28/01/2006

INTER VENCE O CAXIAS COM DOIS GOLS DE FERNANDÃO


Fernandão marca duas vezes na estréia em 2006 (foto: Jefferson Bernardes/VipComm)

O Internacional venceu o Caxias por 2 a 0 na tarde deste sábado no Beira-Rio em partida válida pela quarta-rodada do Gauchão. Os dois gols foram marcados por Fernandão. Com o resultado, o time colorado alcançou nove pontos em 12 possíveis no Grupo 1 da competição.

O Inter foi a campo com algumas novidades. O técnico Abel Braga promoveu os retornos do goleiro Clemer, do volante Tinga e do meia-atacante Fernandão, que ainda não haviam atuado na temporada.

A equipe teve dificuldades no primeiro tempo para criar lances de gol. O Caxias marcou bem, fez muitas faltas na intermediária parando o jogo e diminuiu os espaços para o Inter, que forçou as jogadas com Fernandão pelo meio como se fosse um pivô distribuindo a bola para os companheiros.


Fernandão participou ativamente da articulação no meio-campo

Aos 2min25seg, Fernandão deu bom passe para Rubens Cardoso que avançou pela esquerda e cruzou para Ricardo defender. Aos 6min30seg, Mossoró cruzou da direita e Tinga cabeceou por cima, na primeira grande chance colorada.  Aos 12min50seg, Tinga cruzou e Fernandão cabeceou para defesa de Ricardo.

Aos 25min50seg, a melhor chance do Inter. Iarley roubou a bola na intermediária, avançou até a entrada da área e chutou colocado para fora, com muito perigo. Aos 34min, saiu Rubens Cardoso lesionado e entrou Ceará improvisado na lateral-esquerda.


Iarley mostrou muita movimentação em campo

Nos últimos minutos, o Inter tentou pressionar mais. Aos 43min35seg, Mossoró cruzou rasteiro da direita e quase Fernandão alcançou na pequena área. Aos 45min10seg, ocorreu o inverso: Fernandão quem deu o passe para Mossoró na área, que chutou sobre o corpo de um zagueiro. Foi a última chance na primeira etapa.

No invervalo, o técnico Abel Braga retirou Mossoró e colocou Léo em busca da vitória.

Na abertura do segundo tempo, o Caxias tentou surpreender com um chute da intermediária de Aílton que Clemer defendeu com segurança. O time colorado respondeu com força aos 3min. Iarley cruzou da direita na medida para Fernandão cabecear de peixinho e abrir o placar: 1 a 0.


Léo (C) e Iarley (D) comemoram o segundo gol de Fernandão

Aos 8min35seg, quase o segundo gol. Iarley tabelou com Fernandão, entrou na área e chutou cruzado para fora. Aos 14min45seg, Fernandão atuando como centroavante decidiu novamente. Granja cruzou da direita na medida para ele, que matou a bola e chutou forte no alto: 2 a 0.

Depois dos gols, a partida diminuiu de ritmo. Aos 23min20seg, Toni cobrou falta da esquerda e Clemer fez boa defesa. Aos 24min, o Caxias trocou pela primeira vez: saiu Aldo e entrou Altieri. Aos 26min20seg, Ceará cobrou falta da intermediária no ângulo, mas Ricardo salvou com grande defesa. Aos 29min, Abel retirou Perdigão e colocou Edinho para fechar mais o meio-campo. O Caxias respondeu com a entrada de Rafael no lugar de Rodrigo. Três minutos depois, Clodoaldo entrou na vaga de Wagner no Caxias.

Aos 35min30seg, Iarley tocou para Fernandão que não conseguiu dominar a bola, mas o lance enganou o goleiro Ricardo que deixou a bola passar e quase Tinga alcançou na pequena área. Aos 46min, quase o Inter chegou ao terceiro gol. Léo e Tinga tabelaram até que o volante, na entrada da área, chutou colocado e Ricardo fez grande defesa.

"Foi um jogo difícil, mas a equipe soube aproveitar as chances que teve para marcar", afirmou o técnico Abel Braga ao final do jogo.

"É maravilhoso estreiar na temporada marcando dois gols. Isso dá ainda mais motivação para trabalhar", comemorou o atacante Fernandão.

"O Caxias marcou muito bem no primeiro tempo, mas na segunda etapa a qualidade do Inter fez a diferença", analisou o vice-presidente de futebol Vitório Piffero.

Internacional (2): Clemer; Granja, Bolívar, Fabiano Eller e Rubens Cardoso (Ceará); Fabinho, Perdigão (Edinho), Tinga e Mossoró (Léo); Iarley e Fernandão. Técnico: Abel Braga.

Caxias (0): Ricardo; Toni, Michel, Marcelo Miguel e Rodrigo (Rafael); Carlos Alberto, Wellington Monteiro, Eduardo e Aldo (Altieri); Wagner (Clodoaldo) e Aílton. Técnico: Abel Ribeiro.

Gols: Fernandão (2, I), aos 3min do segundo tempo e aos 14min45seg do segundo tempo. Cartões amarelos: Ailton, Carlos Alberto, Aldo, Wagner (C), Perdigão, Tinga (I). Renda: R$ 70.455,00. Público: 11.089 (9.064 pagantes). Arbitragem: Leonardo Gaciba, auxiliado por José Otávio Bitencourt e Paulo Ricardo Conceição. Local: Estádio Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual