30/10/2007

MODERNIZAÇÃO DO BEIRA-RIO GANHA DESTAQUE NA FIFA

O Brasil foi confirmado pelo Comitê Executivo da FIFA como o país-sede da Copa do Mundo de 2014. O anúncio foi feito às 12h36min desta terça-feira no auditório da Casa da FIFA, em Zurique, na Suiça. Durante a cerimônia, o projeto de modernização do Complexo Beira-Rio ganhou destaque no vídeo produzido pela CBF. Porto Alegre está entre as cidades favoritas para abrigar os jogos da maior competição do futebol mundial.


FIFA oficializou a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil em grande cerimônia na Suiça

Os brasileiros estão comemorando a decisão unânime da FIFA que confirmou o país pentacampeão mundial como sede da Copa do Mundo de 2014. Mas os colorados têm um motivo a mais para se orgulhar. O projeto de remodelação do Complexo Beira-Rio foi utilizado como referência na vídeo elaborado pela CBF que foi apresentado ao Comitê Executivo da maior entidade do futebol mundial. A ampliação e remodelação da casa dos colorados exemplificou o engajamento do Brasil em oferecer a infra-estrutura ideal para a realização da Copa.

"Ficamos muito felizes com esta projeção. Estamos desenvolvendo o trabalho de modernização do patrimônio do Inter há anos. No começo de 2008, devemos iniciar a construção da cobertura do estádio", afirmou o vice-presidente de patrimônio Emídio Ferreira.


Ilustração do Beira-Rio do Futuro

No Caderno de Encargos, um extenso questionário exigido pela FIFA e entregue pelo governo gaúcho em maio, a entidade exige que um estádio seja apontado e o Beira-Rio foi o selecionado. A partir deste anúncio, serão sete anos para o Brasil adequar seus estádios e fornecer a infra-estrutura exigida pela organização da Copa do Mundo. Ao todo, são 18 capitais de todo o país concorrendo para receber os jogos. A Fifa recomenda ao Brasil que escolha apenas dez sedes. No entanto, devem ser indicadas 12 localidades, como nas Copas de 2006, na Alemanha, e de 2002, no Japão e na Coréia do Sul.

Os concorrentes são: Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Maceió (AL), Manaus (AM), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio Branco (AC), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e São Paulo (SP).


Presidente da FIFA Joseph Blatter faz a tão esperada oficialização

A comitiva da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no evento da FIFA, encabeçada pelo presidente Ricardo Teixeira, também foi composta pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o atacante Romário, o técnico da Seleção Brasileira, Dunga, e o escritor Paulo Coelho. os governadores da Bahia, Jaques Wagner, do Distrito Federal, José Roberto Arruda, de Goiás, Alcides Rodrigues, de Minas Gerais, Aécio Neves, do Pará, Ana Júlia Carepa, de Pernambuco, Eduardo Campos, do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e de São Paulo, José Serra, também estiveram presentes no evento.


Casa da FIFA, na Suiça, foi o palco do anúncio da Copa do Mundo de 2014

Durante a visita de inspeção da FIFA em Porto Alegre e ao Beira-Rio, realizada no dia 31 de agosto, o presidente da CBF Ricardo Teixeira foi enfático: "O projeto do Beira-Rio é bom e atende às exigências da FIFA. Cada cidade apresenta um único estádio no caderno de encargos, e este estádio em Porto Alegre é o Beira-Rio" elogiou.


Vitorio Piffero (E) acompanha representante da FIFA (D) durante vistoria no Beira-Rio: estádio colorado foi o único visitado no Rio Grande do Sul

O Internacional possui um projeto de remodelação do Complexo Beira-Rio denominado 'Gigante Para Sempre'. A partir desse projeto de modernização, o clube se adaptaria às mais recentes exigências e padrões internacionais do futebol, pronto para sediar qualquer jogo nacional ou internacional, com um complexo esportivo sustentável. A casa do clube do povo continuará sendo motivo de orgulho para todos os colorados e para todo o Brasil, que passará a contar com um dos mais modernos e belos complexos esportivos do mundo.

Confira alguns detalhes do projeto 'Gigante Para Sempre'

Estacionamento: para comodidade do torcedor que vai nos jogos, nos shows no Gigantinho, no Centro de Eventos, ou apenas usufruir das lojas e restaurantes do complexo. Um edifício com altura inferior à das copas das árvores existentes, causando o menor impacto possível na paisagem do parque. No outro lado do complexo haverá outro estacionamento embaixo de uma esplanada. Ambos terão entradas e saídas pelas avenidas Padre Cacique e Beira-Rio.

Gigantinho: será reformado e adequado para receber todo tipo de espetáculos e convenções. Hoje em dia, o ginásio já é usado para esse fim, apesar de não ter a estrutura adequada. Essa área ganhará também um novo espaço que será transformado em praça de acesso, com monumentos e bares.

Campos suplementares: ganharão nova disposição, liberando a periferia do estádio. Com novos campos e quadras, será uma estrutura completa para o treinamento de várias equipes ao mesmo tempo - profissionais, categorias de base e times visitantes. A área contará ainda com um centro de treinamento com academia, departamento de fisioterapia, centro médico, saunas e vestiários.

Hotel: feito com investimento de capital privado, em parceria com uma rede hoteleira, que aproveitará a estrutura invejável que o complexo oferecerá, além de sua localização privilegiada. O Internacional também poderá usufruir deste hotel para fazer a concentração de seus jogos, assim como os times visitantes.

Arquibancada: a arquibancada inferior será modificada e ampliada, eliminando a antiga coréia e o fosso, aproximando assim a torcida do campo e aumentando o calor e a beleza do espetáculo. Toda a volta do anel inferior receberá camarotes e suítes, obra esta já iniciada. Além disso, todos os lugares do estádio terão cadeiras e serão marcados. 

Cobertura: o Gigante receberá uma nova e moderna cobertura, construída em estrutura metálica, cobrindo todos os lugares do estádio, inclusive as rampas e os acessos aos portões. A nova estrutura, projetada em módulos, permitirá uma construção rápida e em etapas. Com isso, não haverá  necessidade de interdição do estádio.

Acesso: uma marina será construída na orla do Guaíba, dando nova possibilidade de acesso ao Complexo.

Cobertura: sob a cobertura do estádio será construída uma nova área de lazer, voltada para o Rio Guaíba, que contará com museu do Internacional, loja do clube, praça de alimentação, e restaurantes panorâmicos no último andar. A nova cobertura do Beira-Rio será formada por 75 módulos.

Imprensa: Integradas a estrutura da cobertura estão previstas novas cabines de imprensa, que serão as mais modernas do Brasil.

* Não haverá a necessidade de interdição do estádio durante a execução do projeto.


Ilustração do Estádio Beira-Rio remodelado e com a cobertura metálica


Anteprojeto prevê ampliação da arquibancada inferior


Visão traseira do Beira-Rio


Shopping seria uma das atrações


Entorno do Complexo com o Guaíba ao fundo


Panorâmica do Complexo Beira-Rio


Hotel seria erguido no Complexo e abrigaria concentração do Inter
 
Ilustrações: Hype Studio


Outras notícias
Loja Virtual