28/06/2009

Com show de Bolaños, Inter faz 3 a 0 no Coritiba


O Internacional venceu o Coritiba por 3 a 0 na noite deste domingo, no Beira-Rio, em jogo válido pela oitava rodada do Brasileirão. O atacante Bolaños, que fez a sua segunda partida com a camisa colorada, marcou os três gols, todos na etapa final. O resultado recolou o Inter na liderança por pontos do campeonato ao lado do Atlético-MG, ambos com 17 pontos. O time colorado só é superado no saldo de gols.

O Inter atuou com uma equipe reserva, evitando que os titulares corressem risco de lesões ou desgaste excessivo para a decisão da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira. O técnico Tite escalou a equipe no esquema 3-5-2, com Lauro; Danilo, Sorondo e Álvaro; Arilton, Maycon, Glaydson, Giuliano e Marcelo Cordeiro; Bolaños e Alecsandro.

Foi o Coritiba que chegou com força pela primeira vez, aos 14min da etapa inicial. Marcos Aurélio chutou, a bola desviou em Sorondo, mas não enganou Lauro, que segurou firme. Aos 18min, o mesmo atacante chutou da frente da área e acertou a trave. Um susto!

O Inter respondeu aos 23min, em uma cobrança de falta de Alecsandro. O goleiro Vanderlei teve dificuldades para defender e deu rebote para Álvaro, que cabeceou para nova defesa do camisa 1 do Coritiba. Aos 31min, Ariel cabeceou e Lauro se esticou todo para fazer grande defesa. Era a noite dos goleiros, pelo menos no primeiro tempo. No minuto seguinte, Bolaños invadiu a área e chutou rasteiro para a intervenção segura de Vanderlei.


No intervalo, Tite colocou o lateral Daniel no lugar de Arilton. O segundo tempo começou morno, com poucas chances ofensivas. Aos 15min, o Inter fez boa troca de passes na frente da área e Alecsandro chutou em cima de Vanderlei, que salvou o Coritiba.

O Inter cresceu na partida a partir de então. E a estrela de Bolaños começou a brilhar. Aos 17min, o equatoriano recebeu bom passe de Alecsandro, ganhou do zagueiro na entrada da área e chutou com força para abrir o placar.

Em um lance muito parecido com o do primeiro gol, Bolaños ampliou. A assistência foi novamente de Alecsandro, mas desta vez o passe veio da direita. O centroavante cruzou rasteiro e a bola chegou até Bolaños, que bem posicionado na área, não desperdiçou. 2 a 0.

O Inter acuou o Coritiba no seu campo de defesa. Aos 29min, Giuliano cruozu para a ára, a zaga não conseguiu afastar e Bolaños apareceu como elemento surpresa para chutar no cantinho: 3 a 0. Explosão de alegria no Beira-Rio. Era a noite do atacante equatoriano, que teve o seu nome gritado pela torcida nas arquibancadas.

O Inter teve chances claras de fazer mais gols, mas a vitória de 3 a 0 foi suficiente para deixar o time colorado novamente no topo da tabela do Brasileirão. O Inter chegou aos 17 pontos, mesma pontução do Atlético-MG. É superado pelo time de Belo Horizonte somente no saldo de gols: 8 a 4. Na próxima rodada, no domingo (5/7), encara o Náutico, no Recife.

Agora todas as atenções se voltam para o duelo decisivo contra o Corinthians, na próxima quarta-feira, no Beira-Rio. O Inter precisa vencer por três gols de diferença para ficar com o bicampeonato da Copa do Brasil. O grupo colorado treina na tarde desta segunda visando a finalíssima.

Internacional (3): Lauro; Danilo, Sorondo e Álvaro; Arilton (Daniel), Maycon, Glaydson, Giuliano e Marcelo Cordeiro; Bolaños e Alecsandro. Técnico: Tite.

Coritiba (0): Vanderlei; Cleiton, Pereira (Rodrigo Pontes) e Felipe; Márcio Gabriel, Jaílton, Pedro Ken, Carlinhos Paraíba e Marcelinho Paraíba; Marcos Aurélio (Leozinho) e Ariel (Hugo). Técnico: René Simões.

Gols: Bolaños (I), aos 17min, aos 24min e aos 28min, no segundo tempo.

Cartões amarelos: Alecsandro, Daniel, Bolaños (I); Cleiton, Ariel, Felipe, Carlinhos Paraíba (C).

Público: 9.763 pessoas./Renda: R$ 110.200.

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (DF), auxiliado por Marcio Eustaquio Santiago (Fifa-MG) e Cesar Augusto Vaz (DF).

Local: Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual