25/10/2009

Destaques da vitória no clássico 378

O acerto do esquema tático

O técnico Mário Sérgio definiu um esquema 4-4-2 para o clássico. Com duas linhas de quatro jogadores, formou um paredão no qual a equipe adversária passou a tarde inteira sem conseguir passar. O time adversário praticamente não teve chances de gol, se limitando a cruzamentos para a área e chutes de longa distância. ]


Mário Sérgio com D'Alessandro comemoram ao final do jogo

Giuliano volta bem

O meia Giuliano voltou com uma boa atuação. Ajudou bastante na marcação e foi um dos pilares das jogadas de contra-ataque coloradas. O garoto que foi vice-campeão mundial Sub-20 pela seleção brasileira completou o seu 39º jogo pelo Inter.

Daniel mostrou personalidade

Daniel teve pela frente um clássico Gre-Nal, o jogo mais importante do nosso Estado. Com apenas 19 anos recém completados, Daniel não se abalou com a pressão natural de um jogo desse porte e teve atuação segura e com personalidade na lateral-direita. Além de marcar forte, ainda conseguiu avançar em alguns lances, principalmente no primeiro tempo.

Índio, um leão na defesa

Índio sabe como poucos jogar bem um clássico Gre-Nal. Já marcou cinco gols decisivos no maior jogo do Rio Grande do Sul. Na tarde deste domingo, foi decisivo novamente, vencendo todas as batalhas individuais com os avantes tricolores. O zagueirão, um dos heróis das conquistas da Libertadores e do Mundial, completou neste domingo a sua 235ª partida com a camisa colorada.

Guiñazu, o bravo de sempre

O argentino Guinãzu mais uma vez foi um leão na frente da defesa. Combateu o jogo inteiro as jogadas adversárias e ainda puxou inúmeros contra-ataques para o Inter. Um show de atuação do gringo.

Torcida colorada faz a festa

E mais uma vez deu Inter em um clássico Gre-Nal. E mais uma vez a torcida colorada fez uma grande festa com a vitória colorada. Apoiou o tempo todo, vaiou o adversário, marcou de cima com xingamentos alguns jogadores que visivelmente se perturbaram com isso como o argentino Herrera e o goleiro Victor, que protagonizaram algumas jogadas bisonhas. Em uma delas, Victor deixou a bola passar por baixo do pé e deu escanteio para o Inter. Em outra, Herrera foi tentar o cruzamento e chutou o próprio pé, saindo com bola e tudo pela linha de fundo.


Torcida colorada deu um show no Gigante


Outras notícias
Loja Virtual