20/08/2008

Inter goleia Palmeiras e reage no Brasileirão


Vibração colorada: Inter goleou o Palmeiras por 4 a 1 no Beira-Rio



>> Veja  a galeria de fotos do jogo

O Internacional goleou o Palmeiras por 4 a 1 na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, em jogo válido pela 2ª rodada do returno do Campeonato Brasileiro. Alex Mineiro, de pênalti, abriu o placar para o time paulista, mas Índio (2), Alex e Taison marcaram e garantiram a virada do Inter. Com o resultado, o time colorado subiu para a nona colocação com 29 pontos e se reabilitou no campeonato.

Foi uma noite de clássico pelo Brasileirão. Inter e Palmeiras, times que somados conquistaram sete títulos do Campeonato Brasileiro, duelaram no Beira-Rio em jogo válido pela segunda rodada do returno.

A partida marcou o retorno de Alex à equipe colorada, depois de se recuperar de lesão que o deixou afastado por três semanas. O técnico Tit definiu o time no esquema 3-5-2, com Clemer; Índio, Bolívar e Marcão; Rosinei, Magrão, Guiñazu, D´Alessandro e Gustavo Nery; Nilmar e Alex.

O Palmeiras foi definido com Marcos; Sandro Silva, Jeci, Gladstone e Leandro; Martinez, Jumar, Evandro e Diego Souza; Alex Mineiro e Cléber.

A chuva fina que caiu em Porto Alegre deixou o gramado molhado e escorregadio. O público não foi grande, mas as pessoas que vieram apoiram a equipe em busca da vitória.

Momentos antes do jogo, o atacante Nilmar recebeu uma camisa com o número 100 do departamento de marketing. "É um momento muito importante. Espero ter muito mais jogos aqui", afirmou Nilmar, que completou a 100ª partida pelo Inter.

O jogo

Aos 45seg, Leandro cobrou falta para a área, Jeci recebeu e chutou para o gol, mas o lance já estava parado por impedimento. O gramado escorregadio fazia a bola correr mais do que o normal. Desta forma, alguns passes errados ocorrem nos primeiros minutos. Aos 2min50seg, D´Alessandro cobrou escanteio e Índio cabeceou por cima do travessão.

Aos 3min,  Martinez deu grande passe para Alex Mineiro, que entrou na área, driblou o goleiro Clemer e se atirou. O juiz marcou o pênalti absurdamente e ainda advertiu o goleiro colorado com o cartão amarelo. Alex Mineiro cobrou com paradinha no canto e fez 1 a 0.

Aos 10min, Alex recebeu de Nilmar e foi derrubado na entrada da área, mas o juiz nada marcou. Aos 13min, Diego Souza entrou na área e chutou para defesa sensacional de Clemer.

O Inter tinha dificuldades para sair jogando e passar da marcação pressão que o Palmeiras fazia na saída de bola. Mas aos 18min, a reação iniciou: Alex cobrou falta na esquerda na cabeça de Índio, que concluiu forte e marcou o gol de empate do Inter!!! Um minuto depois, Alex passou por um marcador na intermediária e chutou para marcar um golaço!!! O Inter virou em um minuto!!! Festa no Beira-Rio!

Aos 23min, Guiñazu fez jogada de linha de fundo e cruzou para a área. A zaga afastou de cabeça para escanteio. Aos 27min, Nilmar arrancou pela direita, entrou na área e chutou forte por cima com perigo.

A virada transformou a partida. O Inter passou a dominar e ficou mais perto do terceiro gol. Aos 28min, Cléber deu um cotovelaço em Guiñazu e o juiz Jailson Freitas, absurdamente, só marcou o cartão amarelo, não expulsando o jogador do Palmeiras. A  arbitragem estava péssima até o momento. Além de marcar um pênalti não existente para o Palmeiras, o juiz Jailson Freitas ainda não expulsou Cléber que deu cotovelaço no rosto de Guiñazu.

Aos 32min, em um grande contra-golpe do Inter, Alex deu ótimo passe para D´Alessandro, que avançou pela esquerda e devolveu para Alex. O meia chutou rasteiro no canto, mas Marcos defendeu, evitando o terceiro gol colorado. Aos 34min, Leandro cobrou falta para a área e Cléber cabeceou ao lado do gol, com perigo.

Alex estava tendo um grande retorno ao time. Foi dos seus pés que saíram os gols da virada colorada. No primeiro, cobrou falta para Índio empatar. E no segundo acertou um chutaço antológico, da intermediária.

Aos 37min, saiu o volante Jumar para a entrada do atacante Denílson, no Palmeiras, ainda no primeiro tempo. Aos 41min, Diego Souza deu uma cabeçada em Magrão na área do Inter, mas o juiz não expulsou o jogador palmeirense também.

O jogo era muito disputado e nervoso. Os lances ríspidos se acumulam, enquanto o juiz só observava. Aos 44min, depois de cobrança de falta, a bola sobrou para Cléber na área, mas Clemer salvou em grande saída do gol. O lance, porém, já estava anulado por impedimento.
 
Aos 46min, Nilmar recebeu na área, mata a bola e chutou pra grande defesa de Marcos, mas o juiz anulou o lance, alegando que o atacante colorado matou a bola com a mão. Foi o último lance do primeiro tempo.

Foi um primeiro tempo bastante agitado no Beira-Rio. O começo foi muito difícil para o Inter, que sofreu gol cedo em pênalti mal marcado e convertido por Alex Mineiro. Mas em dois lances de Alex, a equipe conseguiu a virada. No primeiro, cobrou falta para Índio cabecar. No minuto seguinte, acertou um chutaço da intermediária e marcou um belo gol.

Os dois times voltaram sem modificações para a etapa final. Logo a 1min, Marcos deu um chutão errado, e a bola sobrou para D'Alessandro, que driblou na área, mas não conseguiu a conclusão.

O Palmeiras tentava pressionar, enquanto o Inter se fechava e deixava Nilmar na frente para ser a jogada de contra-ataque. Aos 7min, Guiñazu fez jogada de muita raça, ganhou de três adversários, e a torcida vibrou. Aos 8min, Alex arrancou pela esquerda e cruzou para D´Alessandro que se atirou na bola, mas não alcançou. Aos 10min, Martinez chutou de fora da área no ângulo, e Clemer fez defesa sensacional para escanteio.

Aos 11min, saiu Alex, bastante aplaudido, para a entrada de Taison, no Inter. Aos 12min, D´Alessandro roubou a bola na linha de fundo e cruzou para Nilmar concluir de primeira por cima. Quase o terceiro gol colorado.

O Inter pressionava. Aos 16min, D´Alessandro cobrou falta da esquerda e Índio, no segundo pau, cabeceou para fazer o terceiro gol colorado!!! Foi o oitavo gol de Índio na temporada e o quinto no Brasileirão. O zagueiro só tem menos gols do que Nilmar no Brasileirão pelo Inter.

Aos 22min, Taison deu bom passe para Marcão, que vai à linha de fundo e cruzou, mas Marcos defendeu bem. Um minuto depois, Jeci deu entrada forte em Nilmar, por trás, e o juiz não deu o cartão amarelo para o palmeirense. Aos 24min, Rosinei entrou na área e quando ía concluir perdeu o equilíbrio, pressionado pelo marcador.

Aos 25min, Taison e D´Alessandro tabelaram até que D´Alessandro cruzou para Nilmar, na pequena área, mas Marcos defendeu em grande saída de gol. Aos 28min, saiu Magrão para a entrada de Maycon, no Inter. Aos 29min, Maycon chutou para a área e Bolívar cabeceou para marcar mais um gol do Inter, mas o juiz anulou o lance por impedimento. Mais um erro da arbitragem!!! O lance era legal e o juiz anulou o lance equivocadamente mais uma vez , prejudicando o Inter. Que coisa calamitosa este juiz baiano!!!

Aos 32min, Guiñazu roubou a bola de Gladstone, arrancou até a área, driblou o zagueiro e chutou para defesa sensacional de Marcos para escanteio. Por falar em Guiñazu, o argentino mais uma vez teve atuação sensacional, marcando incansalvemente e jogando com muita raça.

Aos 38min, saiu Nilmar e entrou Adriano no Inter. O Inter arrefeceu o ânimo do Palmeiras segurando bem a bola no meio-campo e no ataque com toques de qualidade de D´Alessandro.

Aos 40min,  D´Alessandro deu grande passe para Adriano, na área. O atacante driblou o zagueiro e chutou forte para defesa sensacional de Marcos. No rebote, Taison chutou forte para fazer o quarto gol!!! Na comemoração, Taison chamou D´Alessandro para comemorar com samba!!!

Aos 46min, Gustavo Nery fez boa jogada e tocou para Adriano chutar e Marcos fazer defesa sensacional. Final de jogo!! Inter goleou o Palmeiras por 4 a 1, sobiu para nona colocação e se reabilitou no Brasileirão.

"Jogamos bem. Aqui tem que ter respeito ao time do Inter. Temos que seguir assim com muita luta. O Inter tem vários bons jogadores e temos que seguir assim", afirmou D´Alessandro.

"Todo o elenco está de parabéns. Conversamos muito e conseguimos reagir. Tive a felicidade de ajudar a equipe a vencer", disse Índio, o artilheiro da noite com dois gols.

"Estava precisando desse gol para ganhar mais confiança", afirmou Taison, que marcou o primeiro gol pelos profissionais do Inter.

?O time está crescendo e vai ter que reagir em cima de situações difíceis. O Inter teve uma articulação no meio-campo com dois volantes e dois articuladores, que controlou o setor. Sabia que o adversário teria a posse de bola, mas que também iria se expor?, analisou Tite, depois da partida.

> Veja os gols e a entrevista coletiva do técnico Tite

Internacional (4): Clemer; Índio, Bolívar e Marcão; Rosinei, Magrão (Maicon), Guiñazu, D´Alessandro e Gustavo Nery; Nilmar (Adriano) e Alex (Taison). Técnico: Tite.

Palmeiras (1): Marcos; Sandro Silva, Jeci, Gladstone e Leandro; Martinez, Jumar (Denílson), Evandro e Diego Souza (Tiago Cunha); Alex Mineiro e Cléber (Maicosuel). Técnico: Wanderley Luxemburgo.

Gols: Alex Mineiro (P), aos 4min do primeiro tempo, Índio (I), aos 18min do primeiro tempo, Alex (I), aos 19min do primeiro tempo, Índio (I), aos 16min do segundo tempo, Taison (I), aos 40min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Clemer, Bolívar, Marcão (I), Jumar, Cléber, Evandro, Martinez (P). 

Público: 14.470 (12.648 pagantes) / Renda: R$ 160.158,00

Arbitragem: Jailson Macedo Freitas, auxiliado por Alessandro de Matos e Adson Leal (trio baiano).

Local: Beira-Rio, Porto Alegre.


Outras notícias
Loja Virtual