15/06/2006

INTER ARRASA GRÊMIO E É CAMPEÃO BRASILEIRO SUB-20


Juniores com o troféu do Brasileiro Sub-20: Inter conquistou a primeira edição deste que é o principal campeonato da categoria no Brasil

O Internacional massacrou o Grêmio por 4 a 0 e conquistou o primeiro Campeonato Brasileiro Sub-20, no dia 15 de junho, no Estádio da Ulbra, em Canoas. Os gols colorados foram de Luiz Adriano (2), Ramon e Alexandre. Foi uma conquista mais do que justa. O Inter teve a melhor campanha, o goleador da competição (Alexandre, com sete gols) e a defesa menos vazada. Em oito jogos, foram seis vitórias, um empate e uma derrota. Em 2007, o Brasileiro Sub-20 será realizado novamente no Rio Grande do Sul e deverá iniciar em dezembro, logo após o final do Campenato Brasileiro da categoria profissional.


Alexandre com o troféu de artilheiro da competição

Nada mais lógico que no primeiro Campeonato Brasileiro Sub-20, o clube gaúcho com mais títulos nacionais e internacionais levantasse a taça. Enquanto o Inter já conquistou quatro Copas São Paulo de Juniores, o tradicional adversário permanece sem títulos na competição.


Técnico Osmar Loss vibra com a conquista em Canoas

Para conquistar mais uma taça, o técnico do Inter, Osmar Loss, apostou no esquema 4-4-2 com Luiz Adriano e Alexandre no ataque. Já o rival procurou uma escalação com mais jogadores no meio-campo e apenas Fernando Genro no ataque.


Em pé, da esq. para dir.: Osmar Loss (técnico), Marcelo Caliari (preparador físico), Diogo Rocha, Cauê, Edinho, Possebon, Cristian, Muriel e Daniel Pavan. Agachados: Luiz Adriano, Paulo Duarte (roupeiro), Ramon, Diogo, Fernando, Alexandre e Abu.

O jogo começou quente. A 1min20seg, Fernando Genro recebeu na área e chutou para defesa segura de Muriel. O Inter respondeu instantaneamente. A 1min40seg, Abu entrou na área e cruzou rasteiro. A bola cruzou toda a pequena área. Um minuto depois, o lateral-direito colorado Diogo cobrou falta por cima. Aos 6min30seg, Itaqui cobrou falta e Muriel fez boa defesa. Aos 12min45sg, o meio-campista Fernando, do Inter, arriscou de fora da área ao lado do gol.


Lateral Diogo tenta a jogada: Inter teve grande atuação

O Inter jogava melhor com mais posse de bola e toques envolventes, enquanto o Grêmio se posicionava na defesa, buscando os contra-ataques. O meia Ramon se destacava com sua habilidade e passes. Na frente, Abu, Alexandre e Luiz Adriano levavam perigo sobre o time tricolor.

Aos 19min40seg, Anderson concluiu cruzado, a bola desviou em Diogo e saiu ao lado do gol. Aos 21min45seg, o primeiro gol colorado. Ramon fez boa jogada pelo meio em velocidade e deu ótimo passe para Luiz Adriano. O atacante driblou o goleiro Cássio e foi derrubado na área: pênalti. Na cobrança, aos 22min45seg, o próprio Luiz Adriano cobrou bem: Inter 1 a 0.


Luiz Adriano marcou dois gols contra o Grêmio

Depois do gol, o time colorado se posicionou mais atrás e buscou os contra-ataques. O Grêmio tentou reagir, mas parou no bom sistema defensivo montado pelo técnico Osmar Loss. Aos 24min45seg, Carlos Eduardo recebeu na área e chutou para fora. Aos 27min40seg, o lateral Felipe tabelou e entrou na área e concluiu ao lado do gol.

O Inter respondeu aos 39min20seg com Ramon driblando um zagueiro e chutando por cima da entrada da área. Aos 42min, Carlos Eduardo recebeu cruzamento e cabeceou ao lado do gol na última chance da primeira etapa.
No intervalo, o Grêmio tentou mudar o jogo colocando o atacante Aloísio no lugar do meio-campista Diogo.

No começo do segundo tempo, um incidente lamentável: a torcida gremista localizada atrás do gol colorado jogou uma bomba próxima ao goleiro do Inter Muriel. O jogador caiu no chão e precisou ser atendido.


Alexandre deu trabalho à marcação gremista

A tentativa de apatifar o jogo da torcida tricolor parecia um prenúncio de que as coisas não seriam boas para ela. E não foi mesmo. Aos 9min55seg, o nigeriano Abu fez boa jogada pela direita e cruzou na medida para Ramon chutar de primeira no canto: 2 a 0.

Aos 18min, Abu deixou o gramado para a entrada de Taianan. Enquanto isso, desesperada pela superioridade do Inter, a torcida tricolor continuava a aprontar lances patéticos. Aos 21min, um torcedor do Grêmio invadiu o gramado e precisou ser carregado por seguranças da Federação Gaúcha de Futebol.


Jogadores vibram com a fiel torcida colorada ao fundo

Com a boa vantagem, o Inter se posicionou mais atrás e tratou de segurar o resultado, enquanto o Grêmio tentava pressionar sem sucesso. Aos 24min50seg, em uma cobrança de falta para a área, Caçapa cabeceou e Muriel defendeu. Aos 28min30seg, Aloísio recebeu livre na área e Muriel salvou com grande saída de gol.

Aos 33min, Revison tentou descontar em cobrança de falta e a bola passou perto. Mas foi o Inter que marcou de novo. Aos 34min30seg, Luiz Adriano tocou para Alexandre. O atacante matou na área e colocou no canto com muita categoria. Festa colorada em Canoas.


Grupo colorado festejou muito no Complexo Esportivo da Ulbra

Depois do terceiro gol, o time colorado passou a tocar mais a bola, enquanto a torcida colorada fazia a festa nas arquibancadas do Estádio da Ulbra com gritos de ?olé? e ?é campeão?. Pra deixar a festa completa, o Inter marcou mais um. Aos 43min50seg, Luiz Adriano recebeu grande lançamento de Diogo, driblou Cássio e tocou com precisão: 4 a 0.

A partir daí, foi uma festa só que aumentou tão logo o juiz encerrou a partida. Os jogadores correram para os torcedores e comemoraram muito. O zagueiro Cauê, capitão da equipe, ergueu o histórico troféu. Logo em seguida, os jogadores deram a volta olímpica.


Capitão Cauê recebe o troféu das mãos do coordenador das categorias de base da CBF, Branco

?É o campeonato brasileiro da categoria. É maior que a Copa São Paulo de Juniores porque participaram os maiores clubes. E o maior é o Internacional?, comemorou o técnico Osmar Loss.

?O mais importante para esta conquista foi a dedicação de todos?, afirmou o atacante Luiz Adriano.

Internacional (4): Muriel; Diogo, Cauê, Cristian e Edinho; Possebom (Rodrigo César), Fernando, Abu (Taianan) e Ramon (Farias); Luiz Adriano e Alexandre (Wellington). Técnico: Osmar Loss.

Grêmio (0): Cássio; Felipe, Caçapa, Leonardo e Anderson (Revison); William, Marcelo Costa (Vasco), Itaqui (Elton), Diogo (Aloísio) e Carlos Roberto; Fernando Genro (Jeisson). Técnico: Julinho Camargo.

Gols: Luiz Adriano (I), aos 22min45seg do primeiro tempo, Ramon (I), aos 9min55seg do segundo tempo, Alexandre (I), aos 34min30seg do segundo tempo, Luiz Adriano (I), aos 43min50seg do segundo tempo. Cartões amarelos: Cássio (G), Fernando, Cristian, Diogo (I). Arbitragem: Vinícius Costa. Local: Estádio da Ulbra, em Canoas.


O grupo campeão

Goleiros: Muriel e Diogo Rocha

Zagueiros: Cauê, Cristian e Dariano 

Laterais: Diogo Costa, Edinho, Ramon 

Volantes: Pierre, Fernando e Rodrigo César 

Meias: Taianan, Bruno Farias,  Possebom  e Salatiel  

Atacantes: Abu, Alexandre, Wellington, Geovanni e Luiz Adriano 


A campanha do Inter no Brasileirão Sub-20

1ª Fase

29/05 - Inter 0 x 2 Corinthians 

31/05 - Inter 6 x 2 Criciúma

Gols: Luiz Adriano (3), Alexandre (2) e Bruno Farias. 

02/06/06 - Inter 2 x 1 Paraná

Gols: Bruno Farias e Alexandre 

04/06 - Inter 1 x 0 Ponte Preta

Gol: Bruno Farias 

Oitavas-de-final

08/06 - Inter 5 x 0 Paraná

Gols: Alexandre (2), Luiz Adriano, Diogo Costa e Fernando 

Quartas-de-final

10/06 - Inter 1 x 0 São Paulo

Gol: Alexandre 

Semifinal

12/06 - Inter 1 x 1 Goiás (nos pênaltis 4 x 2) 

Gol: Cristian

Gols na decisão por pênaltis: Luiz Adriano, Wellington, Possebon e Pierre

Final

15/06 - Inter 4 x 0 Grêmio

Gols: Luiz Adriano (2), Ramon e Alexandre

Fotos: Daniel Boucinha


Outras notícias
Loja Virtual