21/03/2009

Inter goleia o Nóia no Beira-Rio

O Internacional venceu o Novo Hamburgo por 4 a 1 na tarde deste sábado (21/03), no Beira-Rio. Os gols colorados foram marcados por Alecsandro, duas vezes, Taison e Walter. A campanha irretocável do Inter na Taça Fábio Koff teve mais um capítulo nesta quarta rodada da competição. São quatro jogos e quatro vitórias. Marcou 16 gols e sofreu apenas um nestas quatro partidas. A invencibilidade segue também no Gauchão. São 13 vitórias e dois empates em 15 jogos. Taison segue como goleador do campeonato com 11 gols.


Time colorado comemora outra grande vitória numa campanha irretocável no Campeonato Gaúcho 2009

Inter e Novo Hamburgo se enfrentaram na tarde deste sábado no Beira-Rio sob forte sol e calor intenso em Porto Alegre. O jogo foi válido pela quarta rodada da Taça Fábio Koff. Com a vitória sobre o Nóia, o Inter é líder da sua chave com 100% de aproveitamento em quatro jogos. Além disso, continua a invincto na competição. Em 15 jogos, foram 13 vitórias e dois empates. O time colorado não pode contar com o zagueiro Álvaro e D´Alessandro, em recuperação de lesões, e o atacante Nilmar, que ganhou folga neste final de semana para casar. Foi a oportunidade do atacante Alecsandro começar a partida no ataque ao lado de Taison. Danilo Silva ocupou a lateral-direita, enquanto Bolívar passou para a zaga. No meio-campo, Andrezinho foi titular mais uma vez.

O Inter começou com Lauro; Danilo, Índio, Bolívar e Kléber; Sandro, Magrão, Guiñazu e Andrezinho; Taison e Alecsandro. Como opção de banco o Inter teve Michel Alves (goleiro), Danny Morais (zagueiro), Marcelo Cordeiro (lateral-esquerdo), Rosinei (meio-campista), Giuliano (meia), Talles Cunha (atacante) e Walter (atacante). Antes do jogo, um fusca todo pintado de vermelho e branco e com o símbolo do Inter deu uma volta olímpica no Beira-Rio. Além da torcida que sempre comparece na arquibancadas, o Beira-Rio recebeu cerca de 600 cônsules colorados que estiveram reunidos num grande evento no Complexo Beira-Rio neste sábado. O Novo Hambrugo iniciou o jogo definido com Flávio; Éder, Micael, Vinícius e Mateus; Emerson, Geninho, Chicão e João Paulo; Filian e Jandson.

O jogo

E o Inter apareceu ao gramado!!! "Temos que impor a qualidade com posse de bola para podermos vencer", disse o técnico Tite, na entrada em campo. Começou a partida com o Novo Hamburgo dando a saída de bola. Logo no primeiro minuto, Índio deu bom passe para Danilo, que apareceu bem como lateral e cruzou rasteiro para a área, mas a zaga afastou. Aos 3min, o time tentava triangulação para lançar até Danilo, mas a bola correu demais e saiu pela linha de fundo.

As duas primeiras investidas do ataque colorado buscaram jogadas pela direita com Danilo, aproveitando a sua velocidade. Era uma boa alternativa no jogo. Os volantes Magrão e Sandro também se somavam a Danilo para formar jogadas pela direita. Aos 5min, Alecsandro deu lindo toque de calcanhar para Andrezinho no meio-campo. O meia avançou até a entrada da área e chutou rasteiro ao lado do gol. A torcida aplaudiu a jogada. Aos 7min, Kléber e Alecsandro fazem combinação boa pela esquerda até Kléber cruzar para a área e Chicão afastar com um chutão pra escanteio. Mais aplausos.

Aos 8min, Taison deu bom passe para Alecsandro, na área. O jogador passou pelo goleiro, parou a bola na linha de fundo e cruzou, mas Flávio defendeu. Aos 10min, Alecsandro e Taison estavam bem participativos nos primeiros minutos. Os dois buscavam se movimentar e pediam a bola a todo instante. Aos 13min, Gillian avançou pela direita e deu passe rasteiro para João Paulo, mas Lauro, atento, saiu bem do gol e defendeu. Aos 15min, Sandro saiu do campo para trocar chuteira. O técnico Tite aproveitou para passar instruções ao volante. Um minuto depois, Magrão deu passe para Guiñazu, na área, que achou Andrezinho, na altura da marca do pênalti. O meia girou e chutou para defesa de Flávio.

Aos 17min, gol do Inter! Alecsandro!!! Taison fez jogada de ponteiro, pela direita, e cruzou rasteiro. A bola passou pelo goleiro e pelo zagueiro Micael e chegou a Alecsandro que completou de pé direito, com oportunismo, para marcar o primeiro gol colorado. Foi também o terceiro gol do centroavante com a camisa do Inter, o segundo pelo Gauchão. Para fugir do bloqueio forte do Novo Hamburgo, o Inter buscava os toques rápidos pelo meio e o avanço dos volantes. Aos 26min, goool. Alecsandro de novo! O atacante foi lançado na área e chutou forte na saída do goleiro. Terceiro gol de Alecsandro no Gauchão e o quarto com a camisa colorada.

Aos 32min, Andrezinho fez cobrança de falta combinada com Kléber e chutou ao lado do gol, quase marcando mais um. Aos 34min, Gillian arriscou de fora da área e Lauro defendeu com tranqüilidade. Aos 34min, o Novo Hamburgo retomou a bola na saída de jogo do Inter e Chicão concluiu de fora da área buscando o ângulo, mas a bola saiu ao lado. Aos 37min, depois dos dois gols, o Inter diminuiu um pouco o ritmo do jogo. A partida era jogada sob muito sol e calor. O Novo Hamburgo procurou sair um pouco de trás, dando mais espaços para o Inter explorar os contra-ataques. Aos 41min, João Paulo cobrou falta para a área e Éder desviou para fora. Na sequência, Éder foi à linha de fundo e cruzou para boa saída do gol de Lauro.

Aos 46min, Magrão deu bonito toque de calcanhar para Danilo que avançou até a entrada da área e tocou em Taison. O goleador do Gauchão chutou rasteiro e o goleiro Flávio defendeu. Final de primeiro tempo. O Inter venceu por 2 a 0, dois gols de Alecsandro, o destaque da primeira etapa. "A gente fica feliz com o empenho da equipe. Não fiz os dois gols sozinho. A equipe fez os dois gols", disse Alecsandro. O Inter completou 435 minutos sem tomar gol. O último sofrido foi na vitória por 2 a 1 na final da Taça Fernando Carvalho. O primeiro tempo foi tranqüilo para o Inter. O time procurou tocar a bola e usar a figura de Alecsandro como pivô e centroavante. O jogador apareceu bem na frente e marcou dois gols como legítimo atacante de área e conclusão.


Atacante Walter comemora muito seu primeiro gol como profissional, após gols e conquistas na base 

Os dois times voltaram com as mesmas formações. "Apesar do calor forte, a exigência é de manter o ritmo", disse o técnico Tite. E começou a etapa final. Aos 2min, gol do Novo Hamburgo. Chicão em uma boa trama pela direita, a bola foi cruzada para o volante chutar de primeira e marcar um bonito gol. Aos 3min, gol do Inteeeer!!! Taison!!! O Inter respondeu imediatamente ao gol do Novo Hamburgo. Alecsandro avançou pela esquerda e cruzou na medida para Taison cabecear com categoria, no contra-pé do goleiro. Foi o 11º gol de Taison, o goleador do Gauchão. O meio-campo começou em grande estilo. Em apenas três minutos, dois gols, um para cada time. Aos 7min, Éder avançou pela direita e chutou forte para defesa de Lauro.

O Novo Hamburgo tentava reagir avançando sobre o campo do Inter. O jogo se tornou franco com chances para as duas equipes. Aos 9min, Danilo Silva arrancou pela direita e tocou em Alecsandro, que deu passe inteligente até Taison. O atacante cortou o zagueiro e chutou forte para defesa de Flávio. No rebote, quase Alecsandro conferiu mais um. Aos 10min, Andrezinho cruza da direita até Taison que chutou forte para grande defesa de Flávio para escanteio. Aos 14min, Kléber faz belo cruzamento para Taison, que ajeitou de cabeça para Alecsandro, na pequena área, concluir e o goleiro Flávio salvar com grande defesa. Aos 16min, cruzamento da direita e Bolívar cabeceou para trás quase marcando gol contra.

Aos 19min, Andrezinho pegou rebote na entrada da área e tentou colocar, mas o goleiro defendeu. Aos 21min, Emerson deu carrinho violento e chutou Taison, que estava caído. Guiñazu se irritou com a atitude do volante e o empurrou. O juiz aplicou o amarelo em Guiñazu, Emerson e Taison. O jogo ficou mais nervoso com os jogadores dos dois times discutindo bastante. Aos 25min, Taison lançou para Andrezinho, que entrou pela direita e chutou rasteiro para defesa de Flávio. Aos 26min, Chicão chutou forte de fora da área ao lado do gol com perigo. Aos 29min, Guiñazu arrancou pelo meio, tabelou com Giuliano e chutou forte para defesa de Flávio. O estádio inteiro aplaudiu a jogada do argentino.

Aos 34min, Alecsandro fez bonita jogada de corpo e cruzou para saída do gol de Flávio. Na seqüência do lance, Giuliano foi lançado na área e quando iria marcar o gol, Éder salvou para escanteio. Aos 35min, João Paulo arriscou de fora da área e acertou um chutaço no travessão. Susto para o Inter. Aos 39min, Kléber cobrou falta para a área com perfeição e Walter cabeceou para fazer o quarto gol do Inter. Foi o primeiro gol de Walter com a camisa colorada. Walter vibrou tanto que tirou a camisa e levou o amarelo. Aos 41min, Rosinei acertou bom chute de fora da área e o goleiro Flávio defendeu. Passado mais um minuto, em uma linda jogada de contra-ataque envolvendo passes de Giuliano, Walter e Taison, quase o Inter marcou outro gol. A zaga conseguiu cortar para escanteio, quando Giuliano iria chutar. Aos 46min, o Inter tocou a bola e a torcida gritou olé. Aos 47min, Kléber cobrou falta buscando o ângulo e a bola saiu ao lado do gol. Fim de jogo. Goleada colorada por 4 a 1.

>> Assista as entrevistas de Tite, Alecsandro e Danilo após o jogo:

"Sabia que não podia tirar a camisa, mas na hora do gol, vale tudo. É muita emoção marcar o primeiro gol com a camisa colorada", afirmou Walter.

"Temos dois confrontos fora de casa. Agora vamos lutar para conseguir o primeiro lugar", disse Lauro.

A campanha irretocável do Inter na Taça Fábio Koff teve mais um capítulo nesta tarde. São quatro jogos e quatro vitórias. Marcou 16 gols e sofreu apenas um nestas quatro partidas. A invencibilidade segue também no Gauchão. São 13 vitórias e dois empates em 15 jogos. Taison segue como goleador do campeonato com 11 gols.

"Não podia ter tomado o gol hoje. Não podemos permitir a infiltração. Temos que reconhecer o bom momento, mas também temos a obrigação de melhorar", avaliou o técnico Tite.

"O aproveitamento das contratações dos últimos meses tem sido altamente positivo. Fico muito satisfeito com isso", festejou o vice-presidente de futebol, Fernando Carvalho.

Inter (4): Lauro; Danilo, Índio, Bolívar e Kléber; Sandro, Magrão (Rosinei), Guiñazu e Andrezinho (Giuliano); Taison e Alecsandro (Walter). Técnico: Tite.

Novo Hamburgo (1): Flávio; Éder, Micael, Vinícius (Flaviano) e Mateus (Everton Luiz); Emerson, Geninho, Chicão e João Paulo; Gilian (Maicon Sapucaia) e Jandson. Técnico: Paulo Turra.

Gols: Alecsandro (2, I), aos 17min do primeiro tempo e aos 26min do primeiro tempo, Chicão (NH), aos 2min do segundo tempo, Taison (I), aos 3min do segundo tempo, Walter (I), aos 39min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Danilo, Guiñazu, Taison, Magrão, Walter , Índio (I), Vinícius, Micael , Emerson, Éder (NH).

Arbitragem: Jean Pierre Gonçalves de Lima, auxiliado por José Franco Filho e Edson José Arnhold.

Público: 14.197 (12.157 pagantes) / Renda: R$ 156.985,00

Local: Beira-Rio, Porto Alegre.

Fotos: Alexandre Lops


Outras notícias
Loja Virtual