02/09/2006

INTER VENCE DE VIRADA NO RIO COM GOLS DE FERNANDÃO

O Inter venceu o Flamengo de virada por 2 a 1, neste sábado, no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro. Os dois gols colorados foram marcados por Fernandão de pênalti e Obina fez para o rubro-negro carioca, em partida válida pela 22ª rodada do Brasileirão. Foi a segunda vitória consecutiva fora de casa e agora o Inter ocupa a quarta posição do Brasileirão, com 37 pontos. A equipe colorada é a segunda por aproveitamento (59%) e tem um jogo a menos que a maioria dos adversários.

Jogando no majestoso estádio do Maracanã no Rio de Janeiro o Inter começa o jogo melhor, dominando o meio-campo e atacando com perigo. Porém, aos 2min, a primeira chance de gol é do Flamengo em cobrança de falta de Renato, Clemer segura firme. O time colorado segue bem posicionado chegando bem ataque, principalmente com Fernandão, Iarley, Maycon, Adriano e Ceará.


Meia Adriano participou das jogadas dos dois gols colorados

Numa mostra do trabalho coletivo colorado, aos 15min, após tabela, o ala Ceará cruza e a zaga flamenguista afasta. Fernandão estava pronto para cabecear. Aos 19min, cruzamento perigoso da esquerda rubro-negra, Obina cabeceia com força e Clemer faz defesa espetacular. Um minuto depois o Inter responde com grande jogada de Iarley, que cruza para Ceará. O ala estava postado como um centroavante, chuta de primeira e a bola passa perto da trave.

A partida se encaminha para o fim da etapa inicial de forma equilibrada, tendo chances de gol para os dois lados. Aos 36min, a defesa flamenguista erra, Fernandão rouba a bola e toca para Ceará, que invade a área e bate forte. A bola tira tinta do pé da trave. Entretanto, aos 38min30seg, Renato Augusto avança pela ponta direita e toca para Obina. O atacante entra na grande área, manda pro gol, a bola desvia em Ediglê e engana Clemer. Os cariocas logo têm mais uma chance. Depois de escanteio, Obina cabeceia com muito perigo na pequena área, a bola vai pra fora. Final de primeiro tempo: Flamengo 1 x 0 Inter.


Iarley mostrou qualidade e sofreu o primeiro dos pênaltis

Para o segundo tempo, o técnico colorado Abel Braga muda o esquema tático do time, do 3-5-2 para o 4-4-2, levando Michel para o meio-campo no lugar do zagueiro Ediglê. O Inter passa a atacar com mais força, buscando o gol. Aos 8min, Ceará cobra escanteio pela esquerda e quase na marca de pênalti Fernandão dá um testaço, a bola sai por cima do travessão. Só dá Inter no reinício de partida. A pressão é colorada.

Aos 10min, depois de bela triangulação entre Adriano, Fernandão e Iarley, este último é derrubado dentro da grande área por Paulinho. Portanto, pênalti. O capitão América, Fernandão, aos 11min33seg, bate no alto e sem chances para o goleiro Bruno, empatando a partida. 1 a 1. O Inter continua pressionando em busca da vitória que mantenha o clube entre os líderes do Campeonato Brasileiro.

Em outra jogada de qualidade de Adriano, aos 13min, o meia é empurrado por Marcelinho ao entrar na área. Pênalti para o Inter. Aos 14min17seg, Fernandão não perdoa e executa mais uma cobrança no alto, fora do alcance do goleiro, perfeita. Com dois gols de pênalti de Fernandão o Inter vira a partida contra o Flamengo no Maracanã. Agora 2 a 1 para o Inter.


O capitão América, Fernandão, marcou os dois gols da vitória

A partir de então, os dois times alternam lances de ataque, com o adversário querendo alcançar o empate em casa e os gaúchos no objetivo de garantir a vitória. Aos 24min, Rubens Cardoso recebe bom lançamento pela esquerda, no entanto o assistente erra ao dar impedimento. Aos 39min, o meia flamenguista Renato faz jogada pela esquerda, cruza rasteiro, mas os atacantes erram da bola. Depois de grande partida, Adriano e Iarley saem para a entrada dos jovens Caio e Luiz Adriano, respectivamente. Aos 45min, bom lance de Renato, o rubro-negro carioca tenta empatar, Rubens Cardoso afasta o perigo. Era a última chance e, aos 46min56seg, o árbitro Héber Roberto Lopes apita o final de partida. Vitória alvi-rubra: Flamengo 1x2 Inter.

Depois das duas boas vitórias longe do Beira-Rio, o Inter tem uma semana para descansar os jogadores da maratona de dois jogos por semana, tentar recuperar os lesionados, entre eles Alex, Fabinho, Wellington Monteiro e Elder Granja, integrar ao grupo os novos contratados Vargas, Pinga e Hidalgo, vai ter de volta os suspensos Edinho, Perdigão e Rentería e, claro, terá mais dias para preparar o time que enfrenta o Atlético-PR. A partida contra os paranaenses será domingo, no estádio Beira-Rio, às 18h10min, e o Inter - com um jogo a menos que a maioria dos adversários - encara o desafio em busca da liderança do Brasileirão.


Trabalho do técnico colorado Abel Braga foi exaltado pelos jogadores

"No intervalo o Abel mudou o esquema de jogo, tirou o zagueiro, já que estávamos muito recuados. Tomamos uma dura bem forte dele (Abel Braga) e voltamos melhor para o segundo tempo. Foi a vitória da pegada", avaliou Fabiano Eller.

"O professor Abel corrigiu o time no intervalo e o que ele disse realmente mexeu com o nosso brio e voltamos bem no segundo tempo, quando conseguimos a virada", completou Fernandão.

"Foram duas vitórias consecutivas fora de casa, mas o mais importante foi a mudança de postura do time no segundo tempo", concluiu o técnico colorado Abel Braga.

Flamengo (1): Bruno; Marcelinho, Fernando, Renato Silva e Juan (Fabiano Oliveira); Paulinho, Léo Medeiros (Júnior), Renato Silva e Renato Augusto; Walter Minhoca (Jajá) e Obina. Técnico: Ney Franco

Internacional (2): Clemer; Índio, Ediglê (Michel) e Fabiano Eller; Ceará, Álvaro, Maycon, Adriano (Caio) e Rubens Cardoso; Iarley (Luiz Adriano) e Fernandão. Técnico: Abel Braga.

Gols: Obina (F), aos 38min30seg do primeiro tempo, e Fernandão (I) de pênalti, aos 11min33seg e 14min17seg do segundo tempo. Cartões amarelos: Marcelinho, Juan e Jajá (F), e Fernandão (I). Público: 13.559. Arbitragem: Héber Roberto Lopes (FIFA), auxiliado por Roberto Braatz (FIFA) e Gilson Pereira (trio paranaense). Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro (RJ).


Outras notícias
Loja Virtual