10/03/2009

Goleada colorada no Bento Freitas

Por Alexandre Corrêa (texto)
Enviado especial/Pelotas

O Internacional aplicou uma histórica goleada de 7 a 0 sobre o Brasil, de Pelotas, na noite desta terça-feira, no Estádio Bento Freitas. Andrezinho (2), Magrão, Nilmar, Taison, Alecsandro e Danilo Silva marcaram os gols no jogo válido pela segunda rodada da Taça Fábio Koff, ou o segundo turno do Gauchão. Com o resultado, o time colorado assumiu a liderança isolada, com seis pontos. Agora, o Inter encara dois jogos em sequência no Beira-Rio, contra Inter-SM e Novo Hamburgo.


Alegria colorada na goleada de 7 a o no Estádio Bento Freitas (Nauro Júnior/Agência RBS)

O jogo começou quente! Os dois times dividiam todas as jogadas com muita disposição. Logo aos 2min, Bolívar recebeu o cartão amarelo. Aos 6min, Andrezinho cobrou falta e Nilmar cabeceou ao lado do gol. Aos 8min, o Inter chegou tocando bem até que a bola foi lançada para Kléber, na esquerda: o lateral cruzou e a zaga afastou de cabeça. Um minuto depois, Guiñazu fez grande jogada, passou por três jogadores até ser derrubado por Fred, que levou o amarelo.

O Inter quase abriu o placar aos 12min: Taison arrancou até a entrada da área, passou por dois e chutou forte para defesa sensacional de Luiz Carlos - ex-Inter, e que foi gentilmente liberado pela direção colorada para atuar nesta noite. Aos 15min, o Inter quase marcou um golaço. Índio recebeu na área e deu toque genial para Nilmar, na área, chutar no alto, quase no ângulo. A bola fez uma curva e passou muito perto.

Aos 17min, Fred derrubou Andrezinho e recebeu o segundo amarelo e o vermelho. Andrezinho cobrou falta, a bola passou por Sandro e Índio e saiu pela linha de fundo. Com um jogador a mais, o Inter passou a pressionar ainda mais a saída de bola do time pelotense.

Aos 22min, Andrezinho arriscou de fora da área e chutou colocado no ângulo. Um golaço de Andrezinho! Aos 25min, Nilmar foi a dribles até a entrada da área e concluiu de pé esquerdo para defesa de Luiz Carlos. Aos 26min, Taison fez jogada de ponteiro, passou por dois, entrou na área e cruzou para a zaga afastar para escanteio. Aos 28min, o Inter tocou a bola, de pé em pé, até a bola sobrar para Nilmar na área e chutar forte no corpo do zagueiro.

Aos 35min,  Kléber cobrou falta para a área, a bola passou por todos e saiu pela linha de fundo. Aos 37min, Nilmar passou por Rodrigo e foi derrubado na meia-lua. Andrezinho cobrou a falta por cima do gol.


Alegria colorada na goleada de 7 a 0 no Estádio Bento Freitas (Nauro Júnior/Agência RBS)

Já no final do primeiro tempo, uma forte chuva começou a cair em Pelotas. Aos 45min, Taison recebeu na área e chutou forte para defesa sensacional de Luiz Carlos. O time dominou todo o primeiro tempo na base do toque de bola, no meio-campo, e da velocidade de Taison e Nilmar, na frente. Além do gol, teve pelo menos mais quatro grandes chances de marcar. O destaque do primeiro tempo foi Andrezinho, com um belo gol e muita movimentação. Guiñazu também foi muito bem na marcação e na chegada à frente.

O Brasil tentou pressionar na base da empolgação nos primeiros minutos da etapa final. Abriram-se, porém, os espaços para o contra-ataque. Aos 2min, Magrão tocou em Nilmar, que devolveu de primeira para Magrão. O volante entrou na área e chutou para marcar um lindo gol! 2 a 0. Foi o terceiro gol de Magrão no Gauchão e o 12º com a camisa colorada.

Aos 7min, o Inter tocou a bola com autoridade na frente da área até que Nilmar chutou no cantinho e marcou o terceiro gol. Era um verdadeiro um show colorado no Bento Freitas. Foi o quinto gol de Nilmar no Gauchão. Além disso, o atacante colorado chegou ao seu 50º gol com a camisa colorada!

O Inter dominava completamente o Brasil, de Pelotas. Com um toque de bola envolvente entre os jogadores do meio-campo e do ataque e a participação dos laterais, especialmente Kléber, o Inter dava espetáculo em Pelotas.

Aos 12min, Taison passou em velocidade pela marcação, entrou na área e chutou forte para defesa sensacional de Luiz Carlos para escanteio. No minuto seguinte, Andrezinho fez grande jogada pela ponta-direita e cruzou até Guiñazu, na área, chutar por cima.

Aos 20min, Magrão deu lindo passe para Taison, que entrou na área e chutou forte para outra defesa decisiva de Luiz Carlos. Aos 23min, Álvaro deixou o campo lesionado para a entrada de Danilo Silva. Aos 24min, Nilmar entrou na área e chutou para Luiz Carlos. Em seguida, Taison arrancou pela direita e concluiu na rede pelo lado de fora.

Aos 25min, Adriano Cela concluiu para fora após cruzamento. Foi a primeira chegada do Brasil, de Pelotas. Aos 26min, Alecsandro entrou no lugar de Nilmar. Aos 27min, Kléber chutou da entrada da área, a bola desviou na zaga e sobrou para Taison concluir e Luiz Carlos fazer defesa sensacional para escanteio. Aos 28min, Kelson recebeu, em contra-ataque, driblou para o meio e concluiu para defesa de Lauro para escanteio.
 
Aos 30min, o Inter chegou ao quarto gol, com Taison! Alecsandro trabalhava como pivô e deu passe perfeito para o meia atacante, que entrou na área, e chutou de pé esquerdo, na saída de Luiz Carlos. Foi o nono gol do artilheiro do Gauchão. Aos 32min, saiu Kléber para a entrada de Marcelo Cordeiro.

Na sequência, veio a enxurrada de gols do Inter. Aos 34min, Alecsandro aproveitou o rebote no interior da área e fez o quinto gol. Aos 36min, Andrezinho invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado, no canto esquerdo de Luiz Carlos: 6 a 0. Foi o sexto gol de Andrezinho, o vice-artilheiro do time, atrás apenas de Taison.

E por fim, aos 38min, o zagueiro Danilo Silva ganhou da defesa do Brasil e chutou com força para fazer 7 a 0. Goleada histórica do Inter exatamente no centésimo confronto contra o time do Brasil, de Pelotas.

"Fico feliz por ter conseguido apresentar mais uma boa atuação. O time está de parabéns pelo futebol que mostrou aqui em Pelotas. A vitória de hoje é uma vitória do grupo, que tem trabalhado muito forte", afirmou Andrezinho, um dos destaques do jogo.

"Tínhamos uma cobrança interna para ter o mesmo desempenho em todos os jogos. Valeu pela concentração do time durante os 90 minutos", observou Magrão.

"A gente quer o primeiro lugar e buscou o resultado. O time soube trabalhar bem a bola e marcar os gols.", disse Bolívar.

"Espero ser o goleador do campeonato. Tive a felicidade de fazer o gol. Foi importante pra mim, porque a minha filha veio ver o jogo. Quero mandar um beijo pra ela", dedicou Taison.

"Tivemos uma atuação perfeita e chegamos a este placar elástico. Aproveitamos a vantagem de estar com um jogador a mais em campo desde o primeiro tempo. Mas não tem nada ganho ainda, por isso vamos seguir atentos em cada partida", avaliou o presidente Vitorio Piffero.

"O resultado de hoje não é parâmetro. Foi uma partida atípica. Sabemos que teremos adversários muito difíceis pela frente. Por isso a força do grupo será muito importante", avaliou o vice-presidente Giovanni Luigi.

"O Inter venceu porque respeitou o Brasil desde o início. Marcamos forte e conseguimos criar as jogadas e os gols. A minha ideia sempre é manter uma estrutura de time, por isso fico feliz com o desempenho de hoje, que é baseado na repetição da equipe", ponderou o técnico Tite.

Brasil-Pe (0): Luiz Carlos; Geovani, Rodrigo e Alex Martins; Adriano Cella, Cléber Gaúcho, Fred, Magno e Jorge Mutt; Gabriel (Kelson).  Técnico: Abel Ribeiro.

Internacional (7): Lauro; Bolívar, Índio, Álvaro (Danilo Silva) e Kléber (Marcelo Cordeiro); Sandro, Magrão, Guiñazu e Andrezinho; Taison e Nilmar (Alecsandro). Técnico: Tite.
 
Gols: Andrezinho (I), aos 22min do primeiro tempo, Magrão (I), aos 2min do segundo tempo. Nilmar (I), aos 7min do segundo tempo, Taison (I), aos 30min do segundo tempo, Alecsandro (I), aos 34min do segundo tempo, Andrezinho (|I), aos 36min do segundo tempo. Danilo Silva (I), aos 38min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Bolívar (I), Fred, Rodrigo (B). Expulsão: Fred (B).

Arbitragem: Francisco Silva Neto, auxiliado por Júlio César dos Santos e Sedenir Martins.

Local: Bento Freitas, Pelotas.


Outras notícias
Loja Virtual