18/10/2008

Inter vence Atlético-PR no Beira-Rio

O Internacional venceu o Atlético-PR por 2 a 1 na noite deste sábado, no Beira-Rio, em jogo válido pela 30ª rodada do Brasileirão. Nilmar e Alex marcaram os gols do time colorado. Ferreira descontou para o Atlético-PR. Com o resultado, o Inter chegou aos 46 pontos e assumiu a sétima posição. Agora, o time colorado volta sua atenção para o confronto com o Boca Juniors, pela Copa Sul-Americana.


Jogadores comemoram: Inter venceu o Atlético-PR por 2 a 1 no Gigante

O Internacional seguiu a sua busca por uma vaga na Libertadores da América de 2009. Para manter o excelente aproveitamento dentro Gigante no Brasileirão - que agora registra 11 vitórias, 3 empates e 1 derrota - o time colorado contou com os reforços de Alex, D'Alessandro e Gustavo Nery, que não atuaram na rodada anterior. Para os lugares de Índio e Ricardo Lopes, suspensos, o técnico Tite escalou Danny Morais e Ângelo. Magrão, que ainda sente dores musculares, foi vetado pelo departamento médico e desfalcou a equipe no jogo. Andrezinho foi confirmado em seu lugar.

O Inter começou a partida com Lauro; Ângelo, Danny Morais, Bolívar e Gustavo Nery; Edinho, Ramon, Andrezinho e D'Alessandro; Nilmar e Alex. Clemer, Daniel Carvalho, Guto, Marcão, Orozco, Sandro e Taison foram as opções no banco de reservas.

O Atlético-PR se encontrava em uma situação difícil dentro do campeonato. Era o 17º, com 28 pontos, e lutava para sair da zona de descenso. O time treinado por Geninho teve uma série de desfalques na tarde deste sábado, no Beira-Rio. Dez jogadores titulares não puderam atuar em virtude de lesões e suspensões.

O Atlético-PR foi confirmado com Galatto; Antônio Carlos, Gustavo e Gustavo Lazaretti; Zé Antônio, Alan Bahia, Chico, Júlio dos Santos e Netinho; Ferreira e Geílson.


Goleiro Lauro fez sua estréia no Beira-Rio

O goleiro Lauro fez sua estréia no Beira-Rio. O novo dono da camisa 1 do Inter teve atuação destacada no empate contra o Goiás, na última rodada. O novo titular foi bastante aplaudido antes e depois do aquecimento no gramado do Beira-Rio.

O jogo

Logo aos 2min, um lance bizarro: Zé Antônio tentou a conclusão da entrada da área, mas o chute saiu torto, totalmente para o lado, sem que a bola sequer chegasse à área. Aos 3min, D'Alessandro cobrou falta de longa distância e o goleiro Galatto defendeu com segurança. Aos 5min, o meio-campo colorado mostrou as suas armas. Após interessante troca de passes entre Andrezinho, D'Alessandro e Alex, a bola sobrou para Ramon, que invadiu a área e dividiu com a marcação. No rebote, Nilmar concluiu para defesa do goleiro, mas o juiz já anualava o lance por impedimento.


D'Alessandro apresentou boa movimentação contra o Atlético-PR

O Inter mostrava qualidade na saída de bola. Os jogadores do meio-campo ofereciam boas possibilidades de penetração na defesa adversária. Aos 9min, Geílson cabeceou fraco para defesa tranqüila de Lauro. Um minuto depois, o Inter trocava passes na entrada da área e Andrezinho apareceu para tentar a conclusão. O chute, porém, saiu fraco.

Aos 12min, na cobrança da falta, D'Alessandro cruzou com efeito da direita para o interior da grande área, mas a zaga paranaense afastou o perigo. Aos 14min, Nilmar buscou a jogada no meio e lançou Andrezinho no interior da área. Apesar do esforço do meia-atacante colorado, o goleiro chegou antes e ficou com a bola.

Aos 17min, Alex avançou em velocidade pela esquerda e cruzou para a área na tentativa de acionar Nilmar. A bola passou em frente ao gol e ficou com a zaga do Atlético-PR. Aos 19min, Alex fez novo cruzamento, agora da direita, e Nilmar quase conseguiu o desvio para o gol. Boa chance do time colorado. O Inter tentava levar perigo através das bolas aéreas: Danny Morais cruzou da direita e Galatto se esticou todo para ficar com a bola.


Nilmar luta contra a marcação: atacante marcou seu 14º gol no Brasileirão

Aos 22min, Ramon tentou avançar em velocidade pelo meio e sofreu a carga do jogador adversário. O árbitro, no entanto, não marcou a falta. 23min - Grande chance do Inter!! Nilmar dribla a marcação na entrada da área e chuta com força para a grande defesa de Galatto.

O Atlético-PR tentava criar jogadas ofensivas, mas esbarrava na forte marcação da zaga colorada. Os atacantes Ferreira e Geílson não encontravam espaços. Aos 28min, Zé Antônio avançou pela direita e chutou cruzado, sem perigo. Passado um minuto, Andrezinho tentava encontrar a melhor jogada, mas devido à retranca armada na frente da área, resolveu arriscar de longe. A bola subiu demais e saiu pela linha de fundo.

Aos 29min, Andrezinho fez grande jogada e foi derrubado por Gustavo Lazaretti, que recebeu cartão amarelo. Na cobrança, Alex chutou por cima do gol. Aos 32min, Ângelo recebeu bom passe na direita e chutou cruzado para defesa segura de Galatto. Aos 35min, na cobrança da falta, Netinho cruzou para a área e a zaga colorada afastou. No rebote, Ferreira chutou forte por cima, muito longe do gol.

Aos 37min, grande jogada de Alex, que segurou a bola na frente dos marcadores e fez lançamento perfeito para Nilmar no interior da área. O atacante deu um preciso toque na bola, encobriu o goleiro e abriu o placar: 1 a 0! Foi o 14º de Nilmar no Brasileirão, o artilheiro da equipe colorada. No lance que originou o gol, destaque para a movimentação de D'Alessandro, que chamou a marcação para si, abrindo espaço para Alex fazer a assistência perfeita para o gol.


Nilmar está abrindo o placar no Beira-Rio

Depois do gol colorado, o ritmo do jogo caiu um pouco. Aos 45min cravados, o árbitro encerrou a etapa inicial.

"Foi um primeiro tempo bem disputado. Foi excelente termos marcado o gol para nos dar mais trabqüilidade para o segundo tempo", analisou Alex.

O Inter teve o maior volume de jogo no primeiro tempo. A boa movimentação dos meias-atacantes propiciou boas jogadas ofensivas. O setor defensivo também esteve bem postado e dificultou as investidas do Atlético-PR.

No intervalo, Sandro entrou no lugar de Ramon. O Atlético-PR voltou com a mesma formação.

O time colorado começou o segundo tempo marcando sob pressão a saída de bola do adversário. Aos 3min, Edinho fez falta, mas acabou sentindo uma lesão. O volante colorado recebeu atendimento do médico à beira do gramado e voltou para o jogo.

D'Alessandro sofria com as entradas ríspidas do adversário. Aos 5min, Alan Bahia foi advertido com o cartão amarelo após falta sobre o argentino. No lance seguinte, foi D'Alessandro que recebeu cartão amarelo por reclamação. Aos 10min, o meia-atacante sofreu nova entrada violenta, mas o árbitro Cléber Welington Abade não aplicou o cartão no jogador do Atlético-PR.


Ângelo mostrou qualidade na lateral-direita e quase marcou um gol de falta

Aos 12min, Nilmar levantou a torcida depois de uma arrancada pelo meio, onde deixou dois defensores pra trás e tocou para Andrezinho. Porém, a bola foi com muita força, e chegou para D'Alessandro, que tentou um belo drible, mas a zaga afastou. No lance seguinte, Nilmar, mais uma vez, recebeu a bola e foi para cima dos zagueiros, cortou para esquerda e chutou com força. A bola passou à direita do gol de Galatto.

O Inter tinha mais posse de bola, trocando passes no campo de ataque e procurando o melhor momento para invadir a área do Atlético-PR. Nilmar seguia infernizando a defesa paranaense. Aos 17min, recebeu passe na grande área e tocou para Andrezinho, que chutou com perigo e a bola passou perto da trave direita do goleiro.

Aos 20min, mais um ataque com Andrezinho. O meia-atacante tentou tabelar com Alex, a bola voltou e Andrezinho mandou para o gol, agora nas mãos de Galatto. Aos 23min, Andrezinho fez boa jogada pelo meio, passou pra Nilmar, que tocou para D'Alessandro na direita. O argentino invadiu a área e cruzou para o cabeceio de Nilmar, mas o goleiro segurou firme antes de chegar no centroavante colorado.

O Atlético-PR tentava chegar ao gol com jogadas pelas pontas. Aos 25min, o lateral-esquerdo Netinho ganhou escanteio, porém, a defesa do Inter afastou o perigo depois da cobrança. Aos 27min, Zé Antônio foi expulso.

Aos 29min, Alex invadiu a área pela esquerda, deu um toque para o lado e chutou forte para ampliar a vantagem colorada: 2 a 0. Foi o nono gol do meia-atacante no Brasileirão e 26º do artilheiro na temporada.

Aos 33min, Ferreira recebeu na esquerda e chutou cruzado para descontar para o Atlético-PR. Aos 34min, Taison e Daniel Carvalho entraram nos lugares de D'Alessandro e Alex.


Daniel Carvalho entrou no lugar de Alex no segundo tempo

Aos 37min, Taison sofreu falta, mas levou vantagem e avançou livre em direção ao gol. O árbitro, equivocadamente, marcou a falta. Aos 38min, após mais uma jogada veloz de Nilmar, Daniel Carvalho chutou forte e alto. O goleiro conseguiu tocar as pontas de dedos e mandar a bola para a linha de fundo. Aos 42min, Nilmar sofreu falta em frente à grande área. Ângelo cobrou com categoria e acertou o poste direito. Quase o terceiro gol! Foi o último lance perigoso da partida.

Com o resultado, o Inter assumiu a sétima posição com 46 pontos. No próximo sábado (25/10), o Inter enfrenta o Atlético-MG em Belo Horizonte.

"Foi uma boa vitória, agora temos um jogo já na quarta-feira e vamos em busca de outra vitória contra o Boca", avisou Nilmar.

"Vamos lutar e batalhar muito na busca por uma vaga na Libertadores. Cada jogo é uma final", observou Gustavo Nery.

"Todos os jogadores estão muito unidos em busca da vaga na Libertadores. Enquanto houver chance vamos brigar pela classificação", garantiu Bolívar.

"Agora vamos nos preparar para pegar o Boca. A torcida vai lotar o Beira-Rio e nos ajudar na busca da vitória", projetou o capitão Edinho.

"Foi uma boa estréia em casa. Fiquei chateado por ter sofrido o gol. Se não fosse isso a estréia teria sido perfeita. Vou seguir trabalhando forte para me firmar no time", avaliou o goleiro Lauro.

"Fizemos um bom jogo, mas faltou uma efetividade maior. Criamos boas chances, mas não conseguimos definir. É esta lição que temos que tirar desta partida: arriscar mais a gol, sem insistir na penetração quando a defesa adversária está fechada", analisou o técnico Tite.

"O jogo foi bom, principalmente no segundo tenpo. Criamos várias chances de gols e anulamos o Atlético-PR. Nos últimos sete jogos, foram cinco vitórias, um empate e uma derrota. Definitivamente estamos na briga pela vaga na Libertadores. Agora estamos mobilizados para o confronto com o Boca Juniors. Contamos com o apoio da torcida", convocou o presidente Vitorio Piffero.

"O time teve uma atuação consistente. Voltamos muito bem para o segundo tempo. A entrada do Sandro quebrou o esquema do Atlético-PR, foi uma substituição muito acertada do Tite. O grupo tem qualidade e ela fica evidente em jogos como este. Estamos no caminho certo", avaliou o vice-presidente de futebol Giovanni Luigi.

Internacional (2): Lauro; Ângelo, Danny Morais, Bolívar e Gustavo Nery; Edinho, Ramon (Sandro), Andrezinho e D'Alessandro (Taison); Nilmar e Alex (Daniel Carvalho). Técnico: Tite.

Atlético-PR (1): Galatto; Antônio Carlos, Gustavo (Anderson Aquino) e Gustavo Lazaretti; Zé Antônio, Alan Bahia, Chico, Júlio dos Santos e Netinho (Alex Sandro); Ferreira e Geílson (Pedro Oldoni). Técnico: Geninho.

Gols: Nilmar (I), aos 37min do primeiro tempo, Alex (I), aos 29min do segundo tempo, Ferreira (A), aos 33min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Gustavo, Gustavo Lazaretti, Alan Bahia, Alex Sandro, Anderson Aquino (A), Edinho, D'Alessandro (I). Expulsão: Zé Antônio (A).

Público: 15.813 / Renda: R$ 225.172,00

Arbitragem: Cléber Welington Abade (SP), auxiliado por Evandro Luis Silveira (SP) e Fabrício Vilarinho da Silva (GO).

Local: Beira-Rio, Porto Alegre.

Fotos: Alexandre Lops


Outras notícias
Loja Virtual