beira do gramado, já que Abel Braga segue cumprindo a suspensão de 30 dias imposta pelo STJD.


Ricardo Jesus começou a partida no lugar de Fernandão (Daniel Boucinha)

O primeiro tempo foi marcado por muito equilíbrio. O São Caetano marcou forte e não deu espaços para a equipe colorada. As chances de gol ficaram restritas, na maioria das vezes, a lances de bola parada. Aos 10min20seg, Ceará cobrou uma falta por cima do gol. Aos 11min35seg, Triguinho cobrou escanteio com efeito e a bola acertou o travessão. Aos 25min30seg, Iarley cruzou da esquerda e Ricardo Jesus cabeceou para defesa segura de Mauro. O time do ABC Paulista respondeu aos 28min45seg em um chute de Júlio César. Renan defendeu com segurança no meio do gol.


Edinho garantiu segurança ao meio-campo colorado (Daniel Boucinha)

Aos 32min40seg, o colombiano Martin Garcia fez boa jogada pela esquerda e Marabá apareceu para arrematar para fora com perigo. Aos 37min50seg, Ramon cobrou falta da direita e Adriano cabeceou livre nas mãos do goleiro. O São Caetano chegou com força aos 40min: Canindé arriscou de fora da área e a bola foi desviada para escanteio. A resposta colorada veio dos pés de Wellington Monteiro. O volante aproveitou um rebote e chutou forte no centro do gol para defesa do goleiro.

No intervalo, Abel colocou Caio e Rentería nos lugares de Adriano e Ricardo Jesus, respectivamente.


Iarley (D) comemora com Rentería: atacante marcou um golaço de letra (Jefferson Bernardes/VIPCOMM)

Já no primeiro lance da etapa final, a dupla foi decisiva. Caio lançou a bola para Rentería, o colombiano foi à linha de fundo e cruzou para Iarley. Com um lindo toque de letra com o pé direito, o atacante tirou o goleiro da jogada e marcou um golaço. Foi o quinto gol de Iarley no Brasileirão e o 100º do Inter na temporada.

Depois do gol, o Inter passou a ditar o ritmo do jogo. Com um toque de bola envolvente, a equipe colorada mantinha-se no campo de ataque pressionando o adversário. Aos 11min30seg, Perdigão fez boa jogada pela direita e passou para Caio (foto ao lado de Jefferson Bernardes/VIPCOMM). O meia invadiu a área, livrou-se da marcação e chutou por cima.

Aos 18min30seg, Caio foi derrubado por Triguinho no interior da área. No entanto,o árbitro Álvaro Quelhas não marcou pênalti. O Inter insistia na busca pelo segundo gol: aos 22min, Ramon avançou com a bola e chutou da entrada da área em cima do goleiro Mauro.

Aos 25min, Caio sentiu uma lesão muscular e teve que deixar o gramado. Pinga entrou no seu lugar.

O Inter quase ampliou aos 28min: Pinga fez grande lançamento para Iarley, que invadiu a área e concluiu para fora. A bola passou rente à trave esquerda. Um minuto depois, Ceará cruzou rasteiro e Iarley chutou por cima. A bola desviou no goleiro antes de sair. 


Pinga estreou diante da torcida no Beira-Rio (Daniel Boucinha)

Aos 41min40seg, Dinelson, que havia entrado no lugar de Márcio, cobrou escanteio e a bola explodiu no travessão. No minuto seguinte, Rentería fez boa jogada pela esquerda e cruzou para a área, mas ninguém apareceu para concluir. Aos 43min30seg, Martin Garcia cobrou falta e a bola raspou a trave esquerda antes de sair. Nada mais impediria a vitória do Inter no Beira-Rio. No próximo domingo (15/10), a equipe colorada volta a atuar em casa, desta vez contra o Fluminense.

"Tive a felicidade de encaixar bem a conclusão. Fui orientado para jogar mais centralizado no segundo tempo e acabou dando certo", contou Iarley, autor do golaço.

"Melhoramos muito o nosso futebol no segundo tempo e garantimos três importantes pontos na briga pelo título", analisou o vice-presidente de futebol, Vitório Piffero.

Internacional (1): Renan; Ceará, Índio, Fabiano Eller e Ramon; Edinho, Wellington Monteiro, Perdigão e Adriano (Caio) (Pinga); Ricardo Jesus (Rentería) e Iarley. Técnico: Leomir.

São Caetano (0): Mauro; Madson, Neto, Maurício e Triguinho (Ivan); Daniel, Márcio (Dinelson), Marabá e Canindé; Martin e Júlio César (Alan Vieira). Técnico: Hélio dos Anjos.

Gol: Iarley (I), a 1min20seg do segundo tempo. Cartões amarelos: Neto, Júlio César, Marabá e Maurício (SC); Índio, Renan, Rentería e Edinho (I). Público: 16.691. Renda: R$ 103.213,00. Arbitragem: Álvaro Azeredo Quelhas, com José Carlos de Souza e Alexandre Conceição (trio mineiro). Local: Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual