05/10/2006

INTER PERDE EM MINAS

O Internacional perdeu para o Cruzeiro no Mineirão por 2 a 1 na noite desta quinta-feira em partida válida pela 27ª rodada do Brasileirão. Wagner e Ferreira fizeram os gols do Cruzeiro. Ceará marcou o gol do Inter. Com o resultado, o time colorado ficou na quarta posição da competição com 44 pontos. 

O Inter entrou em campo sem o técnico Abel Braga, que foi suspenso por 30 dias pelo STJD. Com isso, o auxiliar técnico Leomir ficou no banco de reservas recebendo as orientações de Abel por telefone. O Inter foi a campo com três volantes no meio-campo (Maycon, Edinho, Wellington Monteiro) para bloquear os avanços adversários. 

Diante de um Mineirão apinhado de torcedores cruzeirenses, o Internacional teve uma boa atuação no primeiro tempo e merecia ter ido para o vestiário com a vitória. Com um boa marcação e rápidas saídas para o contra-ataque, o time colorado criou mais que os mineiros. 

O jogo começou duro, principalmente com algumas jogadas viris por parte do Cruzeiro. Logo no início, Fábio Santos deu carrinho violento em Ramon, que precisou receber atendimento médico fora do campo. Apesar da violência, o jogador sequer foi advertido com cartão amarelo. 

A primeira chance da partida surgiu aos 10min20seg quando Geovanni arriscou de fora da área, a bola quicou no gramado e Clemer defendeu bem. Aos 12min50seg, Michel cruzou da direita e Geovanni tentou de carrinho para fora. Aos 14min45seg, Geovanni chutou de fora da área e Clemer defendeu novamente. 

O Inter tentou responder aos 16min15seg, quando Ramon cruzou e Índio cabeceou para defesa de Fábio. Aos 16min50seg, Gabriel respondeu na área e girou para boa defesa de Clemer. Aos 21min20seg, Geovanni deixou o gramado lesionado e entrou Ferreira. 

A partir da metade do primeiro tempo, o Inter tomou conta das ações. Aos 25min25seg, Edinho roubou a bola de Wagner na intermediária, avançou e tocou para Adriano livre na área. O meia chutou, mas Fábio salvou com grande saída do gol. Aos 26min40seg, Fernandão chutou da direita e quase surpreendeu Fábio, que precisou salvar para escanteio. 

Aos 30min40seg, Ceará cobrou falta e Fábio fez boa defesa para escanteio. Aos 33min50seg, Wagner recebeu grande passe de Ferreira, entrou na área e colocou na saída de Clemer. Cruzeiro 1 a 0. O Inter não arrefeceu e chegou ao empate aos 45min30seg. Ceará cobrou falta com perfeição no canto: 1 a 1. Foi o terceiro gol de Ceará no Brasileirão e o quarto na temporada. 

No intervalo, o Inter foi modificado. Saiu Ramon e entrou o atacante Ricardo Jesus. Com isso, Ceará passou para a esquerda, enquanto Maycon foi para a direita. Fernandão passou a armar mais as jogadas no meio-campo. 

O time mineiro voltou tentando pressionar, enquanto o Inter buscou os contra-ataques. Aos 10min25seg, Iarley recebeu na área e chutou para grande defesa de Fábio. No rebote, Adriano concluiu, a bola tocou em um zagueiro e quase entrou. Aos 11min, depois de escanteio, Ricardo Jesus chutou no canto e a zaga salvou em cima da linha. 

Aos 13min45seg, Fernandão deu grande passe para Ricardo Jesus, que entrou na área e chutou cruzado para fora, em grande oportunidade desperdiçada. Aos 14min25seg, Kerlon entrou no lugar de Élber. Aos 15min55seg, Fernandão deu outro bom passe para Ricardo Jesus, que entrou na área e dividiu com Fábio, que salvou. 

Aos 16min30seg, saiu Adriano e entrou Michel. Aos 18min, Kerlon cobrou falta e Adriano roçou a bola com as costas para desviar de Clemer: Cruzeiro 2 a 1. Aos 29min, saiu Edinho para a estréia do meia Pinga. Aos 30min50seg, Kerlon bateu nova falta e André Luiz concluiu de cabeça por cima. 

Aos 38min45seg, Maycon roubou a bola na intermediária, entrou na área e chutou por cima. Aos 40min40seg, Iarley cruzou da direita e Ricardo Jesus cabeceou para fora. Aos 44min40seg, Iarley fez novo cruzamento da direita e Michel arrematou de cabeça ao lado do gol. Aos 46min30seg, entrou Júlio César e saiu Élson, no Cruzeiro. Aos 47min15seg, Ferreira chutou e Clemer defendeu evitando o terceiro gol mineiro. 

"Poderiamos ter vencido o jogo, mas perdemos muitas oportunidades de fazer o gol", avaliou o capitão Fernandão, na saída do campo.

"O time foi valente e batalhou até o fim da partida", disse o zagueiro Índio.

"Eles souberam aproveitar as oportunidades e venceram o jogo. Caso tivéssemos feitos os gols perdidos, teriamos vencido o jogo. O Inter continua vivo, nunca morre. Os jogadores são soldados, guerreiros que não desistem nunca", afirmou Fabiano Eller. 

Cruzeiro (2): Fábio; Gladstone, André Luis e Thiago Heleno; Michel, Fábio Santos, Martinez, Wagner e Élson (Júlio César); Geovanni (Ferreira) e Élber (Kerlon). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Internacional (1): Clemer; Ceará, Índio, Fabiano Eller e Ramon (Ricardo Jesus); Edinho (Pinga), Wellington Monteiro, Maycon e Adriano (Michel); Iarley e Fernandão. Técnico: Abel Braga.

Gols: Ceará (I), aos 45min30seg do primeiro tempo, Wagner (C), aos 33min50seg do primeiro tempo, Ferreira (C), aos 18min do segundo tempo. Cartões amarelos: André Luiz, Thiago Heleno, Kerlon, Ferreira (C), Ramon, Maycon (I). Público: 29.250. Arbitragem: Wilson Souza de Mendonça, auxiliado por Erich Bandeira e José Pedro Wanderlei da Silva, trio de Pernambuco. Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte.


Outras notícias
Loja Virtual