16/05/2004

INTER BATE O FLAMENGO EM VOLTA REDONDA

Time de Lori Sandri joga ótima partida e derrota cariocas por 2 a 1

    Danilo estreou pelo Inter e marcou um gol 

   O Internacional venceu o Flamengo no domingo por 2 a 1, em Volta Redonda (RJ), e subiu  para o quinto lugar. O time de Lori Sandri teve vários destaques na partida, a começar pelo estreante Danilo, que havia prometido marcar um gol antes do jogo e cumpriu. Foi dele o primeiro gol do jogo, aos 11 minutos. No segundo tempo, Marabá, outro grande nome do Inter, fez o segundo gol, aos 27 minutos, depois de grande passe de Oséas, que participou dos dois gols colorados. Jônatas descontou para o Flamengo, aos 33 minutos. O goleiro Clemer, de ótima atuação, acabou garantindo a vitória ao defender um pênalti cobrado por Felipe, aos 37 minutos. Com o resultado, o Inter completou cinco jogos sem perder na competição com três vitórias e dois empates. A equipe também conta com a melhor defesa do Brasileirão com apenas três gols sofridos em seis jogos. Agora, o Inter enfrenta o Goiás, no próximo sábado, no Beira-Rio.

   Sem poder contar com vários jogadores por lesão, como o atacante Nilmar, o meia Élder Granja e o líbero Sangaletti, entre outros, o técnico Lori Sandri levou a campo um novo esquema com três zagueiros, seis jogadores no meio-campo e Oséas no ataque. A nova postura deixou o time mais sólido na marcação e com boas opções para o contra-ataque com as chegadas de Danilo e Marabá. E foi justamente dos pés de Marabá que saiu o primeiro gol. O volante recebeu a bola, entrou na área e chutou cruzado. O goleiro Júlio César defendeu parcialmente, mas a bola sobrou para Danilo chutar e marcar 1 a 0. O meia baiano, que fez a sua estréia, havia prometido um gol antes da partida. Prometeu e cumpriu.

   Com a vantagem no marcador, o Inter se postou bem na defesa e continuou saindo com perigo nos contra-ataques. O Flamengo não conseguia entrar na área colorada e só ameaçava eventualmente em chutes de média distância. Em um deles, aos 30 minutos, Roger bateu com efeito, e Clemer fez ótima defesa para escanteio.

   No intervalo, o técnico Abel Braga resolveu abrir mais o time e colocou o meia Jônatas e o atacante Diogo nos lugares do volante Da Silva e do meia Zinho. As mudanças não modificaram o jogo porque o Inter seguiu mais organizado e melhor em campo. Aos quatro minutos, Danilo cobrou falta e quase surpreendeu Júlio César. Aos 27 minutos, o centroavante Oséas recebeu um passe na entrada da área, protegeu a bola e deu ótimo passe para Marabá. O volante entrou na área e chutou forte: 2 a 0.

   Aos 33 minutos, Jônatas chutou forte para descontar. O mesmo Jônatas conseguiu enganar a arbitragem três minutos depois ao se jogar dentro da área. O juiz paulista Wilson Seneme marcou o pênalti inexistente. Na cobrança, porém, veio a justiça. Felipe cobrou no canto e Clemer fez a defesa salvadora que garantiu a terceira vitória colorada no Brasileirão. ?O grupo está de parabéns. Esse é o Internacional que queremos ver?, festejou Clemer, depois do jogo.

FLAMENGO (1): Júlio César; Reginaldo Araújo, Henrique (André Bahia), Fabiano Eller e Roger; Da Silva (Jônatas), Douglas Silva, Ibson e Zinho (Diogo); Felipe e Jean. Técnico: Abel Braga.

INTERNACIONAL (2): Clemer; Alexandre Lopes, Wilson e Edinho; Bolívar, Fernando Miguel, Cleiton Xavier, Marabá, Danilo (Diego) e Alex; Oséas (Diogo). Técnico: Lori Sandri.

Gols: Danilo (I), aos 11 minutos do primeiro tempo, Marabá (I), aos 27 minutos do segundo tempo, e Jônatas (F), aos 33 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos: Da Silva, Jônatas e Douglas Silva (F); Fernando Miguel e Marabá (I). Renda: R$ 138.215,00. Público: 8.761. Arbitragem: Wilson Seneme (SP), auxiliado por Márcio Augusto e Flávio Magalhães. Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).


Outras notícias
Loja Virtual