25/06/2008

Magrão pronto para a estréia no clássico

O volante Magrão disputará pela primeira vez o Gre-Nal no próximo domingo, no Olímpico. O camisa 11 do time colorado está vivendo o clima de rivalidade que cerca o clássico gaúcho e promete muita dedicação na busca pela primeira vitória fora de casa no Brasileirão.


Volante vai debutar no clássico gaúcho

"Está chegando a hora!", gritou Magrão ao entrar no vestiário após o treino da manhã desta quarta. Apesar de ser paulista, o jogador está curtindo a expectativa pelo Gre-Nal de número 370 como se fosse um gaúcho.

Faz quase um ano que Magrão chegou ao Inter, mas ele ainda não teve a chance de enfrentar o Grêmio. No Brasileirão do ano passado, não pôde atuar no segundo turno devido à suspensão pelo terceiro cartão amarelo. No Gauchão deste ano, as duas equipes acabaram não se encontrando, o que adiou mais uma vez a sua estréia no clássico. Mas agora, a perspectiva é de uma verdadeira enxurrada de Gre-Nais pela frente. Serão dois clássico pelo Brasileirão e mais dois eliminatórios pela Copa Sul-Americana.


Magrão está ansioso para estrear no Gre-Nal

"Não vejo a hora de entrar em campo, pois faz quase um ano que espero por este jogo. O torcedor já me conhece e sabe o que esperar de mim", afirmou Magrão.

A pressão de um clássico não intimida Magrão. Longe disso. O volante já experimentou a rivalidade do acirrado confronto entre Palmeiras e Corinthians atuando pelos dois lados. Primeiro pelo time do Parque Antárctica, entre 2000 e 2002, depois, pelo time do Parque São Jorge, de 2006 a 2007. O estilo raçudo de Magrão marcou época nos dois clubes e até hoje é lembrado pelas duas torcidas. "Gosto muito de disputar clássicos. É preciso ter superação em cada lance, pois é a hora do tudo ou nada", observou o volante. 

Apesar de ainda não ter disputado o Gre-Nal, Magrão já percebeu o clima de rivalidade que toma conta da cidade no dia do jogo. No ano passado, ficou impressionado com a mobilização dos torcedores pelas ruas da capital. "A cidade estava de ponta cabeça. Deu para ter uma noção da importância do confronto", contou o jogador.


Volante já atuou em 43 partidas e marcou 7 gols

Para o clásssico deste domingo no Olímpico, Magrão promete muita superação. Segundo o volante, para vencer o Gre-Nal é preciso ser mais do que um jogador profissional: é preciso ser um torcedor. "Tem que deixar um pouco de lado o profissionalismo e jogar com paixão, com o coração. Tenho consciência de que a alegria de muita gente está em jogo. Nosso time está muito concentrado", revelou Magrão.

Fotos: Alexandre Lops


Outras notícias
Loja Virtual