03/07/2004

GOLEADA SOBRE O TIGRE

Embalado pela ótima atuação de Rafael Sobis, Inter vence o Criciúma por 3 a 0, no Beira-Rio

   A vitória sobre o Criciúma começou bem cedo. Logo no primeiro minuto, Danilo passou para Rafael Sobis, que foi até a linha de fundo e conseguiu um ótimo cruzamento para Rogério Gaúcho cabecear e marcar o seu primeiro gol no Inter. O Criciúma tentou reagir, mas o time colorado marcou bem com o posicionamento de Gavilán, Marabá e Wellington na frente da linha de zagueiros. O sistema defensivo do Inter esteve eficiente durante toda a partida, principalmente os zagueiros Edinho e Vinícius.

 Sobis participou dos dois primeiros gols do Inter

   Do meio para frente, Danilo e Rafael Sobis conseguiram levar vantagem e criar boas jogadas. Como aconteceu aos 20 minutos, quando Sobis chutou, o goleiro soltou a bola e Rogério Gaúcho chutou de voleio no poste. Aos 34, Sobis novamente ganhou da defesa e chutou cruzado, a bola desviou em Duílio e entrou: 2 a 0. Dois minutos depois, Danilo lançou Marabá, que entrou na área e chutou por cima. O time catarinense só foi ameaçar no final da etapa em duas jogadas de bola área em cruzamentos do lateral Luciano Almeida.

   Para a etapa final, o Criciúma trocou o zagueiro Duílio e o meia Marcinho pelo meia Paulo Cezar e o atacante Fábio Oliveira para tentar o empate. O time catarinense, porém, seguiu parando na boa marcação colorada e nas mãos de Clemer, que fez excelentes defesas aos sete minutos e Luciano Almeida.

   A partir dos 20 minutos, o Inter começou a criar boas oportunidades, aproveitando os espaços para o contra-ataque. Aos 23, Danilo chutou e Fabiano salvou. Aos 32, Élder Granja, que entrou no lugar de Rogério Gaúcho, recebeu bom passe e chutou para outra defesa do goleiro catarinense. Cinco minutos mais tarde, novamente Granja foi lançado por Sobis e chutou para grande defesa de Fabiano.


Diogo marcou o seu primeiro gol pelo Inter

    Aos 42, Chiquinho foi substituído por Kauê, que retornou ao time depois de mais de quase quatro meses fora por uma lesão. Aos 49, o terceiro gol. Marabá viu a penetração de Diogo na área e tocou para ele. O irmão gêmeo de Diego teve tranqüilidade e categoria para chutar no canto, marcando o seu primeiro gol pelo Inter.

Internacional (3): Clemer; Bolívar, Edinho, Vinícius e Chiquinho (Kauê); Gavilán, Marabá, Wellington e Danilo (Diogo); Rafael Sobis e Rogério Gaúcho (Élder Granja). Técnico: Leandro Machado.

Criciúma (0): Fabiano; Duílio (Paulo César), Ronaldo e Luciano; Alex, Cléber Gaúcho, Marcinho (Fábio Oliveira), Rafael e Luciano Almeida; Athos (Douglas) e Marcos Denner. Técnico: Vagner Benazzi.

Gols: Rogério Gaúcho (I), a um minuto do primeiro tempo, Duílio (contra, I), aos 34 minutos do primeiro tempo, e Diogo (I), aos 49 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos: Vinícius (I) e Paulo César (C). Renda: R$ 54.190,00. Público: 6.539 (5.215 pagantes). Arbitragem: Clever Gonçalves (MS), auxiliado por Rodrigo Baeta e Guilherme Camilo. Local: Estádio Beira-Rio. 

FOTOS: Daniel Boucinha


Outras notícias
Loja Virtual