1º/03/2006

INTER VENCE O NOVO HAMBURGO


Inter, de Michel, segue forte em busca do penta (foto: Jefferson Bernardes/VIPCOMM)

O Internacional venceu o Novo Hamburgo por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, em Novo Hamburgo, e manteve 100% de aproveitamento no quadrangular semifinal do Gauchão. Rentería e Michel marcaram os gols da equipe colorada. Giancarlo descontou para o time do Vale dos Sinos. Com o resultado, o Inter isolou-se na liderança da Chave 4 com seis pontos.

O Inter foi a campo com alterações. Fernandão, com uma pequena lesão, e Clemer, gripado, foram substituídos por Marcelo Boeck e Rentería, respectivamente. O jogo começou truncado no Estádio Santa Rosa. A forte marcação apresentada pelas duas equipes acabava resultando em um número excessivo de faltas. As primeiras chances de gol foram criadas pelo Novo Hamburgo. Aos 7min50sg, Giancarlo cabeceou com perigo e Marcelo Boeck afastou de soco para fora da área. Aos 10min, Dudu chutou de fora da área e a bola passou sobre o gol. O time do Vale dos Sinos quase abriu o placar aos 18min: Dias cabeceou para grande defesa de Marcelo Boeck. A bola ainda tocou na trave antes de sair para escanteio. O Inter respondeu aos 19min30seg, em um chute cruzado de Rubens Cardoso que passou por cima do travessão. Aos 20min, Itaqui chutou para defesa segura do goleiro colorado.

A partir dos 20min, o Inter adiantou a marcação e dificultou a saída de bola do Novo Hamburgo. Tinga, Perdigão e Michel criavam boas jogadas no meio-campo, e no ataque, Rentería e Iarley movimentavam-se intensamente, dando trabalho à zaga adversária. Aos 21min35seg, Ceará chutou desviado para escanteio. Aos 23min30seg, Rentería arriscou de longe e marcou um golaço: a bola desviou na zaga e entrou no ângulo direito do goleiro Luciano. Foi o segundo gol do atacante colombiano no Gauchão.

O Inter manteve-se no ataque em busca do segundo gol. Aos 32min30seg, Rubens Cardoso cruzou e a bola passou muito próxima à trave esquerda. Um minuto depois, Tinga cabeceou fraco nas mãos de Luciano. A equipe colorada ampliou o placar em um contra-ataque, aos 37min20seg: Iarley avançou pelo meio em alta velocidade e passou na medida para Michel no interior da área. O meia-atacante chutou forte no ângulo esquerdo e marcou seu quinto gol na competição. Já no final do primeiro tempo, aos 41min, Tinga fez grande jogada no interior da área e tocou para Ceará. O lateral cruzou e Iarley desviou com perigo para fora.

No segundo tempo, Edinho entrou no lugar de Perdigão, lesionado. Precisando reverter o placar, o Novo Hamburgo lançou-se ao ataque. No entanto, o time comandado por Gilmar Iser esbarrava na forte marcação colorada e tentava chegar ao gol somente através de chutes de longa distância. Aos 6min15seg, Preto arriscou de fora da área e a bola tomou muita elevação. Aos 7min50seg, Washington chutou de longe, sem oferecer perigo à meta colorada. O Inter valorizava a posse de bola e investia no ataque a partir de tabelas rápidas. Aos 9min 50seg, o goleiro Luciano afastou um cruzamento, e no rebote, Iarley chutou de primeira para fora. A bola passou rente à trave esquerda. O Novo Hamburgo ameaçou aos 12min: Washington tabelou com Giancarlo, e no interior da área, chutou cruzado para grande defesa de Marcelo Boeck. Aos 20min45seg, Washington, novamente, chutou no meio do gol para defesa tranqüila de Boeck.

Aos 26 minutos, Abel Braga alterou a equipe colocando Mossoró e Jorge Wagner nos lugares de Michel e Rentería, respectivamente. Aos 28min50seg, Mossoró fez boa jogada pelo meio e tocou para Iarley no interior da área. Na tentativa de dominar, o atacante adiantou demais a bola e facilitou a defesa de Luciano. O Novo Hamburgo quase marcou aos 34min, em uma cabeçada de Luis Henrique que passou sobre o travessão. Aos 35min, por pouco o Inter não ampliou: Iarley chutou da entrada da área e a bola acertou a trave esquerda. Aos 43min, Giancarlo desviou uma cobrança de escanteio e descontou para o Novo Hamburgo. A partir de então, o Inter prendeu a bola no ataque e administrou o resultado até o apito final. No próximo sábado, a equipe colorada enfrenta o Caxias, às 16h, no Beira-Rio, na última rodada do 1º turno do quadrangular semifinal.

"Sabíamos que seria uma partida difícil, mas soubemos nos defender e atacar com qualidade no momento certo", analisou o técnico Anel Braga ao final da partida.

"Construímos uma boa vantagem no Gauchão com as duas vitórias seguidas. Vamos seguir trabalhando com dedicação para aproveitar as chances no time", afirmou Marcelo Boeck, um dos destaques do jogo.

"O time está em uma boa fase e o torcedor sabe disso. O jogo contra o Caxias é muito importante para encaminharmos a classificação à final. Esperamos mais de 25 mil colorados no Beira-Rio", projetou o vice-presidente de futebol Vitório Piffero.

Novo Hamburgo (1): Luciano; Dudu (Rafael Neto), Marcelo, Dias (Alessandro) e Luis Henrique; Pedro Ayub, Itaqui, Sidiney e Preto; Washington (Duda) e Giancarlo. Técnico: Gilmar Iser.

Inter (2): Marcelo Boeck; Ceará, Fabiano Eller, Bolívar e Rubens Cardoso; Fabinho, Perdigão (Edinho), Tinga e Michel (Mossoró); Iarley e Renteria (Jorge Wagner). Técnico: Abel Braga.

Gols: Rentería (I), aos 23min30seg do primeiro tempo, Michel (I), aos 37min20seg do primeiro tempo, e Giancarlo (NH), aos 43 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos: Perdigão (I) e Bolívar (I); Marcelo, Dias e Alessandro (NH). Arbitragem: Carlos Simon (Fifa), auxiliado por Sérgio Cordeiro Filho e Júlio Espinoza de Freitas. Local: Estádio Santa Rosa, em Novo Hamburgo.

 


Outras notícias
Loja Virtual