1º/11/2007

EMPATE NO BEIRA-RIO

O Internacional empatou em 0 a 0 com o Sport-PE na noite desta quinta-feira no Beira-Rio, em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe colorada subiu para a 12ª colocação com 45 pontos e ingressou na zona de classificação à Copa Sul-Americana. No próximo domingo (4/11), o adversário é o Vasco da Gama no Rio de Janeiro.


Inter, de Alex, empatou com o Sport-PE

Em 13° lugar na classificação do Brasileirão, o Inter precisava da vitória para entrar na zona de classificação para a Copa Sul-Americana. A forte chuva que caiu na noite passada deixou o gramado do Beira-Rio mais úmido. O mau tempo afugentou um pouco a torcida. Mas aos que foram ao Gigante estavam dispostos a ajudar o Inter em busca dos três pontos.


Granja voltou ao time na lateral direita

O técnico Abel Braga escalou a mesma base de equipe que enfrentou o Paraná em Curitiba no último domingo. Sem poder contar com Wellington Monteiro e Gil, lesionados, Abel definiu Granja na lateral-direita e Adriano, artilheiro da equipe na competição, no ataque. As opções no banco de reserva colorado foram Renan, Orozco, Jonas, Pinga, Ji-Paraná, Iarley e Christian. O atacante Iarley era a grande novidade e retornava a ficar à disposição depois de passar por uma cirurgia no ombro que o afastou por cerca de três meses.

O Sport saiu do vestiário primeiro vestido com o uniforme de número 2, com camisas brancas, calções e meias pretos. Sem chuva, o Inter entrou em campo com o apoio de dezenas de pequenos colorados do Projeto Criança Colorada que carregavam bandeiras da equipe. O capitão Fernandão foi ao gramado à frente da equipe campeã do mundo Fifa em 2006.

O Inter começou pressionando a saída de bola do Sport. A 35 segundos, o time já roubava a bola da defesa pernambucana e tentava a primeira investida. A 1min15seg, a bola sobrou na entrada da área para o chute rasteiro de Alex que o goleiro defendeu. O Sport respondeu aos 2min35seg com conclusão de fora da área de Romerito ao lado do gol. A 3min20seg, Fernandão tabelou com Adriano e arrematou para defesa do goleiro Magrão.

Aos 5min45se, Edinho deu bom passe para Alex que avançou pela intermediária e chutou com força no ângulo. O goleiro salvou com grande defesa para escanteio. O Inter tocava bem a bola pelo meio-campo e construía jogadas. O Sport não ficava só atrás e tentava atacar, deixando o jogo solto e com poucas faltas no começo.


Adriano foi o substituto de Gil no ataque

O time colorado jogava com disposição e raça. Guiñazu se destacava na marcação e na retomada de bola no meio-campo. Aos poucos, o Inter procurava aumentar a pressão, acuando os pernambucanos no campo de defesa. Granja se apresentava pela lateral-direita e tentava os cruzamentos para a área.

Aos 15min45seg, Alex fez boa jogada, avançando até a meia-lua e chutando para boa defesa de Magrão. Dois minutos depois, Fernandão cruzou da esquerda para Alex concluir e o goleiro sair bem do gol. Aos 19min10seg, Adriano foi derrubado na entrada da área e o juiz absurdamente não marcou a falta.

O jogo era disputado em alta velocidade. O Inter atacava, encurralando o adversário, que volta e meia conseguia um contra-ataque. Aos 23min, Alex cobrou falta para a área e Sorondo cabeceou ao lado, no cantinho, com perigo. A bola ainda tocou na rede pelo lado de fora. Aos 24min20seg, Alex ergueu a bola na área para Índio cabecear e Magrão defender. O Inter atacava forte. Nos primeiros 25 minutos, o goleiro Magrão já havia feito seis defesas.

Dos 25 aos 33 minutos, o ritmo arrefeceu um pouco. Até que aos 33min40seg, Da Silva fez boa jogada, em contra-ataque, e arrematou de fora da área. A bola tocou na defesa e saiu ao lado do gol. Aos 37min20seg, uma marcação absurda da arbitragem. O jogador do Sport recuou mal a bola que sobrou para Fernandão. O juiz marcou incrivelmente impedimento. Aos 38min10seg, o juiz aprontou de novo. Romerito, que já tinha cartão amarelo, fez falta por trás em Guiñazu. O paulista Paulo César de Oliveira marcou a falta, mas não expulsou o jogador.


Guiñazu apresentou muita disposição em cada lance

O Sport buscava se fechar bem e cometia muitas faltas. Em uma delas, Alex cruzou para uruguaio Sorondo cabecear no travessão, na melhor chance do Inter na primeira etapa. Foi também a última oportunidade da etapa inicial.

?O time adversário está diminuindo os espaços, mas o Inter está bem?, disse Marcão.

?A equipe lutou muito. O jogo teve muita intensidade neste primeiro tempo?, analisou o técnico Abel. Braga, na saída para o vestiário.

Para a etapa final, o Inter voltou com a mesma equipe. O time pernambucano também retornou sem modificações. O Sport voltou dando susto. Aos 30 segundos, Anderson chutou cruzado, a bola desviou em Marcão e cruzou perigosamente a área, passando ao lado. Na cobrança do escanteio, Luizinho Netto chutou no travessão e quase marcou gol olímpico. A 1min15seg, Rozembrick arriscou de fora da área e Clemer defendeu com firmeza.

O time colorado respondeu com força em dois lances. Aos 4min25seg, Alex cobrou falta e Dutra afastou na pequena área. Na sobra, Fernandão tocou de cabeça para a área, e a bola sobrou para Granja chutar por cima, em uma boa chance. Alex seguia arriscando em busca do gol. Aos 9min10seg, recebeu bom passe de Fernandão e concluiu por cima. A partida era eletrizante. Aos 11min, Luizinho Neto cobrou falta com perigo, e a bola foi na rede pelo lado de fora.

Dois minutos, Alex novamente arrematou de fora da área, e a bola passou ao lado, com muito perigo. Aos 15min, Rozembrick tentou afastar a bola, que tocou na sua mão, mas o juiz não marcou o pênalti. Aos 15min, Rozembrick tentou afastar a bola, que tocou na sua mão, mas o juiz não marcou o pênalti. Aos 16min30seg, o técnico Abel Braga chamou Iarley para entrar. A torcida colorada vibrou e chamou o nome do atacante cearense. ?Vamos tentar fazer o melhor e quem sabe decidir o jogo?, disse Iarley antes de entrar em campo aos 17min30seg no lugar de Adriano.


Iarley voltou a atuar após quase três meses de afastamento dos gramados

Aos 19min15seg saiu Magrão e entrou Pinga em busca da vitória. Aos 21min45seg, a primeira mudança no Sport: saiu Anderson e entrou Júnior Maranhão. Aos 23min, Granja deu bom passe para Pinga, na entrada da área, concluir por cima. Aos 29min40seg, Alex deixou o gramado para a entrada do centroavante Christian.

O jogo era difícil, e o Inter tinha dificuldades para criar chances. O Sport estava bem fechado e dificultava as coisas. Aos 34min30seg, Guiñazu fez boa jogada e cruzou para Christian cabecear por cima. Aos 38min, Iarley recebeu de Edinho, avançou pelo meio e chutou rasteiro no cantinho para grande defesa de Magrão. Aos 38min20seg, entrou Fabiano e saiu Carlinhos Bala.

Aos 40min20seg, Pinga cruzou da esquerda e Sorondo cabeceou para defesa de Magrão, que estava bem colocado. Aos 41min30seg, Rozembrick arriscou de fora da área e a bola passou perto. Aos 45min15seg, Luizinho Netto cobrou falta e Clemer fez defesa salvadora. Aos 46min, Romerito foi expulso no Sport. Aos 47min, saiu Rozembrick e entrou o zagueiro Gustavo.

O Inter ainda tentou pressionar cruzando bolas na área, mas não conseguiu furar a defesa pernambucana. Final, empate em 0 a 0. Com o resultado, o Inter subiu para a 12ª colocação e entrou na zona de classificação para a Copa Sul-Americana.

?Não foi bom o resultado, mas o time teve espírito de luta?, afirmou Marcão, na saída de campo.

?Não conseguimos furar o bloqueio, agora vamos para São Januário para ver se conseguimos um bom resultado lá.?, analisou o goleiro Clemer.

"Não faltou luta dentro de campo. A intensidade do time foi digna de elogio, mas a ansiedade acabou atrapalhando. Agora vamos para o São Januário atrás dos três pontos, já que não conseguimos a vitória hoje", projetou o técnico Abel Braga.

"Nós já estamos na zona da Sul-Americana com um empate. Precisamos nos manter neste grupo, e para tanto, são necessários  51 pontos, ou seja, duas vitórias nos quatro jogos que restam", avaliou o presidente Vitorio Piffero.

>> Veja mais fotos do jogo<<

Internacional (0): Clemer; Granja, Índio, Sorondo e Marcão; Edinho, Guiñazu, Magrão (Pinga, 19min15seg2ºt) e Alex (Christian, 29min40seg2ºt); Adriano (Iarley, 17min30seg2ºt) e Fernandão. Técnico: Abel Braga.

Sport (0): Magrão; Luizinho Netto, César, Durval e Dutra; Everton, Romerito, Anderson (Júnior Maranhão) e Rozembrick (Gustavo); Carlinhos Bala (Fabiano) e Da Silva. Técnico: Geninho.

Cartões amarelos: Anderson, Romerito (S), Alex, Adriano, Magrão, Marcão (I). Expulsão: Romerito (S). Renda: R$ 163.169,00. Público: 15.861 (13.655 pagantes). Arbitragem: Paulo César Oliveira (Fifa-SP), auxiliado por Marco Antônio Gomes (Fifa-MG) e Márcio Luiz Augusto (SP). Local: Estádio Beira-Rio.

Fotos: Alexandre Lops


Outras notícias
Loja Virtual