07/03/2009

Força do grupo colorado vence novamente

Não é nenhuma novidade o técnico Tite poupar jogadores e usar jogadores suplentes que não deixam nada a desejar. O Inter é um grande clube e disputa todas as competições pensando em ser campeão. Assim, explica-se a necessidade do rodízio entre os jogadores do grupo colorado entre as partidas das competições simultâneas para evitar lesões e ter o máximo do grupo à disposição quando necessário. "O Tite sabe trabalhar muito bem isso, trabalha bem o grupo, não só os onze que entram em campo. Hoje (sábado), jogadores que não vinham atuando mostraram sua qualidade e provamos mais uma vez que temos um grupo forte", conclui Andrezinho.


Andrezinho marcou dois gols e fez o passe para o terceiro (Lucas Uebel/Vipcomm)

O fato é que quem entra no time dá conta do recado, tem sido assim nos últimos anos, é a política do futebol colorado. "O Tite sempre deixou claro que vai precisar de todo o grupo. Por isso hoje (sábado) foi importante para todo mundo mostrar a sua qualidade", avaliou Bolívar. Realmente, como disse o capitão Bolívar após a vitória contra o Veranópolis, os reservas que entraram fizeram grande partida e garantiram a vitória. Na verdade, o Inter tem mais que onze titulares, já que vários jogadores têm recebido oportunidade de iniciar os jogos, e contra o time da Serra, o centroavante Alecsandro jogou desde o início pela primeira vez. Leandrão foi outra novidade, entrando ao final do jogo após mais de um ano se recuperando de lesão, é outra opção à disposição de Tite.

A atuação foi exuberante, Andrezinho novamente entrou no time, assumiu a camisa 10 e desfilou sua qualidade em campo. Foram dois gols na tarde deste sábado, o segundo foi uma pintura. "Fico muito feliz por ter feito mais uma boa partida. Estarei sempre pronto para ajudar o time. A equipe vinha num desgaste físico, por isso a força do grupo foi importante na partida de hoje", afirmou Andrezinho, que também teve participação no terceiro gol. Ao seu lado no meio, o garoto Giuliano comprovou o porquê de ter sido eleito a revelação do Brasileirão da Série B em 2008, pelo Paraná, e um dos destaques da Seleção Brasileira campeã do Sul-Americano Sub-20 em fevereiro passado. Giuliano fez passes precisos, defendeu e atacou muito bem, sendo premiado com seu primeiro gol com a camisa colorada.


Giuliano teve atuação destacada na goleada sobre o Veranópolis (Lucas Uebel/Vipcomm)

Os volantes também chegavam à frente, tabelando com Andrezinho e Giuliano, Sandro e Rosinei, em grande atuação, exibiram técnica apurada e tiveram, inclusive, chances de marcar gols. Na defesa, a dupla Bolívar e Danilo quase sempre teve sucesso na marcação, roubando a bola com elegância e ligando com o meio-campo com muita personalidade, até apareceram servindo aos atacantes. O zagueiro Danilo foi um dos destaques da partida, desarmando as jogadas, bem posicionado, saindo com qualidade para o jogo. "Sou um jogador que sabe trabalhar bastante a bola, sempre que possível saio jogando para auxiliar, mas tenho muito o que melhorar tanto como lateral como zagueiro", avisa Danilo, um dos bons reservas, que pode entrar na lateral ou na zaga.

O Inter dominou o jogo, apesar da falta de entrosamento do mistão colorado, o time mostrou superioridade técnica todo o tempo, mesmo com o bom futebol do adversário, que chegou às semifinais do primeiro turno. "Tenho enaltecido a força do grupo porque sei que isso vai fazer a diferença lá na frente. Na hora que houver a necessidade, vamos estar com os jogadores bem preparados. O time teve consistência hoje e soube jogar dentro da proposta que treinamos", observou o técnico Tite. O time não deixou de correr e marcar um segundo só, sempre chegou na frente e teve muitas chances de fazer gol durante o jogo. "Quando o time joga bem é difícil encontrar destaques individuais", concluiu Tite. É justa a goleada, 4 a 0 para o Inter: vitória do grupo colorado!


Jogadores comemorama  vitória de 4 a 0 sobre o Veranópolis (Lucas Uebel/Vipcomm)


Outras notícias
Loja Virtual