19/08/2009

Inter perde a primeira no Beira-Rio

O Internacional foi derrotado por 2 a 1 pelo Corinthians na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, em jogo válido pela 20ª rodada do Brasileirão. Alecsandro marcou para o time colorado. Chicão e Jorge Henrique fizeram dois gols em posição de impedimento validados pela arbitragem. Foi a primeira derrota do Inter em casa na competição, que caiu para a quarta posição.

O Internacional enfrentou o Corinthians pela quarta vez na temporada com alguns desfalques. Magrão e Índio se recuperam de problemas médicos. Já D´Alessandro, Taison e Kléber estavam suspensos. Os novos contratados Edu e Fabiano Eller ainda não têm condições físicas de estrear.

No ataque, Bolaños ganhou uma chance ao lado de Alecsandro. Danilo foi o lateral pela direita e Marcelo Cordeiro pela esquerda. O Corinthians também teve uma série de desfalques. Em resumo, foram times bem distintos dos que se enfrentaram na final da Copa do Brasil, no começo de julho.

O jogo

Logo a 1min, depois de escanteio, a bola foi cabeceada por Henrique, mas Lauro defendeu, sem problemas. O Corinthians começou forçando as jogadas de bola parada com escanteios e faltas para a área. O Inter chegou forte aos 4min. Danilo foi à linha de fundo e cruzou para Bolaños cabecear e o goleiro defender. Aos 6min, Andrezinho cobrou escanteio, Sorondo subiu e cabeceou, mas a bola não foi em direção ao gol, e a defesa afastou.

Aos 10min, após falta cobrada da esquerda, Chicão cabeceou na pequena área e a bola tocou na trave. No rebote, o próprio Chicão concluiu forte para abrir o placar. 1 a 0. O Inter respondeu aos 14min: Danilo foi à linha de fundo e cruzou da direita, a bola sobrou para Marcelo Cordeiro, na área, chutar forte para defesa com dificuldade do goleiro Rafael Santos. Um minuto depois, Danilo apareceu novamente pela direita e cruzou forte, o goleiro afastou parcialmente e a zaga deu um chutão para escanteio.

O time colorado tentava o empate. Aos 21min, Danilo deu grande bola para Alecsandro, na área. O centroavante ajeitou bem para Bolaños, que matou no peito e chutou para defesa de Rafael Santos. Aos 23min, Elias arriscou da intermediária e a bola passou ao lado do gol. O chutes de longe assustavam o goleiro Lauro. Aos 27min, Dentinho arriscou de fora da área e a bola passou ao lado do gol, com muito perigo.

O Inter rondava a área corintiana, mas o time do Pacaembu se fechava bem. Mas aos 34min, o bloqueio paulista foi furado. Giuliano cruzou do lado da área na cabeça de Alecsandro que empatou a partida com uma conclusão precisa. Gol de centroavante! Foi o sétimo gol do goleador colorado no Brasileirão. Foi também o 19º gol na temporada. Nos últimos cinco jogos, Alecsandro marcou quatro gols.


Alecsandro está marcando o gol de empate no Beira-Rio

Após o gol, o Inter seguiu pressionando com Danilo pela direita. O Corinthians se fechava e tentava sair no contra-ataque. Aos 41min, Morais chutou de fora da área e Lauro buscou no cantinho. Aos 43min, Danilo cruzou e Chicão afastou de cabeça, quando Marcelo Cordeiro iria concluir.

Foi um primeiro tempo movimentado no Beira-Rio. O Inter teve mais posse de bola e procurou pressionar, mas o Corinthians também ameaçou em jogadas de combinação e contra-ataque. Os dois times criaram chances e o resultado de empate foi justo na primeira etapa. No Inter, destaque para o setor direito do ataque com Giuliano e Danilo, que criaram as principais jogadas.

Os dois times voltaram sem mudanças para a etapa final. Aos 4min, Danilo arrancou em grande velocidade pela direita e cruzou. A bola tocou na trave! Na sequência do lance, Marcelo Cordeiro recebeu de Bolaños na área e chutou cruzado para a boa defesa de Rafael Santos. Aos 6min, Jorge Henrique arriscou de fora da área no cantinho e Lauro fez defesa segura. Aos 7min, Bolaños tocou em Giuliano que chutou de fora da área por cima.

O jogo era disputado em alta velocidade, num ritmo muito forte. Aos 9min, Chicão cobrou falta e Lauro defendeu sem problemas. Aos 15min, Giuliano deu grande passe para Andrezinho, na área. O meia tentou desviar do goleiro, mas a bola bateu no zagueiro e foi para escanteio. Aos 19min, Alecsandro ajeitou para Giuliano que tentou chutar colocado e a bola saiu ao lado do gol.

O jogo era franco, com chances para os dois lados. Aos 21min, Jorge Henrique arriscou de fora da área e quase marcou um golaço. A bola passou muito perto. A resposta colorada veio na mesma medida, aos 23min: Marcelo Cordeiro fez bom cruzamento para Alecsandro cabecear no travessão. A partida era lá e cá. Aos 24min, Dentinho arrancou pela direita e chutou forte. A bola passou ao lado do gol com perigo.

Aos 25min, Danilo cruzou da direita, Andrezinho matou a bola na entrada da área e foi derrubado. Porém, o juiz não marcou o pênalti. Aos 28min, Bolaños saiu para a entrada de Marquinhos. Aos 31min, Chicão cobrou falta perigosa e Lauro defendeu no canto. Aos 35min, foi a vez do Inter levar perigo na bola parada. Andrezinho cobrou falta e Bolívar cabeceou para defesa do goleiro Rafael Santos.


Andrezinho criou boas chances de gol, mas não evitou a derrota

O Inter pressionava, erguia a bola na área e o Corinthians se defendia como podia. Aos 39min, Danilo fez ótimo cruzamento para Alecsandro que desviou, antes do goleiro, mas a bola subiu demais. Aos 42min, Sandro deu um balão para a área, o goleiro Rafael Santos ficou indeciso e Alecsandro tentou o cabeceio, mas não acertou a bola.

Aos 43min, após bola cruzada da ponta direita, Jorge Henrique entrou na pequena área e marcou o gol impedido. Foi o segundo gol impedido do Corinthians na partida validado pela arbitragem. Um absurdo. Apesar dos cinco mimutos de acréscimo, o Inter não conseguiu buscar o empate. Foi a primeira derrota em casa no Brasileirão. O time colorado caiu para a quarta posição, com 33 pontos, e poderá deixar o G4 ao final da rodada se o Atlético-MG vencer o Avaí nesta quinta-feira, em Belo Horizonte.

"Saímos chateados pela derrota, mas temos 20 partidas ainda", disse o atacante Alecsandro. "Não vai ser uma derrota que vai nos tirar do rumo", afirmou Andrezinho.

"Foram dois gols impedidos e deveriam ter sido invalidados, mas temos que assumir a responsabilidade pelo resultado também. O que nos deixa motivados para o futuro foi a atuação. Fica a expectativa para os próximos jogos", disse o goleiro Lauro.

"Criamos muitas situações e erramos um monte de gols", lamentou o capitão Guiñazu.

"Resultado injusto. Jogamos mais do que o Corinthians e poderíamos ter vencido", disse o vice-presidente de futebol, Fernando Carvalho.

"Corinthians foi feliz, mesmo fazendo dois gols em impedimento. O Inter criou pelos dois lados, mas não foi efetivo no último toque. Temos que corrigir detalhes, mas repetir o padrão de desempenho nos próximos jogos", avaliou o técnico Tite.

Internacional (1): Lauro; Danilo, Bolívar, Sorondo e Marcelo Cordeiro; Sandro, Giuliano, Guiñazu e Andrezinho; Bolaños (Marquinhos) e Alecsandro. Técnico: Tite.

Corinthians (2): Rafael Santos; Chicão, Jean e Moradei; Jucilei, Marcinho (Paulo André), Elias, Morais (Morais) e Jorge Henrique; Dentinho e Henrique (Bill). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Chicão (C), aos 10min do primeiro tempo. Alecsandro (I), aos 34min do primeiro tempo, Jorge Henrique (C), aos 43min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Bolaños, Marcelo Cordeiro, Bolívar (I), Jucilei, Jorge Henrique, Dentinho, Paulo André (C).

Público: 22.213 (20.328 pagantes) / Renda: R$ 315.885,00

Arbitragem: Wagner Tardelli, auxiliado por Hilton Rodrigues e Dibert Moises (trio carioca).

Local: Beira-Rio, Porto Alegre.


Outras notícias
Loja Virtual