31/08/2008

Derrota para o Sport no Recife

Por Alexandre Corrêa (texto) e
Alexandre Lops (fotos)
Enviados especiais/Recife

O Internacional foi derrotado por 1 a 0 pelo Sport na tarde deste domingo, na Ilha do Retiro, em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dutra marcou o gol do time pernambucano aos 13min do segundo tempo. Agora, o Inter terá uma semana de preparação para a partida contra a Portuguesa, no próximo sábado (6/9), no Beira-Rio.

O Inter foi a campo depois de superar alguns problemas. O time teve menos de 72 horas entre o Gre-Nal da última quinta-feira e o jogo contra o Sport. Com isso, alguns atletas foram poupados como o volante Magrão e o lateral-esquerdo Gustavo Nery, que não atuaram. Além disso, vários atletas tiveram problemas gastrointestinais no sábado. O grupo, porém, conseguiu se recuperar e foi para o jogo.

O Inter foi escalado com Clemer; Índio, Bolívar e Marcão; Ricardo Lopes, Guiñazu, Maycon, D'Alessandro e Ramon; Alex e Nilmar.


Ramon foi o substituto de Gustavo Nery na ala-esquerda

O Sport foi definido com Magrão;  Igor, Durval e César; Sidiny, Júnior Maranhão, Andrade, Kássio e Dutra; Wilson e Roger.

Como é costume no Recife, a torcida do Sport lançou duas baterias de fogos ao lado do hotel durante a madrugada, às 2h e às 3h, para atrapalhar o sono do grupo colorado. Sem problemas, já que o grupo pôde descansar até o final da manhã.
 
A novidade do Inter era o retorno do meia Alex, artilheiro do clube na temporada com 22 gols. Foi o último jogo do atacante Nilmar e do meia D´Alessandro antes de se apresentarem às seleções brasileira e argentina, respectivamente, que vão disputar dois jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010. A dupla ficará de fora apenas da partida contra a Portuguesa, na próxima rodada do Brasileirão.

O time colorado foi a campo com o uniforme número 2: camisas, calções e meias brancas.

O jogo

Aos 40seg, o Sport chegou forte no primeiro ataque. Júnior Maranhão chutou com força em direção à área e Roger não conseguiu alcançar. Aos 2min, Kássio arrancou do meio-campo, foi até a entrada da área e chutou forte ao lado do gol.

O Inter começou buscando as jogadas pela esquerda com Ramon, D´Alessandro, Marcão e Alex. Depois das duas investidas iniciais do Sport, o jogo ficou mais lento e equilibrado. A marcação das duas equipes era forte. Tanto Inter como Sport atuavam no esquema 3-5-2.

Aos 9min, Alex deu lançamento para Ricardo Lopes que tocou de cabeça para Nilmar. O atacante ganhou do zagueiro em jogada de corpo e tentou concluir de bicicleta, mas a bola saiu fraca e o goleiro defendeu.


Nilmar tenta conlcusão de bicicleta na Ilha do Retiro

O árbitro Wagner Tardelli começava a aprontar. Aos 15min, marcou equivocadamente uma falta do lateral Ricardo Lopes, além de aplicar o cartão amarelo no jogador colorado.

Aos 18min, Alex fez boa jogada pelo meio. Deu um chapéu no marcador, avançou até a intermediária e chutou rasteiro para defesa do goleiro Magrão. Um minuto depois, Wilson recebeu na área e chuto rasteiro para grande defesa de Clemer para escanteio.

O Sport tentava pressionar cavando faltas ao lado da área e erguendo bolas, mas a defesa colorada se portava bem no jogo aéreo. Aos 26min, Kássio pegou rebote na intermediária e chutou forte para grande defesa de Clemer para escanteio.

O Inter atuava bem defensivamente, mas tinha dificuldade em ligar a jogada de contra-ataque para a velocidade de Nilmar. Aos 33min, D´Alessandro avançou pelo meio, driblou o marcador e chutou por cima.


D'Alessandro foi substituído por Andrezinho no intervalo

Aos 35min, o técnico Nelsinho Baptista reclamou do juiz Wagner Tardelli e foi expulso. Aos 37min,  D´Alessandro recebeu na área e foi derrubado, mas o juiz não marcou o pênalti. Aos 41min, Guiñazu sofreu falta de Wilson. O atacante chutou Guiñazu no chão e o juiz Tardelli decidiu dar o cartão para os dois. No minuto seguinte, Igor fez falta dura e recebeu o amarelo.

O jogo era muito duro e com faltas pesadas. Foram seis cartões amarelos somente no primeiro tempo, três para cada time.

Aos 44min, boa chance do Inter: Alex cruzou da esquerda, Ricardo Lopes ganhou do goleiro e cabeceou para o gol, mas a zaga salvou quando a bola estava entrando no gol. Foi a melhor chance do Inter, o último da primeira etapa. Quase o gol colorado.


Índio em ação contra o Sport na Ilha do Retiro: Inter foi derrotado por 1 a 0

O Inter esteve bem na marcação na primeira etapa, não dando muitas oportunidades para o time da casa. Na frente, não conseguiu chegar com freqüência, mas teve ótima oportunidade em cabeçada de Ricardo Lopes, que a zaga pernambucana salvou em cima da linha.

Para o segundo tempo, saiu D´Alessandro para a entrada de Andrezinho no Inter. O Sport fez duas substituições: entraram Enílson e Juninho para as saídas de Wilson e Júnior Maranhão.

A 1min, Edinho roubou a bola de Andrade no campo de defesa e tocou para Andrezinho, que lançou até Índio matar a bola na área e chutar por cima.


Nilmar luta contra a marcação pernambucana

O Inter voltou melhor na segunda etapa conseguindo puxar contra-ataques e ameaçar mais o gol do Sport. Aos 8min, Nilmar fez boa jogada na entrada da área, passou pelo marcador e chutou de perna esquerda para defesa sensacional de Magrão para escanteio.

Aos 12min, depois de um bate-rebate na área, a bola sobrou para Enílton na área chutar para Clemer defender no reflexo. Aos 13min, Dutra recebeu na área e tocou na saída de Clemer para fazer 1 a 0.

Aos 17min, entrou Adriano para a saída de Alex, no Inter. Em seguida, Taison entrou no lugar de Ricardo Lopes. Aos 24min, Edinho avançou pela direita e cruzou para Nilmar, a zaga cortou e a bola tocou no braço do zagueiro, mas o juiz nada marcou. Aos 25min, entrou Sandro Goiano no lugar de Kássio no Sport para fechar mais o meio-campo.


Alex tenta a jogada contra o Sport, no Recife

Com as mudanças feitas, o panorama da partida estava montado para os últimos 20 minutos. O Sport fechou mais a equipe e buscava o contra-ataque, enquanto o Inter procurava avançar em busca do gol de empate. Aos 32min, cruzamento para Enilton que ajeitou até Roger que concluiu por cima.

O Inter tentava pressionar, mas tinha dificuldades. Aos 43min, Nilmar cruzou para Marcão cabecear e Magrão fazer grande defesa, evitando o gol de empate do Inter. Aos 45min, Sidiny cobrou falta e Durval cabeceou para defesa de Clemer. Foi o último lance da partida.

Na próxima rodada, dia 6 de setembro, o Inter enfrenta a Portuguesa no Beira-Rio. O time colorado ocupa a 11ª posição, com 30 pontos.

"Lutamos muito em campo, mas na oportunidade que eles tiveram, marcaram o gol", afirmou Marcão.

"Estamos procurando repetir o time, mas tivemos dificuldades para a partida contra o Sport. Tivemos uma partida desgastante no Gre-Nal, que refletiu no jogo de hoje. Faltou intensidade. O time esteve abaixo do seu padrão. Agora temos que pensar em reagir no próximo compromisso, diante da Portuguesa", declarou o técnico Tite.

"O que aconteceu hoje foi reflexo, sem dúvida, da partida trepidante que tivemos no meio da semana passada, além dos problemas que alguns jogadores enfrentaram aqui no Recife. Mas vamos seguir trabalhando, pois tem muita partida pela frente", avaliou o assessor de futebol Fernando Carvalho.

"O primeiro foi ruim. Voltamos melhor organizados na etapa final, mas acabamos sofrendo o gol através de uma jogada aleatória do adversário. Um empate seria justo. A equipe também sentiu o desgaste da viagem e o gramado ruim da Ilha do Retiro. O Inter pensa jogo a jogo, por isso nossa meta agora é vencer na próxima rodada na busca pela reabilitação. A compreensão da torcida é muito importante neste momento. Precisamos ficar unidos", convocou o vice-presidente de futebol Giovanni Luigi.

Sport-PE (1): Magrão, Igor, Durval e César; Sidiny, Júnior Maranhão (Juninho), Andrade, Kássio (Sandro Goiano) e Dutra; Wilson (Enílton) e Roger. Técnico: Nelsinho Baptista.

Internacional (0): Clemer; Índio, Bolívar e Marcão; Ricardo Lopes (Taison), Edinho, Guiñazu, D´Alessandro (Andrezinho) e Ramon; Alex (Adriano) e Nilmar. Técnico: Tite.

Gol: Dutra (S), aos 13min do segundo tempo.

Público: 21.030 / Renda: R$ 104.610,00

Cartões amarelos: Ricardo Lopes, Índio, Guinãzu, Adriano, Taison (I), Dutra, Igor, Durval e Wilson (S).

Arbitragem: Wagner Tardelli (SC), auxiliado por Milton dos Santos (RN) e Luiz Carlos Bezerra (RN). Local: Ilha do Retiro, Recife-PE.


Outras notícias
Loja Virtual