19/03/2008

DOIS GOLS DE GRANDE TRABALHO COLETIVO CONTRA A CHAPECOENSE

Por Alexandre Corrêa (textos e vídeos) e
Alexandre Lops (fotos e edição de vídeo)
Enviados especiais/Chapecó

O jogo estava difícil. A equipe catarinense se defendia com todos os jogadores no seu campo, principalmente por estar com um atleta a menos depois da expulsão de Marcelo Guerreiro. Os espaços eram mínimos. Mas foi aí que apareceu o bom trabalho coletivo do Inter. Com troca de passes rápidos e movimentação, o Inter conseguiu chegar aos dois gols que deram a classificação antecipada ao time sem a necessidade do jogo de volta no Beira-Rio.


Alex (E), Adriano (C) e Jonas (D) comemoram o primeiro gol: Inter mostrou sua força coletiva em Chapecó

No primeiro gol, Adriano recebeu na intermediária do Inter e deu ótimo passe para Marcão, que apareceu como elemento-surpresa. O stopper foi à linha de fundo, olhou para a área e viu Alex entrando na marca do pênalti. O cruzamento foi perfeito para o meia, que cabeceou forte para baixo. A bola quicou no gramado e entrou.


Adriano marcou o gol da classificação e homenageou Nicolas, seu filho que está para nascer

No segundo gol, mais um bom trabalho coletivo. Guiñazu recebeu também na intermediária, avançou até a entrada da área e deu grande passe para Adriano, livre na área. O atacante avançou até a pequena área e chutou forte de pé esquerdo no alto, em um belo gol. Gol de equipe. Gol de trabalho coletivo.


Outras notícias
Loja Virtual