07/01/2008

NADA VAI NOS SEPARAR

Por Alexandre Corrêa (textos e vídeos) e
Alexandre Lops (fotos, vídeos e edição de foto)

Viajar mais de 14 horas até Dubai para acompanhar um torneio poderia ser tarefa das mais difíceis par um torcedor de futebol. Mas o torcedor colorado não é um torcedor de futebol comum. Ele é um apaixonado. Ele forma a maior e melhor torcida do Rio Grande do Sul. E em Dubai, nos Emirados Árabes, a torcida deu um show mais uma vez.

Cerca de 200 torcedores gritaram o tempo todo na partida, empurraram a equipe colorada para vitória e soltaram o grito de ?É campeão? em pleno deserto no Oriente Médio, na luxuosa Dubai. A exemplo do que haviam feito no Japão, chamaram a atenção da população local que admirou a paixão dos colorados.


Massa colorada empurrou o Inter na final da Dubai Cup

Apesar de ser minoria no estádio em relação aos torcedores locais que estavam mais para a Inter do que para o Inter, só se ouvia a voz dos colorados no Estádio do Al Wasl Club. ?PQP, Dubai, virou o Beira-Rio?, cantavam. Quando os torcedores adversários gritavam ?Ibra, Ibra?, em referência ao craque Ibrahimovic, os colorados respondiam com ?Nilmar, Nilmar?, o craque colorado.

Quando o zagueiro Materazzi, sem dúvida o jogador mais violento da Itália, acertou um cotovelaço em Fernandão e uma rasteira em Nilmar, a torcida colorada não poupou o atual bicampeão italiano e líder da temporada 2007/2008: ?Timinho, timinho?!

Nos minutos finais demonstraram confiança e cantaram o tradicional ?ai, ai, ai, tá chegando a horaaaaaa?. Tinham a convicção na vitória que parecia cada vez mais certa. O comportamento tático de luxo do time impedia qualquer tentativa de reação da Inter nos minutos finais.

Depois do apito final, foi uma grande festa. Os jogadores correram em direção à torcida, foram até o muro de separação com as arquibancadas e vibraram muito. Juntos, torcida e jogadores, cantaram o ?colorado, coloradooooo, nada vai nos separaaaaaar, somos todos teus seguidores, para sempre eu vou te amar?. Uma comunhão perfeita.

O visual era delirante. Jogadores com a taça, torcedores cantando e ainda um show pirotécnico sensacional promovido pelos organizadores do torneio. Uma emoção indescritível. Uma emoção que valeu cada minuto das 14 horas de vôo até Dubai.

Veja também:

>> Inter campeão mais uma vez na Ásia

>> Uma atuação de luxo

>> Europa cai diante do Inter de novo

>> Exclusivo: Galeria de fotos da conquista 


Outras notícias
Loja Virtual