19/08/2009

Inter recebe o Corinthians no Gigante

Líder por aproveitamento do Brasileirão ao lado do Palmeiras, ambos com 64%, e na terceira colocação, com 33 pontos, o Inter quer manter a boa fase na maior competição no futebol nacional. Nada melhor do que vencer em casa na abertura do returno.

O Inter também não perde de vista a chance de assegurar o título simbólico do primeiro turno. Para alcançar o feito, precisa conquistar uma vitória e um empate nos dois jogos atrasados contra Santos (dia 26 de agosto, na Vila Belmiro) e Atlético-MG (no dia 2 de setembro, no Beira-Rio). Dessa maneira, superaria o atual líder Palmeiras, que encerrou o turno com 37 pontos.

É a quarta vez no ano que Inter e Corinthians se encontram. No jogo de estreia no Brasileirão, no Pacaembu, Nilmar marcou um golaço e garantiu os primeiros três pontos na competição. Nas finais da Copa do Brasil, o time colorado perdeu em São Paulo e empatou no Beira-Rio. De lá para cá, ambos os times sofreram alterações, com jogadores acertando a transferência para o Exterior. Portanto, qualquer possibilidade de revanchismo está descartada.

“Voltamos a nos encontrar em um momento completamente diferente, inclusive com times diferentes. Além disso é outra competição. Agora temos o objetivo de nos aproximarmos do líder. Não tem nada de revanche. Cada time tem seu objetivo”, avalia Alecsandro, artilheiro do Inter no Brasileirão, com seis gols.

O Corinthians veio a Porto Alegre com muitos desfalques. Felipe, William, Ronaldo, Alessandro e Edu estão lesionados. Diego, suspenso, e Boquita, convocado para a Seleção sub-20, completam a lista de desfalques. O Inter, por sua vez, não terá Taison, expulso contra o Santo André, e Kléber, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

O técnico Tite encaminhou o time em um treino com os portões fechados na tarde desta terça. O treinador confirmou que Marcelo Cordeiro será o lateral pela esquerda. Sobre o susbtituto de Taison no ataque, Tite disse que Bolaños tem boas chance de começar o jogo. "Prefiro confirmar a escalação somente na hora do jogo, mas a tendência é que o Bolaños jogue", afirmou o técnico.

Confira os jogadores relacionados: Alecsandro, Andrezinho, Bolaños, Bolívar, Daniel, Danilo, Danny Morais, Giuliano, Glaydson, Guiñazu, Lauro, Léo, Marcelo Cordeiro, Marquinhos, Maycon, Michel, Sandro, Sorondo e Wagner Libano.


Outras notícias
Loja Virtual