18/03/2006

INTER VENCE COM GOL DO COLOMBIANO RENTERÍA


O atacante Rentería fez seu oitavo gol pelo Inter

O Internacional venceu o Novo Hamburgo por 1 a 0 na tarde deste sábado no Beira-Rio, em partida válida pela quinta rodada do Grupo 4 do Gauchão. O gol foi marcado por Rentería, aos 15min15seg do segundo tempo em grande lançamento de Alex. Com o resultado, o time colorado, que já está classificado para as finais, manteve os 100% nesta fase da competição. Foram cinco vitórias em cinco jogos.

O Inter entrou em campo com uma equipe formada pela maioria de jogadores que não vinham atuando no time principal. A novidade ficou por conta da presença de Rafael Sobis, que retornou depois de 45 dias de lesão. Outra atração foi o retorno de Alex, que disputou a sua primeira partida oficial da temporada, depois de se curar de uma lesão no púbis. Chiquinho foi testado no meio-campo ao lado de Alex, no setor de articulação da equipe. Sobis formou o ataque com o colombiano Rentería.


Chiquinho atua como meia-atacante e faz boa partida

O primeiro tempo começou com muita marcação das duas equipes, o que provocava poucas chances de gol. Os times não conseguiam espaços para penetrarem nas áreas. Com isso, os arremates nos primeiros minutos só surgiam de fora da área. Foi assim aos 4min30seg em uma conclusão de Ediglê, na qual a bola foi por cima do gol. O Novo Hamburgo respondeu da mesma maneira com um chute de Pedro Ayub que Marcelo Boeck defendeu.

Aos 22min, o Novo Hamburgo tentou surpreender com um chute forte de Polaco, que Marcelo defendeu em dois tempos. A primeira chance em conclusão na área surgiu só aos 23min50seg quando Jorge Wagner cruzou da direita e Ediglê cabeceou para boa defesa de Luciano. Aos 33min10seg, Alex roubou a bola da defesa, entrou na área e chutou forte por cima, passando perto.

O Inter só ameaçou mais nos últimos cinco minutos. Aos 40min55seg, Jorge Wagner cruzou e Dias cabeceou, marcando gol contra, mas o juiz Ronaldo Santos da Silva anulou o lance alegando que Rentería empurrou o jogador. Aos 42min45seg, Alex chutou forte de fora da área, a bola quicou no gramado e acertou o poste. Aos 43min20seg, depois de cobrança de escanteio, a bola sobrou para Daniel Marques na área que concluiu forte e Luciano fez grande defesa. Foi a última chance da primeira etapa.


Alex (foto) formou um forte trio de canhotos com Chiquinho e Jorge Wagner


Rafael Sobis, craque do Brasileirão 2005, volta depois de se recuperar de lesão

No intervalo, o técnico Abel Braga retirou o volante Álvaro e colocou Maycon. O time voltou a campo mais avançado em busca da vitória. Logo aos 55seg, Alex arriscou de fora da área e a bola passou perto, por cima. Depois disso, o jogo caiu um pouco de ritmo com o Novo Hamburgo postado com praticamente todos os jogadores atrás e buscando os contra-ataques. Aos 12min45seg, Maycon tentou de longe e a bola foi por cima. Aos 14min08seg, em contra-ataque, Dudu entrou na área e concluiu cruzado para fora.

O Inter respondeu com eficiência: aos 15min15seg, Alex deu grande lançamento para Rentería, que matou a bola na área e colocou com o pé esquerdo no canto: 1 a 0. Foi o terceiro gol do colombiano no Gauchão e o quarto na temporada.


O colombiano observa a bola rumo às redes no gol da vitória

O Novo Hamburgo tentou reagir com duas mudanças: saíram Dudu e Alessandro e entraram Duda e Maiquel. Mas foi o Inter que quase marcou outro gol. Aos 20min55seg, Rafael Sobis deu grande passe para Maycon que entrou na área e chutou para grande defesa de Luciano.

Aos 25min40seg, Alex tentou encobrir o goleiro Luciano e acertou o travessão, quase marcando um golaço. Aos 26min20seg, Polaco bateu na entrada da área e Marcelo fez importante defesa. Aos 30min, Daniel Marques foi substituído por João Guilherme no Inter, enquanto Washington saiu para a entrada de Rafael Neto no Novo Hamburgo.

Aos 35min50seg, Chiquinho avançou pelo meio e chutou com muito perigo ao lado do gol. Em seguida, Chiquinho saiu muito aplaudido pela torcida para dar lugar a Léo. Aos 36min30seg, Rentería roubou a bola de Dias e tentou surpreender Luciano, mas a bola saiu ao lado do gol. Aos 40min50seg, um susto pra a torcida colorada: Maiquel subiu livre na área e cabeceou por cima. Depois disso, o time colorado se fechou mais e garantiu mais uma vitória no Gauchão.


Torcida colorada mais uma vez deu show, cantando e vibrando do início ao fim

?Conseguimos manter a boa seqüência de vitórias que a equipe vem tendo?, festejou Jorge Wagner, na saída de campo.

?A campanha mostra que o Inter tem qualidade. O que valeu foi o espírito de luta?, afirmou Élder Granja.

?Para primeiro jogo, foi ótimo porque consegui jogar toda a partida. Mas é claro que tem muito a melhorar ainda?, avaliou o atacante Rafael Sobis, que retornou depois de lesão no joelho.

?Superamos a falta de entrosamento com muita luta. Todo mundo lutou muito. Me sinto muito feliz. A torcida incentivou os 90 minutos e isso é muito legal. Temos que enaltecer isso?, afirmou o técnico Abel depois da partida.

Internacional (1): Marcelo Boeck; Elder Granja, Daniel Marques (João Guilherme), Ediglê e Jorge Wagner; Álvaro (Maycon), Edinho, Alex e Chiquinho (Léo); Rafael Sobis e Rentería. Técnico: Abel Braga.

Novo Hamburgo (0): Luciano; Sidnei, Dias e Sandro Blum; Dudu (Maiquel), Itaqui, Polaco, Pedro Ayub e Alessandro (Duda); Giancarlo e Washington (Rafael Neto). Técnico: Gilmar Iser.

Gol: Rentería (I), aos 15min15seg do segundo tempo. Cartões amarelos: Sandro Blum, Giancarlo (NH), Alex, Ediglê (I). Renda: R$ 53.259,00. Público: 13.910. Arbitragem: Ronaldo Santos da Silva, auxiliado por Paulo Ricardo Conceição e João Kafrouni. Local: Estádio Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual