24/09/2008

Inter atravessa a Cordilheira para enfrentar Universidad no Chile

Por Alexandre Corrêa (texto) e
Alexandre Lops (fotos)
Enviados especiais/Chile

O Internacional chegou a Santiago, do Chile, no começo da tarde desta quarta-feira para enfrentar o Universidad Católica, quinta-feira, na primeira partida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.


Jogadores desembarcam em Santiago, no Chile, para desafio na Sul-Americana

A viagem até a capital chilena foi a mais tranqüila possível. Em um avião fretado, o vôo durou cerca de três horas e teve momentos deslumbrantes. A passagem pela Cordilheira dos Andes, o Monte Acongágua, ponto mais alto da América, e seus cumes cobertos de neve foi admirada pelo grupo de 21 atletas que viajaram. A equipe teve também o apoio de cerca de 60 torcedores que pagaram o pacote para viajar junto e apoiar o Inter em busca da vitória.


Inter atravessou a Cordilheira dos Andres para chegar ao Chile

O contato com a fanática torcida colorada deixou o Inter mais energizado para o confronto. Os torcedores puderam tirar fotos e pedir autógrafos antes da viagem aos atletas. Alguns filmaram a viagem e seus ídolos. Os atletas descansaram durante a maior parte do trecho. Ao chegar à cidade chilena, rumaram diretamente para o hotel onde ficarão concentrados. À tarde, realizam o treino de reconhecimento do gramado no Estádio San Carlos de Apoquindo, do Universidad Católica.


Torcedores marcaram presença no vôo fretado

No aeroporto em Santiago, uma dezena de jornalistas chilenos esperava o grupo e desejava conversar especialmente com Gustavo Nery, D´Alessandro e Guiñazu. Os jogadores atenderam aos chilenos e projetaram o confronto de amanhã. ?Será uma partida difícil porque o Universidad Católica tem uma equipe muito forte, mas estamos aqui em busca da vitória?, disse Guiñazu.


D'Alessandro recebe o assédio da imprensa chilena no aeroporto

O Inter chegou em um dia ensolarado no Chile, com temperatura ao redor dos 18º C. À noite, na hora da partida, porém, os chilenos alertam que a temperatura cai para menos de 10º C. A expectativa em Santiago é para estádio cheio amanhã. O Inter é visto com respeito pelos chilenos que elogiam os títulos e a capacidade técnica da equipe que tem D´Alessandro, da seleção argentina.


Danny Morais (E) e Ramon durante o vôo até Santiago

Apesar de estar totalmente concentrado para o confronto diante do Universidad Católica, o Inter já se prepara para diminuir o desgaste depois do jogo com a viagem até o clássico Gre-Nal. Para isso, irá jantar até duas horas depois da partida de amanhã, antes de embarcar de volta para Porto Alegre. ?Uma refeição com base em carboidratos e proteínas até duas horas depois do jogo ajuda a recuperar a energia gasta na partida mais rapidamente?, explica o fisiologista Luís Crescente.

O Inter viajou com 21 atletas. São eles: Danny Morais, Ramon, Índio, Edinho, Daniel Carvalho, Alex, Rosinei, Gustavo Nery, Ricardo Lopes, Agenor, Magrão, Andrezinho, Ângelo, Bolívar, Luiz Carlos, Adriano, Marcão, Guiñazu, D´Alessandro, Taison e Clemer.


Outras notícias
Loja Virtual