12/02/2006

EMPATE EM CAMPO BOM ANTES DA LIBERTADORES

O Internacional empatou sem gols com o 15 de Novembro em partida realizada neste domingo em Campo Bom válida pela nona rodada da Chave 1 do Gauchão. Com o resultado, o Inter foi a 20 pontos. O time já havia garantido o título da Chave e a classificação para a próxima fase na partida anterior. Agora, a equipe se volta para a estréia na Libertadores na próxima quinta-feira diante do Maracaibo, na Venezuela.

Sob um calor de quase 40 graus em Campo Bom, o Inter foi a campo com o time que deve estrear na Libertadores na próxima quinta-feira diante do Maracaibo, com exceção de Fernandão, que foi poupado. Com isso, o colombiano Rentería recebeu uma chance no comando do ataque.
O time colorado teve dificuldades nos primeiros 45 minutos. Com as dimensões reduzidas do gramado Sady Schmidt e a forte marcação do time de Campo bom, o Inter não encontrava espaços para atacar. A única opção era os avanços pela direita de Ceará, que buscava os cruzamentos para a área.

Os primeiros 10 minutos foram de pressão do 15. A 1min10seg, Rudinei cruzou da direita e Bebeto cabeceou ao lado do gol. Aos 2min20seg, depois de escanteio, Valdeir cabeceou e a bola passou muito perto da trave. Aos 10min40seg, Aldrovani cruzou da esquerda e Clemer salvou com a saída corajosa nos pés de Bebeto.

Aos 13min45seg, Fabinho recebeu na entrada da área e chutou rasteiro para fora. Aos 21min50seg, Michel arriscou da intermediária, mas a bola subiu muito. Aos 26min25seg, Cadu cobrou falta, Bebeto cabeceou e Clemer fez grande defesa para escanteio. Aos 29min40seg, Bebeto recebeu na área e tocou e tocou na saída de Clemer, mas Fabiano Eller salvou na pequena área, quando a bola estava entrando.

Aos 32min45seg, Bebeto chutou de fora da área para defesa segura de Clemer. Aos 37min40seg, Iarley recebeu na entrada da área e chutou rasteiro para boa defesa de Márcio. Aos 39min10seg, Ceará recebeu na área e cruzou rasteiro para Marcão salvar na pequena área.

Aos 43min50seg, o árbitro Leonardo Gaciba aprontou de novo. A exemplo do que havia feito em 2000, em um Gre-Nal no qual Ronaldinho marcou um gol depois de matar a bola com a mão, desta vez foi Bebeto que ganhou uma jogada dominando a bola no braço. Gaciba não viu novamente, mandou a jogada seguir e Bebeto foi derrubado por Rubens Cardoso, quando entrava na área. Gaciba então expulsou Rubens Cardoso. Aos 46min, Rudinei cobrou falta com violência e Clemer fez defesa sensacional, na última chance do primeiro tempo.

No intervalo, o técnico Abel Braga retirou Rentería e colocou Jorge Wagner para recompor a defesa. Além disso, recuou Edinho para a zaga e modificou o esquema para um 3-4-2, com Bolívar, Edinho e Fabiano Eller na defesa, Ceará, Fabinho, Tinga e Jorge Wagner no meio e Michel e Iarley no ataque.

Apesar de estar com um jogador a menos, o Inter voltou a campo dominando a partida. Aos 4min, Iarley recebeu grande lançamento de Ceará e chutou cruzado para fora. Aos 5min25seg, Michel cruzou da direita e Iarley, livre na pequena área, concluiu por cima, perdendo a melhor chance colorada na partida.

Aos 9min20seg, Jorge Wagner cruzou da esquerda e Michel quase alcançou, de frente para o goleiro. Aos 11min, o 15 mudou: saiu Cris e entrou Doriva. Aos 11min20seg, Valdeir cruzou e Aldrovani concluiu de primeira para fora. Aos 16min30seg, Iarley saiu para dar lugar a Mossoró. Aos 16min45seg, Jorge Wagner passou por dois e chutou por cima. Aos 18min10seg, Mossoró arriscou de fora da área ao lado do gol. Aos 19min30seg, nova mudança no 15: Valdeir saiu e entrou João Henrique.

Aos 29min45seg, Aldrovani e Bebeto tabelaram e Aldrovani chutou ao lado do gol. Aos 31min, Doriva chutou de fora da área para defesa de Clemer. Aos 35min, saiu Ceará, com câimbras, e entrou Granja. Aos 26min40seg, Granja tabelou com Tinga, driblou um zagueiro e cruzou para Jorge Wagner chutar de fora da área ao lado, com perigo. O 15 respondeu com um chute de João Henrique que Clemer defendeu. Depois disso, a partida não teve mais chances de gol, terminando com o empate em 0 a 0.

?A equipe está de parabéns pela dedicação e o empenho?, afirmou Michel, na saída do campo.

?O time se comportou bem e tem tudo para fazer um bom jogo na Libertadores?, avaliou Edinho, em relação à estréia diante do Maracaibo na próxima quinta-feira.

?Estamos pronto para a Libertadores?, atestou Fabiano Eller.
?Com um jogador a menos, o time se desgastou mais. Pela luta e pela falta de critério do juiz, merecíamos um resultado melhor?, disse o técnico Abel Braga.

15 de Novembro (0): Márcio; Cadu, Marcão, Marília e Cris (Doriva); Edmilson, Rudinei, Valdeir (João Henrique) e Paulinho (Canhoto); Aldrovani e Bebeto. Técnico: Leandro Machado.

Internacional (0): Clemer; Ceará (Granja), Bolívar, Fabiano Eller e Rubens Cardoso; Edinho, Fabinho, Tinga e Iarley (Mossoró); Michel e Rentería (Jorge Wagner). Técnico: Abel Braga.

Cartões amarelos: Cris, Bebeto, Marília, Paulinho e Rudinei (15), Bolívar, Edinho (I). Expulsão: Rubens Cardoso (I). Renda: R$36.300,00. Público: 1.636. Arbitragem: Leonardo Gaciba, auxiliado por Luiz Roberto Guaranha e Marcos Viana Ibanez. Local: Estádio Sady Schmidt, em Campo Bom.



Outras notícias
Loja Virtual