30/04/2006

INTER VENCE E SOBE NO CAMPEONATO BRASILEIRO

O Internacional venceu o Flamengo no Beira-Rio por 1 a 0, na tarde deste domingo, em jogo válido pela terceira rodada do Brasileirão. O gol foi marcado por Alex, em um golaço de falta, aos 28min do primeiro tempo. Com o resultado, o time colorado subiu para a terceira colocação da competição com sete pontos em três jogos.


Show à parte: mais de 26 mil colorados vibraram num Beira-Rio que deve lotar contra o Nacional, quarta-feira, pela Libertadores

O Inter foi a campo com uma equipe cheia de modificações. Com o objetivo de poupar vários jogadores para o confronto decisivo diante do Nacional, na quarta-feira, pela Copa Libertadores da América, o técnico Abel Braga deu oportunidades a alguns jogadores que não vinham atuando.

As mudanças começaram pela defesa. Marcelo Boeck foi o goleiro, enquanto Índio, o estreante Wellington Monteiro entre os zagueiros e Ediglê formavam o bloqueio. Granja e Rubens Cardoso estiveram nas laterais. O meio-campo foi formado por Fabinho, Alex e Iarley. Na frente, Michel e Rentería, o herói da partida contra o Nacional na última quinta-feira.


Atacante Iarley foi o capitão do time contra o rubro-negro carioca

O primeiro tempo foi bastante corrido. O time carioca tentou tocar a bola para achar espaços e o Inter teve espaços para contra-ataques. Destaque para Wellington Monteiro, muito bem posicionado entre os zagueiros. No meio-campo, Alex esteve muito bem também com intensa movimentação e bons passes.

Nos primeiros 10 minutos, não houve conclusões com perigo na partida. O Flamengo com três volantes tinha dificuldade para criar. Aos 11min20seg, Rubens Cardoso foi a linha de fundo e cruzou para Fernando salvar de cabeça na pequena área para escanteio. Na cobrança, aos 11min45seg, Michel cabeceou e Diego salvou com boa defesa. Aos 12min25seg, Rubens Cardoso cruzou com perigo da esquerda e Michel quase alcançou na pequena área.

Aos 16min35seg, Juan arriscou de fora da área com força e Marcelo Boeck defendeu com segurança. Aos 18min50seg, Obinna recebeu na intermediária e chutou para fora. Aos 22min35seg, Rentería recebeu na área, girou e chutou rasteiro para fora. 


O meia Alex orienta os companheiros antes de cobrar falta

O gol do Inter nasceu em um lance de bola parada. Aos 28min, Alex cobrou falta da entrada da área com perfeição: a bola passou pela barreira e entrou no ângulo. Um golaço. Foi o segundo gol de Alex na temporada, ambos de bola parada, e o primeiro no Brasileirão.


Em cobrança de falta perfeita, Alex marca o gol da vitória colorada


Alex comemora dando cambalhotas e depois planta bananeira

Depois do gol, o time carioca tentou avançar mais, porém o Inter se posicionou bem na defesa e teve ainda mais espaços para os contra-ataques. Aos 29min45seg, depois de cobrança de falta para a área, Índio dividiu de cabeça com o goleiro Diego e a bola saiu ao lado do gol. Aos 45min25seg, Alex fez boa jogada, arrancando pelo meio, e tocou para Rentería chutar e o goleiro defender. Em seguida, aos 45min45seg, Obinna arriscou de fora da área e Marcelo Boeck defendeu em dois tempos. Foi o último lance da primeira etapa.

Para o segundo tempo, o Inter soube segurar o resultado e quase ampliou o resultado em vários lances de contra-ataque. Aos 7min45seg, Jônatas arriscou de fora da área por cima. O Inter respondeu em nova cobrança de falta de Alex que Índio marcou o gol de cabeça, mas o juiz anulou por impedimento. Aos 14min, o técnico do Flamengo, Waldemar Lemos, retirou Diego Silva e Juan e colocou Valter Minhoca e Vinícius em busca do empate. Aos 21min, o atacante Obinna se atirou na área, pedindo pênalti e, como já tinha cartão amarelo, foi expulso.


Ídolo da torcida colorada, Rentería deixa adversário caído após jogada

Aos 24min, o técnico Abel Braga decidiu mudar três jogadores de uma só vez: saíram Índio, Michel e Iarley e entraram Léo, Chiquinho e Ceará. Com isso, Ceará passou para a função de terceiro zagueiro, Chiquinho foi para o meio-campo e Léo se posicionou no ataque.

Aos 24min45seg, um grande susto. Valter Minhoca entrou na área e chutou rasteiro na trave. Aos 30min45seg, Léo fez boa jogada, entrou na área e a bola sobrou para Rubens Cardoso concluir rasteiro ao lado do gol. Aos 34min30seg, Vinícius cruzou da esquerda e Marcelo fez boa defesa.

Nos últimos minutos, o Inter quase ampliou em lances de contra-ataque. Aos 35min10seg, Rentería foi lançado, entrou na área e chutou para grande defesa de Digo, em boa saída do gol. Aos 37min, saiu Júnior e entrou Goeber. Em seguida, aos 37min20seg, Chiquinho cobrou falta e Diego fez grande defesa para escanteio. Aos 37min50seg, Léo recebeu passe de Chiquinho e chutou rasteiro para nova defesa de Diego.


Um dos titulares em campo, Elder Granja quase marcou gol

Aos 40min, Rentería passou por dois e concluiu por cima. Aos 40min40seg, Granja cruzou da direita para Rubens Cardoso que rolou até Rentería livre na área chutar forte por cima, desperdiçando ótima oportunidade. Aos 42min15seg, Granja recebeu passe de Léo, entrou na área e bateu rasteiro para defesa de Diego. Depois disso, o time soube conter os avanços do Flamengo e garantiu a segunda vitória na competição.

?Foi um bom jogo e conseguimos a vitória?, festejou Fabinho, um dos destaques da partida, na saída de campo.

?A luta foi muito grande e valeu pela vitória?, afirmou o zagueiro Ediglê.

?Perdemos oportunidades no contra-ataque, mas o importante foram os três pontos?, analisou Alex, autor do gol da vitória.

?Temos um grupo vencedor e conseguimos a vitória e os três pontos?, disse o vice-presidente de futebol, Vitório Piffero.

?Poderíamos ter saído com um resultado mais amplo pelo volume de chances desperdiçadas, mas valeu pelo resultado?, afirmou o técnico Abel Braga.

Internacional (1): Marcelo Boeck; Granja, Índio (Ceará), Ediglê e Rubens Cardoso; Fabinho, Wellington Monteiro, Iarley (Chiquinho) e Alex; Michel (Léo) e Rentería. Técnico: Abel Braga

Flamengo (0): Diego; Leonardo Moura, Fernando, Ronaldo Angelim e Juan (Valter Minhoca); Léo, Jonatan, Júnior (Goeber) e Renato; Diego Silva (Vinícius) e Obinna. Técnico: Waldemar Lemos

Gol: Alex (I), aos 28min do primeiro tempo. Cartões amarelos: Jônatas, Obinna, Júnior, Juan (F), Michel, Rubens Cardoso, Léo (I). Expulsão: Obinna (F). Renda: R$ 212.844,00. Público: 26.147 (21.588 pagantes). Arbitragem: Elvecio Zequetto (MS), auxiliado por Paulo Cesar Pereira de Freitas (MS) e Adnilson da Costa Pinheiro (MS). Local: Estádio Beira-Rio.

Fotos: Daniel Boucinha


Outras notícias
Loja Virtual