12/03/2006

VITÓRIA GARANTE INTER NA FINAL DO GAUCHÃO


Inter, de Mossoró, venceu o Caxias por 3 a 0 e garantiu a vaga antecipada

O Internacional venceu o Caxias por 3 a 0, em partida disputada neste domingo no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, e classificou-se para a final do Gauchão com duas rodadas de antecipação. Os gols colorados foram marcados por Márcio Mossoró, Iarley e Fabinho. Com o resultado, o Inter foi a 12 pontos, conquistou o Grupo 4 e manteve a melhor campanha geral da competição. 

O Inter foi a campo com a equipe titular e apenas duas mudanças em relação à formação que iniciou o confronto contra o Pumas. Perdigão entrou no lugar de Edinho, no meio-campo, enquanto Márcio Mossoró recebeu uma chance na vaga de Michel, poupado.

Como uma vitória praticamente garantiria a classificação para a final antecipadamente, o Inter tratou de partir para cima cedo. Aos 3min, Iarley recebeu na entrada da área e chutou rasteiro, na rede pelo lado de fora. Aos 5min45seg, Mossoró entrou na área, driblou um zagueiro e chutou para grande defesa de Ricardo.

A partir dos 10 minutos, o jogo ficou mais equilibrado e o Caxias passou a ameaçar mais, que jogava pela sobrevivência das chances de classificação. Aos 14min35seg, Jean Michel roubou a bola na entrada da área, avançou e chutou rasteiro para defesa de Clemer. Aos 16min20seg, Thoni tabelou com Neném e concluiu de fora da área para nova defesa do goleiro colorado.

Aos 18min18seg, Thoni cruzou da direita, Aílton desviou com o bico da chuteira e Clemer fez grande defesa no ângulo. Em seguida, aos 18min50seg, um grande susto para a torcida colorada. Depois de escanteio, Luciano cabeceou livre na pequena área por cima. O Inter respondeu aos 19min45seg quando Tinga pegou rebote de fora da área e arrematou por cima.

Aos 20min45seg foi a vez de Thoni arriscar de longe ao lado do gol. Aos 22min20seg, Jean Michel concluiu cruzado dentro da área e Clemer fez boa defesa. Aos 23min50seg, Fernandão recebeu grande passe de Iarley e encobriu o goleiro Ricardo com a bola passando perto.

Aos 25min40seg um lindo gol do Inter. Fabinho recebeu de Perdigão, avançou até a intermediária e tocou para Tinga, que achou Iarley, que deu um lindo toque para Mossoró, tudo de primeira. O meia-atacante chutou forte de pé esquerdo no canto: 1 a 0.

Aos 32min, o Caxias modificou o esquema tático com uma substituição. Saiu o zagueiro Marcelo Miguel e entrou o volante Aldo. Com isso, o time passou do 3-5-2 para o 4-4-2. Aos 38min, depois de cruzamento para a área, Michel cabeceou por cima com perigo. Aos 44min20seg, em uma boa troca de passes, Fernandão deixou Tinga livre para o chute na área, mas o goleiro Ricardo defendeu. Foi a última oportunidade da etapa.

Logo na abertura do segundo tempo, o Inter marcou de novo, dessa vez em um lance pouco comum no futebol. Aos 3min25seg, Ceará cobrou lateral para a área direto no pé direito de Iarley que chutou de primeira no canto: 2 a 0. Aos 8min10seg, Tinga cruzou, a zaga salvou parcialmente e Mossoró concluiu por cima. Aos 12min30seg, Ceará deu grande lançamento para Mossoró, mas Ricardo salvou em grande saída do gol.

Aos 13min30seg, saiu Neném e entrou Vagner no Caxias. Aos 17min5seg, o lateral Thoni recebeu na entrada da área e chutou ao lado do gol. Aos 18min e aos 19min, Tinga e Fernandão deixaram o campo para as entradas de Edinho e Rentería. Os dois foram muito aplaudidos pela torcida colorada, que compareceu em grande número ao Estádio Centenário.

Depois disso, o jogo diminuiu bastante de ritmo. O Inter se postou mais atrás para garantir o resultado sem maiores problemas, enquanto o Caxias parecia não ter força para reagir. Aos 26min30seg, Aílton arriscou de fora da área e Clemer defendeu. Aos 34min, Léo entrou no lugar de Mossoró. Aos 45min20seg, Fabinho dividiu com Luciano na frente da área, a bola bateu no volante colorado e entrou: 3 a 0 e festa colorada. Foi o primeiro gol de Fabinho com a camisa do Inter.

O resultado garantiu o título do Grupo 4 do Gauchão com 12 pontos, faltando duas rodadas para o final. O time colorado, que conta com a melhor campanha do Gauchão até o momento, já tem garantida a vaga na decisão em busca do Pentacampeonato e aguarda pelo adversário que sairá do Grupo 5 entre Grêmio e Juventude.

?A classificação mostrou que o trabalho foi bem feito. Se eu fosse torcedor do Inter, eu ficaria orgulhoso destes jogadores. Deixei eles bem à vontade para quem quisesse jogar hoje devido ao desgaste dos últimos jogos e todos quiseram jogar. Isso me dá orgulho porque é um grupo muito bom?, elogiou o técnico Abel Braga.

?Vamos esperar pra ver quem será o adversário na final. Temos muito respeito pelos adversários, mas temos convicção que contamos com qualidade para vencer?, projetou o presidente Fernando Carvalho.

?Seja contra o Grêmio ou contra o Juventude, é clássico e será muito difícil?, afirmou o vice-presidente de futebol, Vitório Piffero, em relação ao adversário da final.

?Temos que continuar o trabalho com os pés no chão. Ainda não vencemos nada?, alertou o volante Fabinho, autor do terceiro gol diante do Caxias.

?Vamos trabalhar bastante para chegar bem na final. O que vier a gente está bem preparado?, afirmou o goleiro Clemer.
 
Caxias (0): Ricardo; Michel, Marcelo Miguel (Aldo) e Luciano; Thoni, Wellington Amorim, Eduardo, Neném (Vágner) e Rodrigo (Gavião); Aílton e Jean Michel. Técnico: Abel Ribeiro.

Internacional (3): Clemer; Ceará, Bolívar, Fabiano Eller e Rubens Cardoso; Fabinho, Perdigão, Tinga (Edinho) e Mossoró (Léo); Iarley e Fernandão (Rentería). Técnico: Abel Braga.

Gols: Márcio Mossoró (I), aos 25min40seg do primeiro tempo, Iarley (I), aos 3min25seg do segundo tempo, Fabinho (I), aos 45min20seg. Cartões amarelos: Jean Michel, Rodrigo, Michel (C), Perdigão, Iarley, Bolívar (I). Arbitragem: Leandro Vuaden, auxiliado por José Franco Filho e Marcelo Barison. Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul.

Foto/capa: Daniel Boucinha


Outras notícias
Loja Virtual