04/11/2003

COLORADO ENCARA LEÃO NO BEIRA-RIO

Inter enfrenta o Fortaleza, também conhecido como Leão, na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio. Direção espera grande público.

  

Quarta-feira para invadir o Beira-Rio e empurrar o Inter para cima do Leão

   O Internacional tem mais um importante compromisso no Brasileirão na noite desta quarta-feira. De olho na Libertadores de 2004, o Colorado quer matar o Leão no Beira-Rio e garantir mais três pontos na tabela de classificação. O torcedor colorado deve comparecer em grande número ao Gigante.

   Contra o Fortaleza, o técnico Muricy Ramalho ainda não deverá contar com o atacante Nilmar, que apesar de recuperado da lesão no joelho, está com uma forte gripe. "O Nilmar fica em tratamento até o jogo. Ele está com amigdalite, mas a febre desapareceu", afirma o médico Luiz Crescente. No entanto, o jogador foi relacionado, e pode aparecere no banco de reservas.

   O zagueiro Vinícius também é dúvida, já que sente dores no joelho. Se não tiver condições de atuar, André Cruz e Fernando Cardozo são as opções. 

   Na tarde desta terça-feira, os jogadores titulares realizaram apenas trabalhos físicos, enquanto os demais atletas participaram de um mini-treino coletivo, onde só uma metade do campo foi utilizada.

   O paraguaio Gavilán, autor do belo gol que garantiu a vitória sobre o Vasco da Gama no último domingo, espera uma partida difícil contra o Fortaleza: "A gente vai ter que tomar todo o cuidado. O Fortaleza vai se fechar e jogar no contra-ataque", projeta o ala.

   Para o volante Flávio, o segredo é arriscar exaustivamente chutes a gol: "Quando tivermos oportunidades, vamos ter que concluir em gol. Nem que a gente chute duas bolas nas arquibancadas, mas se uma entrar, já nos serve", brinca.

   O Internacional deve atuar com Clemer, Sangaletti, Wilson e Vinícius (Fernando Cardozo); Gavilán, Claiton, Flávio, Élder Granja e Edu Silva, Diego e Daniel Carvalho.

  


Outras notícias
Loja Virtual